Cadê os 200 mil reais !

3 setembro, 2015 às 10:50  |  por Capitão Hidalgo

A inquietude do Conselho Deliberativo do Coritiba em querer saber do paradeiro de 200 mil reais saídos do caixa do clube, continua nas páginas esportivas. Como a pressão tem sido enome, afinal, não se fala outra coisa nos arredores do Estádio Couto Pereira, surgim notícias de que o dinheiro foi repartido para a campanha do candidato, Gomyde, à Federação Paranaense de Futebol. Dando pano para manga, até porque, Gomyde, afirma nunca ter recebido dinheiro, hoje, com foto e tudo, aparecem alguns integrantes do time maringaense  dizendo sôbre o dinheiro, que um total de 100 mil reais foi mandado por pessoa da capital para fazer campanha de oposição ao atual, Hélio Cury. Onde a coisa está indo é para duvidar de mais coisas. No caso, e outros 100 mil, aliás, não voltaram aos cofres do Cortiiba. Será que o presidente, Bacellar, liberou tal dinheiro?  Pelo que me parece não teve conhecimento porque anda estrilando.

Enquanto isso, lá no gramado, o time coritibano não teve a devida competência para ganhar do Sport de Recife, pois,  tivesse ganho o jogo com certeza teria saido da Zona do Rebaixamento. Na verdade já saõ 18 jogos na zona do agrião. Como o Avaí perdeu, o Vasco goleado que foi pelo Internacional e um Joinville empatando em casa, o melhor mesmo é ir somando o que puder de pontos. Como Flamengo, Santos e o próprio Cruzeiro, ganhando na rodada,  resta esperar por alguns tropeços lá na frente do Figueirense e Ponte Preta.

O Atlético Paranaense chegou novamente a linha dos melhores à Libertadores. Está no preciso momento em 4º lugar, desbancando o Palmeiras, Internacional e São Paulo. De forma inteligente, os pupilos do Milton Mendes, mandaram no jogo, de ontem, lá no Estádio Independência, ganhando do atual vice da competição, o Galo Mineiro (1×0), gol do ídoloWalter.

A oposição do Paraná Clube entrando com uma liminar para que não aconteça a eleição que está programada para esse mês de Setembro. Com vários argumentos, os opositores tencionam  barrar o intuito da atual situação. Quanto a equipe, com boa vitória(2×1) jogando fora contra o Boa Esprote, soma 29 pontos e amanhã, jogo especial contra o Bahia. A galera tem que encher o estádio de Vila Capanema.

De repente o coringão dispara na classificação e está a 7 pontos do Atlético Mineiro. Ganhou do Fluzão com os pés nas costas num resultado de 2×0 que não espelha a verdadeira história da partida. Contornos de expectativas positivas para a próxima rodada.

Lembre-se:  Que o mehor da vida é sua história. 

 

Sacudida ética e moral no Coritiba.

1 setembro, 2015 às 10:22  |  por Capitão Hidalgo

Depois de tomar a iniciativa de demitir todos os integrantes da Comissão Técnica do Cruzeiro, o presidente do clube, Gilvan Pinho Tavares, sabe que será difícil encontrar um outro profissional à altura do ex-tecnico Luxemburgo, um ídolo que conquistou vários títulos na agremiação, Nesta altura já deve ter consultado os técnicos , Muricy e Mano Menezes, que já demonstraram em entrevistas passadas que não querem voltar a trabalhar nesse temporada. A situação começa a ficar crítica, sobretudo, porque os profissionais dessa área  começaram a entender que são uns bois de piranha na questão, ou seja, verdadeiros álibis nas administrações esportivas.  O próprio Muricy adiantou que vai dar um pulo ao Barcelona, tendo a tiracolo o Neymar, para conhecer a estrutura geral do time catalão.

  É bem possível que a direção cruzeirense encontre um “meia boca” de momento, pois, sabe-se que tem muitos técnicos desempregados. Agora, é saber se vai satisfazer os ansejos da torcida acostumada a grandes conquistas, ainda mais nesse momento de dúvidas no campeonato brasileiro. Destaco que a torcida da raposa anda fula da vida com os dirigentes pela debandada dos principais jogadores.

