O Santos é dependente do Neymar.

17 agosto, 2012 às 09:39  |  por Capitão Hidalgo

Jogando um futebol aceitável nos 45 minutos iniciais, o Coritiba bem que poderia ter aumentado o placar para 2 ou 3 gols a zero,  não fosse a dificuldade do atacante Aquino fazer  gols a frente do “guapo” vascaíno. Incrível foi a maneira como vi o time do Vasco da Gama jogar neste tempo inicial, dando todas as vantagens ao Coxa, que jogando em velocidade complicou a vida do time cruzmaltino. Na volta a etapa complementar, os mesmos defeitos do elenco Coxa aconteceram e logo de cara foi tomando um gol. Aí virou aquilo Deus nos Acuda vindo a se perder totalmente na partida e que só veio a melhorar após algumas intervenções do técnico Marcelo Oliveira. Na verdade o Vascão só melhorou com a entrada do meia Carlos Alberto, virando o placar para 2×1 até a parte final do jogo, quando sobrou uma bola açucarada ao Everton Ribeiro para empatar em 2×2 o jogo. Menos mal.

Valeu a pena  o intuito da diretoria do Santos em trazer num jatinho, o atacante Neymar que estava na Suécia, para que ele jogasse a partida contra o Figueirense. A vitória veio com um golaço e uma bola para o Ganso fazer debaixo do gol. O que deve se ressaltado é a figura do jogador, que nao mediu esforços para retornar ao Brasil e colaborar com o time do Muricy. Coisas boas devem ser enaltecidas. Agora, a dependência que o time santista tem do garoto é enorme. Não é verdade?

Jogaço de bola poderemos ter em Paranaguá, amanhã, quando o Atlético jogará contra o melhor time da Série B, o Cricima, que está bem a frente na tabela. Enquanto o Paraná Clube tendo que enfrentar em Arapiraca, o ASA, o time atleticano poderá neste jogo provar sua competência e ir buscar seu espaço na tabela classificatória. Tenho dito que no clássico marcado para os próximos dias, uma equipe poderá escalar uma situação de mais conforto para o 2º e decisivo turno . A derrota paranista em Ipatinga, que de certa forma dificultou o momento do time,  agora terá que buscar este resultado de vitória.

Quando se olha a tabela das equipes na Zona do Rebaixamento, onde se viu  times como o Palmeiras, Santos e Corinthians, esqueçam por que a capacidade dessas equipes de sairem do problema é muito mais fácil. O Corinthians é uma prova cabal, pois, ao disputar a Libertadores teve que se ausentar por um período do Brasileirão colocando seus reservas, agora vem emplacando excelentes vitórias em cima do Coritiba e o Internacional. Com isso já está sobrando na tropa de baixo, afinal,se Analisarmos o momento, vejo um Figueirense, Atlético Goianiense, Bahia, Portuguesa, Ponte Preta e o próprio Coritiba, a necessidade de melhorar e muito na segunda etapa deste certame.

O goleiro sãopaulino, Rogério Ceni, está sendo bastante criticado pelos gols que vem  tomando. Com a necessidade de se ter uma força a mais em campo, o técnico ney Franco viu a necessidade de colocá-lo nestas últimas partidas, só que sua  presença tem sido muito claudicante onde até gol contra fêz para desespero do próprio técnico. Duas questões a serem levantadas. Uma em que a diretoria está preocupada com a longevidade do goleiro, já pensando em dar-lhe uma placa de reconhecimento e outra é que o técnico Ney Franco ainda não deu ar da sua graça.

Seja Feliz.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>