Liberada a grama sintética.

6 fevereiro, 2018 às 14:19  |  por Capitão Hidalgo

Na reunião havida , ontem, na CBF, três foram os assuntos foram debatidos pelos dirigentes dos clubes que fazem parte da Série A. Vamos a eles:  Há dois anos atrás, o então  presidente do Vasco da Gama, Eurico Miranda, iniciava uma campanha contra estádios de futebol que tivessem atendendo jogos com a grama sintética. Com isso os representantes dos clubes chegaram a seguinte conclusão: nada a se opor, pois, nos seus entendimentos o Atlético Paranaense,  clube que poderia ser o mais atingido, não teve nenhum privilégio na comparação dos pontos conseguidos em 2016 e com a pífia campanha de 2017. Outro assunto em pauta foi o rebatido por todos os integrantes dessa reunião e que deu muito o que falar sobre a conotação da presença de árbitros comentando situações dos jogos por vídeo. Claro, com o alto custo, os clubes, então, não aceitaram. Para finalizar, foi liberado aos clubes que quiserem “vender” seus mandos de jogos.

Cenas tristes e lamentáveis aconteceram na sede corintiana quanto a definição por votos do próximo sucessor. Haviam 5 personagens à disputa desse pleito e que de fato foi muito concorrido. Ganhou, nas urnas, o ex-presidente que agora é  um Deputado Federal, Andrés Sanches. Após a informação da vitória, do Sanchez, a situação dentro do clube virou uma baderna. Uma das facções corintianas passou, então, a admoestar o vitorioso.

O time alviverde paranaense, já em Teresina/Piauí,, onde amanhã iniciará uma aventura dentro da Copa do Brasil, quando enfrentará o time, do Parnahiba, que terá que se deslocar da sua cidade para jogar na capital dos sergipanos. Iniciante nestas disputas, o time do interior do Piaui, terá que vencer a esse jogo par seguir na competição, pois, a vantagem é do Coritiba que poderá empatar ou mesmo ganhar.

Em contra partida, olhando para os números do certame paranaense, vemos que o Paraná Clube estando em último lugar no seu grupo, assim como o time do  Coritiba, em 6º lugar, ao faltarem duas rodadas para o fecho do 1º turno, se complicaram nessa rodada passada. Será um vexame a não classificação pelo menos para a disputa dessa fase. Reclamações dos torcedores vão se avolumando por acharem que da maneira que está pior vai ficar. Dureza para as duas comissões técnicas que ainda não acharam seus sistemas.

Fiquei bastante feliz com a presença de dezenas de pessoas no jantar da Confraria Amigos da Bola. Muita emoção na entrega das placas aos felizardos. Dr. Edilson Thielle, que estava prestando seus préstimos na China, ao lado do técnico Felipão, Roberto Karan, conselheiro atleticano, respeitado por sua devoção e amizade a todos, D. Vera, uma senhora que se faz presente em todos os jantares da nossa confraria e do ex-jogador, Reginaldo Nascimento, que por muitos anos na década de 90 atuou pelo Coritiba exercendo a condição de capitão. Mais uma noite auspiciosa.

Lembre que:  O melhor da vida é sua história.

0 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>