Como era de se esperar a coisa não andou tranquila no Conselho Delibertativo do Coritiba, com as muitas acusações a alguns  integrantes do quadro administrativo e gestores dessa atual diretoria. Deu o que falar a conversa na Rede Whatsapp formada por integrantes do clube, com palavras ofensivas e impropérios, e que algum integrante traíra entregou de bandeja à imprensa curitibana. O presidente do clube, Rogério Bacellar, que já havia demitido alguns profissionais inseridos nessa conspiração, mostrou também  sua insatisfação com companheiros de bancada, Boulos e Macias, que sentiram a pressão de torcedores ao entorno do Estádio Couto Pereira, a pedirem seus afastamentos.

Muito a se falar desse confronto de logo mais à noite entre, Paraná Clube e Boa Esporte, em especial, sôbre os técnicos Fernando Diniz e Nedo Xavier. Por falar em Nedo Xavier, ele que foi demitido pelo Tricolor da Vila pelos maus resultados, vem novamente a nossa cidade dirigindo uma agremiação que já fêz muito sucesso em outras temporadas. Diria que Nedo Xavier é o profissional que mais vem trabalhando nessa equipe do interior  mineiro. Que a torcida do Paraná saiba respeitá-lo. Por outro lado, o atual técnico paranista, Fernando Diniz, que tem se mostrado muito arredio com seus jogadores, inclusive, andou discutindo em vestiário com um jogador após o último jogo, Rafael Coelho, que vá se acalmando, afinal, a diretoria deu força ao jogador.

Quem vem crescendo no conceito sãopaulino é o atacante Alexandre Pato, artilheiro do clube nesta temporada. Existindo um impasse com seu atestado liberatório, êle que veio contratado pelo Corinthians e sendo trocado pelo meia Jadson, também sem ser muito bem aproveitado no Tricolor do Morumbi,  aliás,  os dois estão jogando muito bem nos clubes específicos, passou a ser olhado com muito interesse pelo técnico colombiano, Osório,  que o coloca como o melhor atacante do futebol brasileiro. A dúvida estava na janela de negociações, e como ninguém apareceu para pagar o alto valor exigido pelo Corinthians (dono do passe), aliviado ficaram os dirigentes sãopaulinos. Já falam que Pato pode ser convocado pelo técnico Dunga à Seleção Brasileira.

Lembre-se: Que o melhor da vida é sua história.

O cuidado com recados eletrônicos.

31 agosto, 2015 às 08:40  |  por Capitão Hidalgo

A alegria dos coxas só não é maior com sua boa recuperação em campo, sobretudo nos últimos 4 jogos onde a equipe ganhou 3, e empatou a de ontem, em Porto Alegre,  quando foi gigante ao segurar o bom time gaúcho do Gremio(0×0), pelos infundados erros na condução administrativa que vem tendo o clube. Na verdade uma vergonha o que o público desportista vem sabendo dos ataques, entre os dirigentes, que demostram um indício na falta de moral e ética, com a  utilização de recados eletrônicos. O Presidente Rogério Bacellar, novato no comando de um clube tradicional no futebol brasileiro, no caso o Coritiba, já dispensou elementos no setor de comunicação do clube, após, ter conhecimento dessa manobra sorrateira. A tendência é que respingos vão atingir elementos da Gestão Atual, e essa proposição deve acontecer nessa noite na reunião do Conselho Geral. Outro assunto é saber onde foram parar 200 mil reais no apoio, ao Gomyde, na campanha à Federação Paranaense. Pelo jeito não nenhuma transparência no clube.

Resultados conseguidos em campo, nesse final de semana, devem dar uma oxigenada na motivação dos elencos do Paraná, Coritiba e Atlético, com mostras de recuperação em suas classificações. A vitória maiúscula, do Furacão, que atropelou o Goiás (3×0), colocou a agremiação em 6º lugar. Muito bom. O Tricolor da Vila ao venceu o Santa Cruz(3×2), com mais 2 gols do Carlão, fugindo um pouco mais da Zona do Rebaixamento, e o Verdão Paranaense merecendo elogios pela aplicação do elenco nesses últimos jogos. Contudo, vamos aguardar um pouco mais. 

As derrotas do Vasco da Gama e Cruzeiro, nesse final de semana, deixam seus torcedores abismados com tanta falta de qualidade. Para um clube como o Cruzeiro, atual Bi-Campeão Brasileiro, o grande mal foi o exagero nas negociações dos seus excelentes jogadores, que tão bem vestiram a camiseta do clube. Quanto ao Vascão, com seus 13 pontos, terá que ganhar no mínimo 10 jogos. Será que nem contando com o Eurico Miranda?

