Livro “Meu amigo faz iiiii” ensina crianças a lidarem melhor com as diferenças

26 maio, 2017 às 13:06  |  por Danielle Sommer

livro

Quando Theo, o único filho de Andréa Werner, foi diagnosticado com autismo aos dois anos de idade, em 2010, o mundo da jornalista e escritora pareceu ter virado de cabeça para baixo. Andréa enfrentava, naquele momento, o mesmo sentimento de impotência e desconhecimento vivido por milhares de mães ao serem informadas que seus filhos têm autismo. Daquele dia até o momento em que decidiu mergulhar fundo no assunto para ajudá-lo de todas as formas possíveis, ela passou por diversas etapas.

Da fase de pesquisa, surgiu o blog “Lagarta Vira Pupa”, nome inspirado em uma frase de uma música infantil que Theo cantava quando era bebê. Para surpresa da autora, o que inicialmente tinha como objetivo ser um canal de desabafo e troca de experiências entre pais que enfrentam o mesmo problema, o blog cresceu e caminhou rapidamente. Já o primeiro livro de Andréa, Lagarta Vira Pupa – A vida e os aprendizados ao lado de um lindo garotinho autista, foi lançado em julho de 2016 com o objetivo de acolher e apoiar os pais. “Isso vai desde a validação de todos os sentimentos vividos no pós diagnóstico – a negação, a barganha, a aceitação – até uma palavra de conforto para os dias difíceis, terminando em dicas práticas”, explica a autora.

Um ano depois, Andréa mergulha no universo infantil com o livro “Meu amigo faz iiiii”, que será lançado em Curitiba no próximo sábado, dia 27 de maio, às 9h30, no auditório do SESC da Esquina. “Acredito que o respeito à diversidade se constrói na infância, e quis contribuir de alguma forma para isto”, explica. O livro é narrado em primeira pessoa por Bia, uma garotinha que percebe comportamentos peculiares em seu coleguinha de classe, Nil. Orientada pela professora, ela começa a observá-lo com cuidado e, a partir daí, uma amizade se desenvolve.

“Em nenhum momento eu cito a palavra ‘autismo’. Acho que, para crianças menores, é desnecessário entrarmos neste nível de informação. Elas prestam muito mais atenção aos comportamentos considerados diferentes, e é neles que devemos focar”, esclarece a autora.

A ilustração do livro ficou por conta de Kelly Vaneli. A escolha dos protagonistas teve motivos bem pessoais. Segundo a autora, Nil foi inspirado no filho de uma amiga, que faleceu aos 2 anos de idade, e cujo irmão gêmeo é autista. E Bia veio para trazer representatividade às crianças negras. “Se o livro ajudar no combate ao bullying, e mostrar para as crianças que ser diferente é normal e legal, ele vai ter cumprido sua missão!”, espera.

O livro custa R$ 29,90 e, após o evento, também poderá ser adquirido pelo site http://lagartavirapupa.com.br.

Lançamento do livro “Meu amigo faz iiiii”

Dia 27 de maio, às 9h30, no auditório do SESC da Esquina – Rua Visconde do Rio Branco, 969 – Centro – Curitiba (PR)

Entrada – alimentos não-perecíveis ou lápis de cor, giz de cera ou massinha (serão destinados para as crianças atendidas pelas entidades AAmpara – Associação de Atendimento e Apoio ao Autista –  e Uppa – Associação União de Pais pelo Autismo).

Bate-papo sobre literatura infantil

23 maio, 2017 às 11:04  |  por Danielle Sommer

bate papo

Nesta terça-feira, 23 de maio, a partir das 19h, a editora InVerso reúne mães escritoras para um bate-papo sobre literatura infantil. O evento é gratuito e acontece na Livrarias Curitiba do Shopping Estação. A ideia é promover um debate sobre como os pais podem usar a literatura para abordar questões e dúvidas vividas pelos filhos diariamente.

