Porto a Porto promove Wine Tasting Curitiba com degustação de produtos de oito países

27 junho, 2017 às 17:33  |  por Simone Meirelles

download (1)

A semana que vem será especial em Curitiba para quem curte bons vinhos. Nos dias 4 e 5 de julho acontecerá a Wine Tasting Curitiba, uma feira de vinhos e produtos gastronômicos de mais de oito países do mundo trazidos ao Brasil pelas importadoras Porto a Porto e Casa Flora. O evento acontecerá no espaço Villa Augusta e será restrito a um seleto grupo de convidados. Na ocasião dezenas de produtos da importadora serão degustados – vinhos espumantes, brancos, rosés e tintos de países como Chile, Argentina, Portugal, Espanha, França, Itália, África do Sul, entre outros, que custam entre R$50,00 e R$700,00. O evento contará com a participação de produtores internacionais do Chile e da Argentina. Além dos vinhos, os participantes poderão provar produtos gourmet de marcas de ponta como a italiana Paganini e as cervejas da marca Paulaner.

O evento em Curitiba, onde está a sede da importadora, é o quarto a ser realizado nestes moldes – no ano passado aconteceram as edições de Recife, Florianópolis e Porto Alegre. Ainda este ano, Londrina receberá o evento. De acordo com a gerente de marketing da Porto a Porto, Camila Podolak,  “a proposta do Wine Tasting é apresentar ao público o maior número possível de vinhos reunidos em um único local. Trabalhamos com um grande mix de produtos que alia diversidade e qualidade e seria impossível expor essa variedade individualmente, por isso promover esse encontro é muito importante para a aproximação com o mercado”.

A ideia é ótima e dará mesmo uma excelente oportunidade para quem estiver presente conhecer vasta gama de produtos representados. Entre os convidados estão clientes, formadores de opinião, proprietários de bares e restaurantes.

Porto a Porto

A Porto a Porto nasceu no final dos anos 1990 na época da abertura do mercado brasileiro aos produtos importados e ingressou no segmento com décadas de experiência. A importadora representa 110 fornecedores internacionais de países como França, Itália, Espanha, Portugal, Alemanha, Chile, Argentina, Austrália, Nova Zelândia, entre outros. Além do portfólio de vinhos, cervejas, destilados, sucos e águas, traz ao Brasil marcas do segmento alimentício, como Paganini.

Instalada em Curitiba, a empresa possui longa parceria com a importadora Casa Flora, com sede em São Paulo (SP). A abrangência dos produtos em território brasileiro é total. A Porto a Porto possui uma filial em Porto Alegre (RS) e em Brasília (DF); a Casa Flora, outra filial no Rio de Janeiro (RJ) e em Belo Horizonte (MG); e o Grupo possui uma distribuidora em Recife (PE), chamada Veloz.

Serviço:

Wine Tasting Curitiba

Dia 4 e 5 de julho (terça e quarta-feira)

Horário: das 15 às 21 horas

Local: Villa Augusta (R. Nicarágua, 176 – Bacacheri)

Evento restrito para convidados

 

Feijão Tropeiro Seleção é lançado em Curitiba

27 junho, 2017 às 16:32  |  por Simone Meirelles
Feijoada com carnes Alegra e feijão Tropeiro Seleção (foto SM)

Feijoada com carnes Alegra e feijão Tropeiro Seleção (foto SM)

Depois do sucesso do leite Naturalle e da linha de carnes suínas Alegra, a Castrolanda agora ingressa no mercado de grãos premium com o lançamento do feijão Tropeiro Seleção. Para marcar a apresentação do produto, foi promovida uma feijoada no restaurante Madero Steak House, em Curitiba.

Conforme Marco Antonio do Prado, diretor de operações da Castrolanda, o projeto levou seis anos para chegar ao produto.  O Tropeiro Seleção garante aos consumidores um feijão de alta qualidade, com selo de aprovação da Fundação ABC, que atesta produtos com o mais alto grau de seleção, desde a escolha do solo, a preparação da semente, a triagem dos produtores até o uso de defensivos agrícolas específicos. Além disso, o feijão passa por um processo de 12 etapas de limpeza.