Quem vinha sendo muito badalado nesse Brasileirão/2015, o time do Sport de Recife, sente agora a responsabilidade do elogio e não está conseguindo suportar. Depois de uma série de jogos invictos em casa acabou perdendo para o Mengão(1×0). Acho que é um período e a recuperação chegará pelo seu bom elenco.

 O grande prejuízo da rodada ficou por conta dos erros absurdos contra o Internacional dos Pampas. O tal ”assoprador’ Bassol não deu um penalti para os colorados e apontou um para a cal a favor do Avaí. Foi um absurdo. Herói da rodada, o garoto Gabriel de Jesus do Palmeiras, marcou dois contra o time do Joinville.

Lembre-se: Que o melhor da vida é sua história.

A “rasteira” que derrubou Usain Bolt.

28 agosto, 2015 às 10:36  |  por Capitão Hidalgo

Essa coisa de dizer que o clube escolhe o que seja melhor para seguir é balela. Canso de ouvir que o Atlético escolheu a Sulamericana para buscar o melhor caminho à Libertadores. Quanto ao Coritiba, que perdeu na noite passada para o Gremio dos Pampas( 3×1),  aliás,  derrota esperada, dizem seus mentores que a melhor idéia seria mesmo contiuar lutando para fugir da Zona do Rebaixamento. Na verdade uma justificativa de quem não tinha time para se classificar. Regras à parte nos clubes paranaenses, que  tentam mudar o panorama que ora se apresenta, incluo o Atlético , que está bem longe de uma classificação ao título brasileiro pelos seus 30 pontos,  tendo pela frente o Corinthians, que já soma 43 pontos.

Vamos lá, minha gente, afinal, como essa onda negativa na vida brasileira ainda vai demorar,  o melhor mesmo é buscar soluções com um forte espirito olímpico. Foi o caso do “mito” Usain Bolt, que voltou a ganhar os 200 metros na competição Mundial na China. Após, a corrida, saudando o povo presente no Estádio Ninho dos Pássaros, um cinegrafista que o acompanhava num carrinho elétrico se perdeu na condução e acabou dando-lhe uma “rasteira”. Felizmente, o que poderia ser uma tragédia, imaginem afetando o tendão de Aquiles do Bolt, o prejuízo que não seria. No final com o bom humor do fantástico corredor ,o cinegrafista lhe pediu mil desculpas. O engraçado é que o mundo está registrando essa cena mais do que a própria vitória do jamaicano.

Bem que a diretoria do Coritiba vem tentando tratar um problema sério, e que envolve um dos seus gestores, afinal,  não é de hoje que no clube os conselheiros querem resolver tal questão. A comunidade alviverde está aguadando pela nova reunião para a busca da verdade de um dinheiro que foi dado ( 200 mil reais) para campanha do Gomyde à Federação Paranaense de Futebol.

Classificados que seguem nessa Copa do Brasil, após os jogos que aconteceram nesse meio de semana. Vamos lá. As equipes do Santos, Vasco da Gama, Internacional, Gremio, Fluminense, Figueirense, Palmeiras e São Paulo. O sorteio dos próximos jogos acontecerá nesses próximos dias.

Parabenizo à distancia meu grande amigo Marchetti, hoje na comunicação esportiva na paulicéia, ontem, excelente atacante da Portuguesa Desportos, nos idos de 1950 e 60, pelo nascimento do seu neto, Davi Rodrigues Marquetti.  Estendo meus cumprimentos, também,  a mãe do garoto, Mayara Cordeiro Marquetti. Portanto, Marquetti, já temos um motivo para brindar na próxima semana, aí em São Paulo, na Pizzaria do Luca. Felicidades a toda a família.

Lei é para ser cumprida.

26 agosto, 2015 às 10:22  |  por Capitão Hidalgo

Aprendi desde pequeno que a lei foi feita para ser respeitada. Então, qualquer que seja a discussão, argumentos proferidos, e outras prerrogativas,, tem que esbarrar em leis definidas. Como essa, sôbre a pendenga da bebida alcoolica, em especial a cerveja, a ser vendida nos estádios nos jogos que são patrocinados pela CBF. Ontem, os vereadores de Curitiba aproveitaram um tempo disponível para discutir uma situação de total impossibilidade de dar certo, pois, uma lei Municipal não pode contradizer a uma Lei Federal. Aliás, o Ministério Público, através do seu procurador, Dr.Janot, já disse sôbre essa inconstitucionalidade. Desculpem os amigos vereadores, afinal, existem tantas outros proposições a serem resolvidas para deixarem de lado por uma ”briga” que escancara motivos interesseiros. É só forçar um pouco sua capacidade de entendimento, meu caro amigo leitor,  para entender que as empresas de cervejarias veêm nisso uma fonte inesgotável de dinheiro, claro, repartido com os clubes na forma de royaltes.