Eu (Danielle Sommer), participarei como autora do “Tem alguém na barriga da mamãe”, juntamente com Cristiane Souza, do “Pinguinhos de Gente” e “Qual a Cor de Saturno?”; Ross Mary, de “Escola”; Miriam Leonilda, de “Léo, a Lagarta Sonhadora”; Geane Saggiaratto, de “Tisca, a Lagartixa” e o ilustrador Laqua. Esperamos vocês!

 

Vamos ajudar essa fadinha?

19 maio, 2017 às 19:30  |  por Danielle Sommer

imagem_release_931955

Uma bolsinha especial e uma varinha mágica deixam o livro Anabela Vai ao Resgate, pela Editora CMS, ainda mais atrativo. Anabela é a fadinha mais ocupada da Vila Mágica. Ela consegue consertar qualquer coisa! Alguém sempre acaba precisando da ajuda da fada. E lá está ela ajudando as pessoas. Anabela salva duendes do afogamento, conserta uma ponte que está se partindo, além de auxiliar os elfos a prepararem o café da manhã de panquecas e mel. Até as joaninhas que colhem cenouras e ervilhas ganham uma mãozinha da amiga. Mas será que essa fadinha tão ocupada vai conseguir resolver todos os problemas em tempo? Vamos ajudar essa fadinha em suas missões?

Ficha técnica:

ISBN: 978-85-8104-050-9
Formato: 19,8 x 17,0 x 2,5 cm
Páginas: 14
Preço: R$ 39,90

Sábado em família na Biblioteca Pública

12 maio, 2017 às 22:03  |  por Danielle Sommer

DiaInternacionalDaFamlia

A Biblioteca Pública do Paraná promove uma programação especial neste sábado (13), para comemorar o Dia Internacional da Família. As atividades começam às 9h30 e incluem oficina, contação de histórias, troca de livros infantis, gincana e um bate-papo com psicólogos da Associação Paranaense de Terapia Familiar. A entrada é franca. Confira a programação:

9h30 às 12h30: Troca de livros infantis.

10h às 11h: Oficina com material reciclável para crianças e bate-papo conduzido pelas psicólogas Sonia Maria Barcellos Siqueira e Lisete Dallarmi Cunnigham, da Associação Paranaense de Terapia Familiar.

11h às 11h15: Leitura do livro A bruxa de Salomé, de Audrey Wood.

11h15 às 12h30: Gincana entre famílias.

Biblioteca Pública do Paraná (R. Cândido Lopes, 133, Centro – Curitiba, PR)

Mais informações: (41) 3221-4980

A Jornada de Olivia aborda as relações afetivas na infância

4 maio, 2017 às 23:59  |  por Danielle Sommer

Jornada

Primeiro livro da curitibana Eliane Gomes, “A Jornada de Olivia – a menina que não se fechou para o mundo” foi lançado este ano, pela editora Novo Século, dentro do selo Novo Século Criança. As ilustrações são de Bruna Assis Brasil, que também assinou livros como Malala, a menina que queria ir para a escola, de Adriana Carranca.

A inspiração é Olivia, sobrinha e afilhada da autora, que foi diagnosticada com dificuldade relacional na primeira infância, muitas vezes confundida com traços autistas.

“Muitas famílias se fecham em um diagnóstico errôneo e a criança acaba tendo um único destino: ser objeto de técnicas e remédios. A história de Olivia mostra como é possível uma criança pequena surpreender seus pais e os que nela acreditam”, explica a autora.

O livro trata dessa dificuldade de maneira muito delicada e lúdica. O grande obstáculo da jornada da personagem é uma montanha. Mas “essa menininha não era de desistir. Ela gostava mesmo era de existir!”, e com muitos laços e abraços ela mostra que a jornada é possível e, além do mais, muito colorida. 32 páginas. Preço sugerido: R$ 49,90.