Feijão Tropeiro Seleção e um ótimo torresminho para animar a feijoada

Feijão Tropeiro Seleção e um ótimo torresminho para animar a feijoada

O resultado é que o produto tem grãos maiores e mais suculentos. Em embalagens de 500 gramas, o lançamento está disponível em Curitiba nos tipos preto e carioca e, na sequência, será levado para outras cidades e estados.

Drakkar Beer & Food promove jantar com nhoque da fortuna

27 junho, 2017 às 15:53  |  por Simone Meirelles
Drakkar Beer & Food (foto divulgação)

Drakkar Beer & Food (foto divulgação)

Diz a famosa simpatia que para se ter sorte nas finanças é bom comer um prato de nhoque no dia 29 do mês. Isso sem esquecer de colocar uma nota de dinheiro debaixo do prato e mentalizar o pedido a ser realizado. Para celebrar essa lenda, que tem origem na Itália do século IV, o Drakkar Beer & Food realiza, a partir das 18h até às 23h30, nos dias 29 e 30 de junho e 1º de julho, uma harmonização exclusiva de nhoque de batata ao ragu de linguiça artesanal. O preparo terá acompanhamento de um pint da cerveja artesanal Hey Hop, fabricada pela Cervejaria Fortuna, de Colombo-PR.  O preço da harmonização é de R$ 35 por pessoa.

Nhoque vai ser o prato principal (foto divulgação)

Nhoque vai ser o prato principal (foto ilustrativa/divulgação)

Sobre o Drakkar Beer & Food

Inaugurado em 2017 com a proposta de proporcionar experiências gustativas, sensoriais e culturais, o Drakkar Beer & Food é um novo espaço para apreciadores de cerveja artesanal, gastronomia, blues e rock´n roll. Localizado no bairro do Rebouças, em Curitiba, o gastrobar se destaca com pratos completos, hambúrgueres, petiscos e sobremesas, chopes artesanais, cervejas especiais nacionais e importadas e bebidas destiladas. Na parte de entretenimento e cultura, o Drakkar traz apresentações, shows musicais e exposições.

Cardápio de cervejas do Drakkar (foto divulgação)

Cardápio de cervejas do Drakkar (foto divulgação)

Serviço

Nhoque da Fortuna

Local: Drakkar Beer & Food  - Rua Chile, 2067, Rebouças, Curitiba-PR

Data/horário: dias 29 e 30 de junho e 1º de julho, a partir das 18 horas até às 23h30; R$35 por pessoa.

Reservas pelo telefone: 41- 99144-9800

Papôla serve almoço vegano toda sexta-feira

27 junho, 2017 às 14:43  |  por Simone Meirelles
Almoço do Papôla (foto Eduarda Camargo/divulgação)

Almoço do Papôla (foto Eduarda Camargo/divulgação)

O público vegano de Curitiba ganhou uma opção saudável e saborosa de almoço. Todas as sextas-feiras, o Papôla Bistrô, localizado no Juvevê, serve uma sugestão de prato que não leva proteína animal e seus derivados.

A cada semana, uma criação diferente. Entre as opções elaboradas estão: creme de abóbora condimentada, grão de bico tostado com masala, batatas gratinadas, folhas, vegetais e almôndegas de quinoa; Buddha bowl com arroz integral, feijão branco salteado, vegetais assados, almôndega de quinoa em molho asiático; nhoque salteado servido com purê de abóbora condimentada, nozes, ervilhas e chips de abobrinha; risoto de cogumelos e espinafre. O preço varia de R$24,90 a R$29,90.

A ideia de fazer a sexta-feira vegana no restaurante foi da designer Eduarda Camargo, uma das sócias, que já foi adepta ao estilo de vida. Os pratos, como tudo no restaurante, são idealizados criteriosamente por ela e pela mãe, Ariadne Loureiro – que está à frente da cozinha. “Nós queremos fortalecer o vegetarianismo e o veganismo. Essa é uma causa muito defendida por mim e quero propagar isso e mostrar que o Papôla é um lugar empático para todos conviverem e aproveitarem uma refeição saborosa em harmonia”, conta Duda, como é carinhosamente chamada.