Já que estou no assunto, existem artigos proibitivos como a Resolução 1/2008 da CBF, que tornou ilegal o consumo de bebidas nos estádios. Temos outra que é a do Estatuto do Torcedor, definido pela Lei 10.671, de 15/05/2003, incluído no artigo 13-A, da ilegalidade de atendimento de bebidas nos estádios e cercanias, onde a própria polícia vê como uma fonte de violência. Para somar, pesquisa feita nesse orgão, baixou os problemas de conflitos próximo aos estádios em mais de 50%.

A princípio na votação em plenário ganhou aqueles que votaram pelo atendimento aos torcedores nos estádios, mas,  mesmo que passe na casa, aí sim, vai depender de ser sancionada pelo Prefeito, Gustavo Fruet, que já mostrou sua contrariedade no fato. Portando, lei é lei é deve se cumprida.

Enquanto vemos brigas por mesquinharias, o país vai de vento em pôpa a um buraco de despropósitos, com total desequilíbiro na política, onde não há entendimento para o melhor. A Operação Lava Jato, é uma delas, pela tamanha desfassatez de pessoas que chegaram ao poder sem nenhum pudor. A todo dia dezenas são as informações das mais variadas corrupções havidas ao longo do tempo, e com isso, o desacordo no processo de recuperação financeira e moral em nosso país. Que pena. 

 A CBF, mostrando sua impaciência na tentativa de alguns dirigentes do futebol brasileiro de mexer no Calendário/2016, coloca ao público desportista, de forma antecipada, que não teremos a Copa Sul/Minas. Alegando, também, que nos jogos das Eliminatórias á próxima Copa, não teremos rodadas do Brasileirão. Enquanto isso, não se fala mais do Marin e por onde andaria o atual Marco Polo.

Lembre-se: Que o melhor da vida é sua história.

Perder assim Paraná Clube?

24 agosto, 2015 às 10:36  |  por Capitão Hidalgo

O Paraná Clube vencia o Ceará( 3×2), com 3 gols do atacante Marcão, e em 2 minutos acabou perdendo nos extertores da partida o jogo (4×3). Incrível, mas isso aconteceu lá no nordeste. Agora, o problema ficou maior, pois, a partir desse instante nada mais resta ao clube a não ser fugir da zona da degola,  sobetudo, por faltarpouco para entrar, o que é profundamente lamentável. Portanto, cair para outra divisão será inevitável suportar tantos problemas e encontrar uma nova diretoria. Por isso, a lavagem cerebral da equipe é evitar essa catástrofe.

Os times da rabeira na Série A, tirando o Vasco da Gama, já estão conseguindo ganhar jogos de forma seguida. Tem sido os casos do Goiás, Coritiba,  Joinville e Figueirense. Enquanto isso vemos o Cruzeiro, depois de ter levantado um Bi-Brasileiro,  naufragando a cada jogo. Ontem, no Itaquerão, tomou de tres do Corinthians, enquanto o Flamengo vai respirando com mais uma vitória e um Santos nadando de braçada. Quem também vem se recuperando é o time campineiro (Ponte Preta). Em se tratando do time sãopaulino, o técnico colombiano, Osório, vai despedaçando o elenco tricolor, passando a ser chamado de Professor Pardal.

Como sabemos que nenhum clube brasileiro está preparado para disputar duas competições, nesse momento a Copa do Brasil e o Brasileirão, isso faz com que as comisssões técnicas, e coloco nessa parada o Atlético Paranaense,  tente remexer com o elenco. Ontem, lá em Porto Alegre, misturado em campo com a incerteza de se aproveitar da partida para colocar outros jogadores, o  técnico Milton Mendes, se embaralhou na ânsia de ganhar do Joinville nessa 4ª feira próxima, e perdeu facilmente para o time do colorado dos pampas (2×0).