Livros da Turma da Mônica chegam ao McDonald’s

18 abril, 2017 às 17:04  |  por Danielle Sommer

A Maquina que copiava

Dia 18 de abril é comemorado o Dia Nacional do Livro Infantil. E, para celebrar a data, os famosos quadrinhos da Turma da Mônica chegam ao McDonald’s no formato de seis livros especiais na nova campanha do McLanche Feliz.

“Temos mais uma vez a oportunidade de incentivar a leitura e apresentar a importância dessa atividade para a construção da imaginação e a criatividade das crianças. Seguindo esse objetivo, fechamos essa parceria com a Maurício de Souza Produções. Seus personagens icônicos e que marcaram várias gerações vão estimular ainda mais a interação entre toda família”, afirma Roberto Gnypek, Vice-Presidente de Marketing do McDonald’s.

A rede disponibilizará seis títulos da Turma da Mônica, formada pelos simpáticos personagens do Bairro do Limoeiro, memória afetiva de seu criador, o desenhista Maurício de Sousa. Cada um terá duas histórias: O Papãozinho e o Filhote do Bidu; Magalancia e Anjinho: a auréola; O Porcão e Caçando a Rã; Um Amor de Ratinho e a Turma do Penadinho: um amigo do outro mundo; A Máquina que Copiava e Astronauta: o Bichinho Comilão, e A Varinha Mágica e a Turma do Horácio: mamãe Canguru.

“No Brasil, um país onde 30% da população nunca teve acesso a um livro, eu não poderia deixar passar a oportunidade de estimular a leitura por meio da distribuição de livros à cerca de dois milhões de pessoas que circulam pelos restaurantes do McDonald’s por dia”, afirma Mauricio de Sousa.

 

Consumo e sustentabilidade no livro A Manta Frederica no Reino do Mundo

12 abril, 2017 às 14:38  |  por Danielle Sommer

amanta

Hoje, dia 12, das 19h às 21h, na Gibiteca de Curitiba, a jornalista June Meireles lança o livro infantojuvenil A Manta Frederica no Reino do Mundo. O tema, bastante atual, fala de sustentabilidade e do consumo exagerado. Com ilustrações de Daphne Lambros, o projeto faz parte do Programa Estadual de Fomento e Incentivo à Cultura, – Profice – da Secretaria de Estado da Cultura, e tem patrocínio da Copel. No evento de lançamento, quem levar um brinquedo em bom estado ganha um desconto de R$ 10,00 na compra.

“Por que não despertar nas crianças e adolescentes uma consciência de responsabilidade com o meio ambiente, com a solidariedade e a empatia? Talvez já seja hora de parar de falar de castelos, príncipes e princesas. O reino agora é deste mundo que conhecemos”, sugere June.

Ao mesmo tempo, ela não abre mão da linguagem lúdica e simbólica, que estimula a imaginação dos leitores mirins. Dando vida a objetos que são descartados precocemente, a narrativa usa a fantasia para chegar ao ponto que autora considera importante fixar nos seus leitores. “Os objetos têm vida, sofrem quando são descartados, sentem medo e emoções Com isso a criança acompanha, do ponto de vista dos objetos – como é ser dispensado precocemente quando ainda se tem uma vida útil pela frente. É uma espécie de fábula para a sustentabilidade”, revela a autora.

Como contrapartida ao Profice, o projeto prevê a distribuição de 500 exemplares do livro para escolas da rede estadual de ensino em todas as regiões do Paraná. A autora vai recomendar atividades nas aulas de educação ambiental. Além disso, tem uma ação prática, de leitura coletiva do livro, por um contador de histórias, para um grupo de crianças que também visita o Museu do Lixo, na região metropolitana de Curitiba. No mesmo local funciona uma usina de reciclagem, onde os pequenos também vão acompanhar o processo de reaproveitamento do lixo. O livro terá versão também em braile. Estaremos lá prestigiando! Muito sucesso!

www.amantafredericanoreinodomundo.com

VIII Festa Cultural-Literária da Editora Inverso

7 abril, 2017 às 23:49  |  por Danielle Sommer

inverso

A Editora Inverso promove no próximo sábado (08/04) uma tarde de diversão e cultura, com sua VIII Festa Cultural-Literária. Serão seis livros lançados no local, com a participação de autores, ilustradores e contadores de histórias. O evento é também uma celebração do mês do livro infantil e Dia Nacional do Livro, comemorados no mês de abril. A festa acontece no Centro de Criatividade de Curitiba, no Parque São Lourenço, das 14h às 17h.