Durante a semana – De terça a quinta, o bistrô tem uma sugestão de prato do dia para o almoço, que varia conforme a semana, pelo valor de R$24,90. O que é fixo é o prato das quartas-feiras, que é uma “Feijoadinha”, composta por feijão temperado com carnes nobres, arroz, farofa, couve refogada e salada de folhas – super leve e saudável.

Quem preferir, o cardápio habitual da casa, composto por Tostas, omeletes, massas (inclusive com opção sem glúten) e bolos, está disponível durante todo o dia.

Sobre o Papôla

Idealizado pelas designers Ariadne Loureiro e Eduarda Camargo, mãe e filha, o Papôla Bistrô tem no cardápio com sugestões para lanches rápidos, almoço e café da tarde. Tudo é criação da casa: entre as comidinhas, opções veganas e vegetarianas; sanduíches gratinados e tostas montados nos deliciosos pães de fermentação natural, com sabores de únicos (a Peregrino é feita com lascas de provolone desidratado, cream cheese, copa, cebola caramelizada e castanhas); caldos, massas, saladas, omeletes e crepiocas com recheios variados, além dos salgados, doces e bolos, que são feitos no dia, fresquinhos e que combinam bem com os cafés que vêm direto do produtor, sob curadoria dos especialistas no assunto do Moka Clube. Nos sábados, o brunch funciona das 10h às 15h, com um menu pra lá de delicioso, que inclui frutas da estação, ovos Benedict , gaspacho, pães, caldinho quente do dia, e para fechar, bolos e doces, acompanhados de um café ou chá quente (R$42 por pessoa).  Sobre o brunch, veja aqui. 

PAPÔLA Bistrô-café

Rua Barão dos Campos Gerais, 355, loja 38 – Juvevê

Horário de funcionamento: terça a sexta, das 10h30 às 19h; sábados, das 9h às 16h.

Telefone: (41) 3512-4904

Redes sociais: instagram.com/pap_ola

facebook.com/papolabistrocafe

Sopa Eslava é destaque no festival de sopas do Empório Kaminski

27 junho, 2017 às 13:33  |  por Simone Meirelles
Sopa Eslava do Empório Kaminski (foto Lucas Nocera/divulgação)

Sopa Eslava do Empório Kaminski (foto Lucas Nocera/divulgação)

O Festival de Sopas do Empório Kaminski é um sucesso. Com seis sabores rotativos diários, entre caldos, cremes e sopas, o público pode contar com o serviço todos os dias, das 18h às 21h. As sopas são servidas em dois tamanhos, sendo a porção inteira (450g), vendida a R$ 19,80 e meia porção (250g) a R$ 11,90.

Os acompanhamentos podem ser servidos à vontade durante o consumo no local, como o alho frito, bacon frito, cebola crocante, croutons, queijo parmesão ralado, cheiro verde e pimenta biquinho. Também é possível levar porções das sopas para viagem (750g), vendidas a R$ 27,35.

A Sopa Eslava é um dos destaques do Festival do Empório Kaminski, sendo um sabor disponível todos os dias no buffet do Festival. Ela é elaborada com batatas in natura e cortes nobres de alcatra e tomates frescos artesanais. A receita do Empório Kaminski, além de muito saborosa e nutritiva, tem baixos teores de gordura e sódio.  Os povos eslavos são conhecidos pela língua, costumes e história, mas também pela gastronomia. A Sopa Eslava é um dos pratos mais tradicionais da Polônia – e também ficou famosa por ser a preferida do Papa João Paulo II. É um prato forte, servido geralmente com o acompanhamento de pães.