Os críticos mundiais do atletismo colocaram pilha quanto a possibilidade de derrota do “mito”, Usain Bolt, nesse Mundial que está acontecendo em Pequim/China. Detentor da melhor marca dos 100 metros (9.57″) com um bi mundial nas costas, lá foi Bolt mostrar mais uma vez  que ainda é dono das pistas. Dessa feita foi esprimido, isso é verdade ao fazer 9,79″, ao vencer seu  adversário que cravou 9,80″. Logo após, como faz, costumeiramente, foi desfilando sua simpatia ao povo chinês, que o consagrou nas Olimpíadas de 2008.

Noto que tres técnicos estão incomodados. São êles: Marcelo Oliveira, Luxemburgo e Enderson Moreira. Claro que razões existem, pois, Palmeiras, Cruzeiro e Fluminense não conseguem disparar na classificação.

Lembre-se: Que o melhor da vida é sua história.

Solenidade de 30 anos da conquista nacional.

21 agosto, 2015 às 09:28  |  por Capitão Hidalgo

Dizia dias atrás que seria péssimo ao Coritiba ter a necessidade de cumprir tabela contra o Gremio, valendo  Copa do Brasil, no meio de uma crise com tentativa de recuperação no brasileirão, afinal, vindo de duas vitórias seguidas, Palmeiras e Vasco da Gama, o pensamento deveria estar voltado, ao longo da semana, para o jogo em casa no domingo pela manhã,  contra o bom time da Chapecoense. Mesmo que tenha feito um bom 1º tempo, a derrota aconteceu (1×0), e agora é novamente reunir os trapos e ir para a batalha. Uma coisa deve entender tal elenco alviverde e sua Comissão Técnica, que não dá mais para perder pontos em casa.

Como a fase do Atlético é bem melhor, ontem a noite em Joinville, não tomou conhecimento do time local ganhando por dois gols a zero, e com isso, facilitando sua classificação no retorno dessa partida, será na próxima  5ª feira, na Arena. Contudo, no domingo pelo Brasileirão, o Furacão irá até Porto Alegre pegar pela proa o Internacional que está de técnico novo, Argel Fucks. Por falar no time colorado, ontem a noite no Gigante da Beira Rio, ganhou a 1ª artida contra o Ituano, pela Copa do Brasil.

Se o técnico da seleção brasileira de futebol, Dunga, colocar o meia do Santos, Lucas Lima, no seu devido lugar, minha gente, poderemos ter uma seleção com melhor toque de bola e velocidade. O que jogou esse rapaz na vitória do peixe contra o Corinthians, foi uma barbaridade. Bem que o técnico corintiano,Tite, tentou fazer uma marcação mais colada nesse jogador, só que a “fera” rodou o campo com a maior facilidade. 

O técnico do Tricolor da Vila, Fernando Diniz, respondendo às críticas quanto sua postura ali na beirada do campo, afirmou que não prejudica ninguém, pois, é seu estilo comandar uma equipe em campo. Como está em início de carreira, bem que Diniz entendesse as vozes mais experientes, afinal, gritaria de técnico para aparecer não leva a lugar algum. Por falar no Paraná Clube, a missão de jogar contra o Ceará, em Fortaleza, complicou porque vai encontrar uma motivação em dobro da torcida local,  sobretudo, pela vitória do time cearense contra o São Paulo, ontem, em pleno Morumbi (2×1).

Na próxima 3ª feira, dia 25 de Agosto, mais um encontro agradável da Diretoria Confraria dos Ex-Jogadores do Coritiba, onde estará recepcionando os Campeões Brasileiros de 1985. Está sendo estimado nesse jantar na Churrascaria do Alto da Glória, a presença de 400 pessoas. entre  torcedores, sócios e simpatizantes do clube.  Muito legal. Feliz do clube que tem orgulho de contar feitos memoráveis.

Lembre-se: Que  melhor da vida é sua história.

Fecha o cerco contra a má arbitragem.

19 agosto, 2015 às 11:15  |  por Capitão Hidalgo

Esquenta a situação de contrariedade dos clubes com as péssimas arbitragens que estão acontecendo nos jogos desse brasileirão. Muito tem se falado da melhora significativa, principalmente, na parte técnica das equipes e a volta triunfal do povão aos estádios. A única questão negativa, e tem que ser resolvida, é saber como a CONAF, em sua verdadeira atribuição no gerenciamente venha a ser séria nesta arbitragem brasileira. Ainda, ontem, a direção do Galo Mineiro, movida de vários DVDs, levou a entidade os lances absurdos que sua equipe vem sofrendo nos erros grotescos. E que isso não seja contrariedade pelos últimos resultados, pois, o clube nao está questionando, e sim, os erros que vem prejudicam seu andamento na parte classificatória. Afinal, quando vão estabelecer a verdade da bola na mão ou mão na bola?  A meu ver  é simples, tudo que acontecer na área, em especial nesse quesito, é penalti. E fim da papo.

