Balanço negativo.

7 dezembro, 2011 às 09:45  |  por Capitão Hidalgo

Final de temporada chegando, nos proporciona fazer uma reflexão do acontecido ao longo deste ano, detalhando esportivamente, o que sobrou de uma temporada que chegou em alguns momenos dar alguns lampêjos. Claro, torna-se necessário, então, uma explicação contábel dos fatos resultando num balanco da realidade dos fatos. Confesso, sim,  que esperava mais das equipes da capital , com o Coritiba voltando a 1ª Divisão, tendo o Atlético estabelecido uma continuidade dentro da melhor linha de disputa dentro do futebol brasileiro e uma perspectiva de retorno do Paraná Clube. Nada disso aconteceu.

Algum tempo a essa parte, comentei que falta ao dirigente do futebol paranaense mais aptidão para o cargo, pois, continua seguindo uma mesma esteira sem própósitos, com pensamentos muito mais localizados sem que tente melhorar o significado de foratlecimento clubístico fora do Estado.  Com isso, meus amigos, a distancia que  pensava, pudesse acontecer, pouca coisa ficou de crédito. Buscar objetivos na vida isso é uma constante na figura humana, e que tal poderia servir de exemplo na visibilidade esportiva, seria um bom tratado com os interessados.  

Nesse momento, os clubes vem convivendo em sua parte interna na briga pelo poder. Ainda que Coritiba e Paraná Clube tenham suas situações resolvidas, faltando ao Atlético a definição,  a verdade não é isso que se propôe à aqueles que devam continuar ou mesmos os que entarem . Buscar soluções, pois, esse ano ano foi de amargar quando vimos um Paraná Clube quase chegando a uma 3ª Divisao do Brasileirão,  Atlético caindo para a 2ª Divisão do Brasil e o Coritiba desperdiçando em duas oportunidades chegar a um tormeio Internacional . Dentro dessa premissa , o que  dizer do Tricolor da Vila, que passa a brigar pelo calendário da 2ª Divisão do Paranaense.

Individualizando os clubes, a direção do Coritiba  entende que cresceu muito nesta temporada após o desastre de 2009, recuperando-se com seu  retorno em 2010 e  a conclusão dos bons resultados em 2011, mas que na verdade a torcida pleiteava, sim  a Libertadores de América. Agora é esperar por algumas  mudanças no elelnco e que a Comissão Técnica promova novamente valores para a temporada de 2012. Quanto ao Atlético, não se pode deixar de comentar seus problemas advindos de brigas políticas internas com a presunção de  mando isolado do atual mandatário, como também, a resposanbilidade do clube quanto ao desfecho das obras da Arena para a Copa do Mundo, sem antes deixar de contar, qual estádio o time vai jogar.   Que responsa, hein, minha gente.

Muitos jogadores dos atuais elencos da capital já foram desligados. Alguns, em sua maioria entregues aos empresários, outros sendo devolvidos aos seus clubes de origens, e assim caminha a humanidade. O experiente jogador Paulo Baier do Atlético disse da sua intenção em continuar no clube. No Coritiba, o atacante  Bill, que teve lá seus bons  momentos como goleador do time, se perdeu nos úlitmos meses por problemas disciplinares e seu futebol  foi por água abaixo. Está sendo   devolvido ao Cortinthians. Já se sabia de antemão, pois, o atacante Marcel está no clube   há  90 dias com seu atestado liberatório resolvido.

Até a próxima.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>