Outras sopas do Empório Kaminski (foto Lucas Nocera)

Outras sopas do Empório Kaminski (foto Lucas Nocera)

Outros sabores rotativos são do Festival de Sopas Empório Kaminski 2017: Creme de Abóbora com Gengibre, Creme de Aipim com Carne Seca, Creme de Batata Salsa com Alho Poró, Creme de Ervilha, Sopa de Legumes, Sopa de Cebola, Caldinho de Feijão, Caldo de Capelleti e Canja.  Vale lembrar que o Festival acontece por enquanto apenas na unidade da Av. Sete de Setembro.

  SERVIÇO – Festival de Sopas 

Todos os dias, das 18h às 21h

Porção inteira (450g): R$ 19,80

Meia porção (250g): R$ 11,90

Porção para viagem (750g): R$ 27,35

Somente na sede da Avenida Sete de Setembro, 6355

Mesas por ordem de chegada.

Empório Kaminski 

Endereço 01 - Avenida Sete de Setembro, 6355, Seminário – Curitiba (PR)

Tel: (41) 3342-7371 – Estacionamento próprio e gratuito para 50 carros.

www.emporiokaminski.com.br

Facebook: @EmporioKaminski

McDonald’s lança sanduíche Caprese e McFritas 4 Queijos em cardápio de inverno

27 junho, 2017 às 12:22  |  por Simone Meirelles
Signature Caprese e McFritas 4 Queijos: lançamentos de inverno (fotos divulgação)

Signature Caprese e McFritas 4 Queijos: lançamentos de inverno (fotos divulgação)

Notícia para quem curte um bom fast food! A partir de hoje, 27 de junho, os consumidores do McDonald’s serão surpreendidos com várias novidades para animar o inverno. Para aqueles que são fãs da Linha Premium, vem aí mais um sanduíche da rede, o Signature Caprese, que vem acompanhado de McFritas 4 Queijos. E na plataforma de sobremesas, duas surpresas que vão agradar todos os paladares: McFlurry Kopenhagen Língua de Gato Trufado e Banana Split.

A Linha Signature completou um ano em março e já está em seu quinto lançamento, com o novo Signature Caprese. O sanduíche é composto por um pão tipo brioche, hambúrguer, queijo, alface crespa, tomate grelhado na chapa, além do novo molho creamy pesto. A chegada reforça a aposta da rede em uma opção mais artesanal e na consolidação da plataforma premium no menu.

Kopenhagen Língua de Gato Trufado

Kopenhagen Língua de Gato Trufado

Por serem acompanhamento das McOfertas as batatinhas são o carro chefe da rede e, desta vez, também ganham um grande apoio com a chegada das McFritas 4 Queijos. A novidade é regada de molho à base de quatro queijos e cobertas com queijo parmesão ralado.

Para incrementar a plataforma de sobremesas geladas, a rede retoma a venda de uma das responsáveis pelo aumento do faturamento do McDonald’s na linha premium, o McFlurry Língua de Gato Trufado. Resultado de uma parceria com a Kopenhagen, iniciada em 2013, a volta do McFlurry endossa a assertividade das parcerias co-branded que tem crescido a cada ano.

Torta Banana Split

Torta Banana Split

Por último, mas não menos importante, a rede resgata um clássico dos anos 80 para as famílias compartilharem a Torta Banana Split, composta por duas mini tortas de banana, três porções do mix de baunilha com as exclusivas caldas de chocolate, caramelo e morango, farofa de paçoca e finalizando dois canudos wafer. A campanha será inspirada nos Minions, que são fãs de banana e personagens do novo filme “Meu malvado favorito 3”, que também serão as novas opções de brinquedos no McLanche Feliz.

