Estaduais pelo país e suas zebras.

18 janeiro, 2018 às 07:36  |  por Capitão Hidalgo

Os regionais esportivos espalhados pelo Brasil tiveram seus inícios, e como era de se esperar, resultados inesperados aconteceram, numa prova evidente que os campeonatos dos estados são valorizados pela rivalidade. Em São Paulo, o grande campeão brasileiro da temporada passada, Corinthians, perdeu em pleno Estádio do Pacaembu para a Ponte Preta ( 1 x 0 ).  No carioca, o Botafogo que ganhava da Portuguesinha( 2 x 0 ), cedeu empate ( 2 x 2 ). E o Fluminense, minha gente que foi jogar algumas partidas nos States, mas, desclassificado com antecedência, entrou em campo, ontem, e perdeu fragorosamente para o Boa Vista em 3 x 1 .

Aqui a coisa também desandou, afinal, o Paraná Clube que ano passado ganhou passaporte para jogar a temporada de 2018, na 1ª Divisão Brasileira, iniciou sua temporada no estadual paranaense e perdeu, ontem, para o União de Beltrão (2 x 1 ), time esse que estava afastado do campeonato principal do estado há 37 anos.

As coincidências desses resultados são provenientes do melhor preparo das equipes interioranas, que por terem pouco calendário, se esmeram com alguma antecedência para terem algumas possibilidade de estarem bem condicionados pensando à frente num torneio nacional. Como as grandes equipes brasileiras , na verdade é a cultura do futebol brasileiro,  mudam a cada final de cada temporada, os times interioranos se preparam até 60 dias antes de entrarem em campo. Depois, claro, virá a diferença que é a condição técnica, individual e coletiva das equipes tradicionais.

Boas e positivas atitudes vem tomando nova diretoria, do Coritiba, que entendendo suas dificuldades para um ajuste de conhecimento real situação do clube, até agora não se arvorou em grandes contratações. Pelo contrário, com posições firmes e até de humildade, aceitaram o pouco dinheiro da televisão (600 mil reais) para as transmissões no estadual, como também, estudaram uma maneira de ofertar ingressos para seus sócios com valores bem abaixo do esperado, até porque, não terá astros para o esse início. Afinal, vem para o regional com uma equipes mesclada. Depois, é claro, um plano mais ousado para o retorno à Séria A.

Depois de algum tempo tenho, também, uma informação e ela vem da Federação Paranaense de Futebol, que de forma sentimental lembrou de 2 personagens que fizeram história no futebol paranaense, Caio Júnior e Dionísio Filho, ao dar nomes às competições do 1º e 2º turnos. Boa lembrança. A Outra notícia vem do Atlético Paranaense, com assinatura de contrato  com uma das grandes empresas paranaenses, a Copacol. Torcemos que mais notícias positivas aconteçam nesse ano.

Lembre-se que: O melhor da vida é sua história.

0 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>