Como as equipes brasileiras não estão preparadas para disputar vários torneios, ao longo do ano, os erros na avaliação de priorizar este ou aquele evento, causa muita dúvida as agremiações. Diferentemente das equipes européias, lá  elenco é formado por vários e excelentes profissionais, onde jogam todos os jogos visando seus objetivos. Bem, vamos ao nosso cantinho. O Coritiba que vinha pelejando no 1º turno do brasileirão, e que deu a graça de ganhar os dois últimos jogos, se vê na posição de não ter outro caminho a não ser ir para o jogo, e seja o que Deus quizer. Confesso que esse jogo valendo Copa do Brsil, contra o time do Gremio, vem em uma hora errada, afinal, embalado com duas vitorias bem que poderia estar treinando para o jogo contra a Chapecoense, no próximo domingo, e emplacar a terceira vitória.

Vindo das Alterosas o novo diretor de futebol do Coritiba, Valdir Barbosa, que conta no seu curriculum muitos anos na área esportiva, tanto no  Cruzeiro e mesmo na imprensa mineira. Muito bem. Avaliando o momento alviverde, diz que somente o time em campo é que está errado, ou seja os maus resultados, pois, de resto o clube anda as mil maravilhas. Será?

Tenho muita compreensão quando o assunto é Paraná Clube, sobretudo, e isso não é culpa da imprensa, mas da verdade  que não há um dia em que o noticiário deixa de mostrar os sérios problemas que essa agremiação vem passando nestes anos. Quando não é a perda do Estádio Orestes Thá, vem a necessidade de entregar a Vila Capanema. Agora, Deus nos Acuda, falam que será necessário vender a sede da Kennedy para pagar as dívidas progressivas.  Quanto ao time em campo, bem, esse vem lutando para não cair a Série C brasileira por 8 anos.

Com a saída do técnico figueirense, Argel Fucks, que pediu sua liberação para ir ao Internacional, abriu outra oportunidade de trabalho para o técnico, René Simões, injustamente  demitido pelo Botafogo carioca. Se vinha tranquilamente fazendo seu trabalho no Fogão, que com certeza terá seu retorno a Sérei A, agora, o trabalho será árduo, afinal, o Figueirense vem brigando par sair da zona do desconforto.

Lembre-se: Qu eo melhor da vida é sua história.

Evandro, mais um gol no sufoco.

17 agosto, 2015 às 10:22  |  por Capitão Hidalgo

Ficava meditando que bom seria os finais de semana contando com bons resultados do trio de ferro da capital. E isso aconteceu. Na 6ª feira, o Paraná Clube venceu a boa equipe do Sampaio Correia(1×0). Enquanto o Atlético teve contra si um penalti muito mal marcado pelo árbitro, e não fosse uma grande defesa do goleiro Weverton, poderia ter perdido o jogo. Portanto, o resultado final de 0×0 acabou sendo legal, até porque, o Furacão termina o turno com 30 pontos. Quanto ao Coritiba, não é que foi ao Rio jogar contra um time vivendo as mesmas agrúrias, Vasco da Gama, saindo de lá com a expressiva vitória(1×0), claro, pelas circunstâncias de ser a 1ª vitória fora de casa.

Enquanto na tábua classificatória, na parte de cima, vemos o Timão terminando com 40 pontos, deixando o 5º colocado distante  7 pontos. O mesmo não encontro na parte de baixa, sobretudo, com as vitórias do Coritiba e Goiás e as derrotas do Avaí e Figueirense, pois,a coisa está bem embolada. Nem mesmo o Cruzeiro e o Flamengo estão tranquilos. Portanto, qualquer jogo de agora em diante, o importante pelo menos e não perder pontos em casa.

Já passou de ser considerado uma coincidência, afinal, todas as vezes que esse garoto, Evandro, da base alviverde, é chamado pelo técnico, Ney Franco, ele vai lá e faz o gol. No final do jogo, em pleno Maracanã, aproveitou-se de um cochilo do beque vascaíno e pimba. A verdade é que desde o nascedouro do Keirrisson, em 2006, não se via no clube um prata da casa com toda essa qualidade de artilheiro. Com isso o clube não perdeu tempo e providenciou um aumento no seu salário.