Os títulos lançados serão “Tisca, a Lagartixa”, de Ana Reimann e Geane Saggioratto; “A Menina e as Portas”, da autora Delma Lucchin; “Milena vareta, Milena cipó”, de Roseli Barbaresco; o grande livro de fábulas “Semeando Valores”, de Jocelaine Silva e o livro “Pavilhões de histórias”, de Elia Machado de Oliveira e Milena Beduschi.

Além disso dentro da coleção Primeiro Olhar, as autoras Ross Mary Viera e Eliziane Nicolao lançarão “Escola”, que traz uma visão lúdica do primeiro dia de aula, ajudando os pequenos a lidarem com a ansiedade desse momento.

Amanda no país das vitaminas

31 março, 2017 às 18:35  |  por Danielle Sommer

image002

 

No Dia da Saúde e Nutrição, comemorado hoje, 31 de março, que tal falar de alimentação por meio da leitura? “Amanda no país das vitaminas”, livro de Leonardo Mendes Cardoso, com ilustrações de Fabiana Salomão, foi lançado em 2016, pela Editora do Brasil.

De forma lúdica, as páginas ensinam a importância da boa alimentação. Na história, Amanda não gosta de comida. Na hora da fome, seus sabores favoritos são de salgadinhos e outras guloseimas nada saudáveis. Por isso, seu corpo está sofrendo…  Faltam vitaminas essenciais para sua saúde. Até que um dia ela vai parar dentro da gaveta da geladeira e, com os legumes e verduras que lá vivem, descobre algo muito importante. O autor promete novos lançamentos da personagem Amanda ainda para este ano! E eu adorei o nome da personagem!

Disponível pelo site http://www.editoradobrasil.com.br/lojavirtual/, por R$ 40,00.

Ilus34_35_amanda_no_pais_das_vitaminas-18

 

Você já reclamou do caminho até a escola?

25 março, 2017 às 13:04  |  por Danielle Sommer

image025

Quantas vezes nós mesmos, os pais, e até as crianças, reclamam do caminho da escola? Ou que é longe, tem trânsito, que precisam pegar ônibus ou que os pais não deixam elas na porta da sala e precisam pegar uma van escolar. Que tal sentar com seus filhos e mostrar como é o caminho da escola de crianças ao redor do mundo? Será que eles não passam perigos para estudar?

A Caminho da Escola, da Editora Melhoramentos, com a primeira edição lançada em junho de 2016, mostra fotos incríveis das dificuldades das crianças para irem estudar, em vários lugares do mundo, como China, Nepal, Colômbia, Uganda e até no Brasil.

E se a sala de aula tiver sido destruída por um tsunami? Algumas imagens mostram estudantes que precisam cruzar o rio numa tirolesa, navegar em bote inflável, atravessar túnel em rochas, subir penhascos, ser carregados por búfalos ou por trenós puxados por cães.

Vale à pena mostrar a  determinação de crianças de vários lugares do mundo. Belo trabalho de Rosemary McCarney, com a Plan International, uma das mais antigas instituições de caridade do planeta. Rosemary lidera a equipe da Plan International Canada, na qual ajudou a criar a campanha “Because I Am a Girl” (Porque eu sou menina).

Não importa como você vai para a escola, o importante é chegar lá!

Formato: 27,5 x 20,5 cm, Número de páginas: 32.