Itália fora da Copa do Mundo/2018.

15 novembro, 2017 às 10:31  |  por Capitão Hidalgo

Imagino os jornais, Corriere dello Sport, La Stampa, Tutti Sport, Gazzetta dello Sport, enfim, outros matutinos por toda Itália, comentando a tristeza do país sair de uma disputa mundial. Somente nos anos de 1930, 1958 e agora, 2018, o time da Azurra desencanta seu povo. Diria, não só por sua gente, mais aqueles que sabem do amor que o italiano dedica ao esporte em geral, afinal, não ter uma Alemanha, Argentina e principalmente o Brasil, a própria Copa é prejudicada. Preconizo que os russos, também, se aborreceram em não ter a Itália com seus “tifosis” espalhando alegria em seu país. Na verdade se tem um povo alegre e falando alto isso não se põe nenhuma dúvida. Outro país fora desse mundial, são os Estados Unidos. Bem, aí é uma outra situação, diria, mais política.

A conclusão que se chega é que os dirigentes italianos não deram a devida atenção para os jogadores locais. Todos nos sabemos que a Itália, em outros tempos, teve a maior audiência televisa com varias contratações de estrangeiros. Quando o futebol brasileiro perdeu o Mundial da Espanha/82, com aquela seleção que encantou pela qualidade dos seus profissionais, foram justamente os italianos que depois de 44 anos chegaram ao título pela experiência do  técnico, Enzo Bearzot, que soube utilizar os jogadores da casa com muito potencial. Como a situação mudou, vemos hoje  a força administrativa do futebol inglês, alemão, espanhol, vindo atrás o francês, deixando para trás o futebol italiano, que parou no tempo e no espaço.

Portanto, temo pelo nosso Brasil nesse Mundial. Para alguns a coisa anda muito bem com as declarações do técnico, Tite, esbanjando confiança para a mídia,, mas, conservo minhas dúvidas. Porque? Sem querer tirar o mérito da classificação, achei antecipada e concluo dizendo pela fracas atuações das seleções da América do Sul, pois,  nem mesmo na era do Pelé, tivemos uma moleza enorme. Com isso traz para alguns a facilidade futura. Ledo engano. Tomando por base o jogo de ontem, no empate em 0 x 0 contra um um time de jogadores reservas da Inglaterra, onde o Tite colocou sua intuição em campo (seu time preferido), a atuação coletiva deixou a desejar.

Nos vestiários deixou aos jogadores, depois da partida, uma situação que deve ser comentada, ou seja, pediu a todos que conservem em seus clubes um alto nível de aproveitamento, mas, também,  afirmando que ainda tem suas dúvidas. Seria melhor assim ? Sei que não teremos um Pelé em pouco tempo, sobretudo, porque gênio não tem mais no futebol, mas, a sua intuição deve tê-lo deixado de sobreaviso.

No futebol local, ainda penso naquele péssimo resultado do Paraná contra o Oeste. Tivesse no mínimo empatado, hoje estaria dizendo já na 1ª Divisão. Agora, complicou, pois, ontem não jogou nada contra um time rebaixado, sem dinheiro, o Santa Cruz, em 0 x 0, e terá contra seu destino, 2 jogos, um em Macéio, contra o CRB e o último em casa contra o Boa Esporte. Acontece que o Oeste na rodada de ontem não perdeu para o Internacional e o Londrina vem atropelando. Sábado será o tira teima, sendo que o Tricolor da Vila não pode de maneira alguma perder esse jogo, pois, ficaria na dependência de outros fatores.

Lembre-se: Que o melhor da vida é sua história.

0 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>