Fazendo um rescaldo no final dessa 1ª etapa, do brasileirão, o que se constatou como positivo foi o aumento de pessoas indo aos estádios e com isso valorizando o retorno do sentimento clubístico. Como negativo sem nenhuma dúvida a arbitragem tem sido uma calamidade. Em todas as rodadas a chiadeira tem sido grande. O lance mais capital tem sido a questão do critério da bola na mão dentro da área. Alguns dão penalti e outros deixam de lado. Ontem, mesmo lá em Chapecó, o lateral do time catarinense, Apodi, carregou a bola com a mão e fêz o gol da vitória contra o Atlético Mineiro. Com raiva o técnico, Levir Culpi, nem veio para a coletiva.

As duas vitórias do Coritiba, Palmeiras e Vasco da Gama, dando um alívio ao torcedor alviverde, que voltará a atuar nesse brasileirão no próximo final de semana, em casa,  contra a Chapecoense. Enquanto isso receberá, na 4ª feira, o Gremio,  valendo a Copa do Brasil. Será um bom pega.

Lembre-se: Que o melhor da vida é sua história.

Vitória de alívio.

13 agosto, 2015 às 10:28  |  por Capitão Hidalgo

Os torcedores do Coritiba sairam aliviados logo após a vitória frente ao Palmeiras, pois, além de comemorarem o resultado passaram a imaginar seja possivel que em outros compromissos a equipe venha a jogar  dessa forma atuante. Ficar comentando  a maneira como chegou ao resultado de 2×1, claro, é uma condição óbvia, mas longe de buscar outros atributos que não a determinação, desejo e estoicismo dos seus jogadores. Outro fator que pesou bem foi  maneira como o time se postou em campo. Passando ao largo na conjuntura coletiva da partida, deve-se ressaltar que o técnico, Ney Franco, foi inteligente em mandar marcar os alas do Palmeiras, pirncipalmente, o Egídio, usando uma marcação com pressão no meio do campo, e com isso asfixiando todo o 1º tempo da equipe esmeraldina da paulicéia.

Contudo, no 2º tempo, algumas mexidas do técnico, Marcelo Oliveira, fêz o Palmeiras melhorar considerávelmente, pois, bem no ínicio dessa etapa complementar saiu o gol de empate. Mas, nem isso mexeu com os brios dos jogadores do Coxa, sobretudo, com a persistência e as entradas de Negueba e Esquerdinha, que proporcionaram ao atacante Henrique os gols da vitória. Agora é respirar e pegar o depenado Vascão da Gama em São Januário. Pelo menos um alento no ar deixa os torcedores mais aliviados.

NO Rio, no belo Maracanã, mais uma vez o Atlético perdeu para o Flamengo(3×2), isso passa a ser freguês de caderno, só que jogando lá, pois, aqui, é o inverso. Para quem viu o jogo, alguns  apostam que o time não jogou bem, erros com a zaga, e os chutões à frente. Mesmo assim, em alguns instantes brigou o necessário. Agora, que venha o Santos, pois, com casa cheia na Arena o Atlético tem tudo para virar o turno de forma excelente.

Com a vitória em cima do Sport(4×3), o Timão foi a frente e lidera a competição. Dependendo do Galo Mineiro, joga hoje contra o Gremio, a vida do técnico Tite vai se abrindo depois de ver o clube perder no início da temporada alguns excelentes jogadores. Como grande técnico que é, Tite, foi arrumando a esquadra alvinegra, e com isso passa a ser novamente o melhor técnico brasileiro. Outro que vem esbanjando qualidade tem sido o Levir Culpi. Atrás, depois de tres derrotas consecutivas, ficou o Marcelo Oliveira.

Ontem, no Couto Pereira, ouvi de alguns conselheiros que a direção esportiva deveria ser dada ao João Jacob Mehl e Almir Zanchi. Com excelentes trabalhos feitos em outras épocas, e apaixonados pelo clube, tá na hora da diretoria não errar. Um nome está sendo lançado pela diretoria de nome Valdir Barbosa, ex- Cruzeiro. Para com isso. Tragam pessoas com sentimento de clube. Certo?

Lembre-se: Que o melhor da vida é sua história.