Brasileira assume presidência da Associação Internacional de Enoturismo

27 junho, 2017 às 11:38  |  por Simone Meirelles
Ivane Fávero (Crédito: Alexandra Ungaratto)

Ivane Fávero (Crédito: Alexandra Ungaratto)

Os destinos do chamado turismo do vinho das principais regiões do mundo serão conduzidos por uma brasileira. A mestre em turismo Ivane Fávero foi eleita presidente da Associação Internacional de Enoturismo (Aenotur) e, nos próximos dois anos, estará à frente da entidade como representante do Instituto Brasileiro do Vinho (Ibravin), ao lado de uma diretoria com membros de países como França, Argentina, Espanha, Uruguai Portugal e Itália. A confirmação ocorreu na última sexta-feira (23), durante o Congresso Europeu de Enoturismo e Assembleia da Aenotur, realizados em Torgiano, na região de Umbria, na Itália.

A ex-secretária de turismo de Bento Gonçalves e Garibaldi ocupava a vice-presidência para a América Latina da entidade e passa a desempenhar o mais alto cargo do enoturismo mundial. “Temos um longo trabalho pela frente no sentido de provermos em conjunto todos os destinos enoturísticos. O objetivo principal da criação da Aenotur é termos uma plataforma única para divulgar esses destinos e o Brasil está inserido neste contexto”, adianta Ivane.

Para o diretor de Relações Institucionais do Ibravin, Carlos Paviani, a eleição de Ivane no cargo de presidente da Aenotur deverá alavancar ainda mais a atividade no Brasil. De acordo com o último Censo Vinícola realizado no país, cerca de 30% das vinícolas tem projetos relacionados ao turismo de experiência.

A nova diretoria da Aenotur é formada pelo presidente da Rede Europeia de Cidades do Vinho (Recevin), José Calixto, na vice-presidência, e pelo representante da Associação dos Municípios Portugueses do Vinho (AMPV), Jose Arruda, como secretário geral. Também integram a diretoria as prefeitas das cidades espanholas de Alcázar de San Juan e Cambados, Rosa Melchor e Fátima Abal, respectivamente, o presidente da Iter Vitis France – ONG dedicada ao desenvolvimento do enoturismo na Europa –, Pierre Verdier, o prefeito da cidade portuguesa de Viana do Castelo, José Maria Costa, e o presidente de honra da Città Del Vino – organização que representa as cidades do vinho da Itália –, Paolo Benvenutti. Gonzalo Merino, dirigente da Bodegas Argentinas, e Wilson Torres Chavez, presidente da Associação de Turismo Enológico do Uruguai, representam a América Latina na Aenotur.

 

 

Eat & Fit ensina a fazer arroz doce funcional

27 junho, 2017 às 10:30  |  por Simone Meirelles
Embalagem Eat & Fit (foto SM)

Embalagem Eat & Fit (foto SM)

 É época de Festa Junina e a tradição manda muitas delícias gastronômicas, danças e alegria em volta da fogueira. Algumas gostosuras até não são tão calóricas como milho e amendoim ou melhor, existem até versões fit já da Gastronomia Junina. E é claro que a Eat&Fit não iria ficar de fora do “arraiá” fit.

Existem algumas variáveis na gastronomia que podem deixar a Festa Junina Fit tão saborosa quanto a tradicional. O que poucos sabem é que alguns elementos quando usados fazem muita diferença nas calorias e não perdem o sabor. Exemplo é o Arroz Doce Fit da empresa que inclusive entrou nos cardápios fixos de dieta do mês. “Tentamos sempre trazer a alimentação balanceada de nossos clientes para o mais saudável e mais próximo de uma alimentação normal. Afinal não adianta fazer loucura por um tempo e não conseguir levar adiante”, explica Diego Bergamini, sócio fundador da Eat&Fit. O arroz doce Eta & Fit fica bem saboroso.

Outro aliado que está muito presente nas festas juninas é a canela, condimento extremamente antigo de uso milenar e que tem uso versátil. Ela tem propriedades anti bactericidas inclusive, aumentando o prazo de validade dos alimentos. O paladar do brasileiro com a canela pende mais para o doce: arroz doce, café, chocolate quente, tortas e frutas, por exemplo.

A Eat&Fit sempre busca nas tradições trazer alegria e prazer na alimentação saudável que entrega aos clientes.

Caso alguém queira se arriscar na cozinha, a Eat&Fit conta a receita que faz muito sucesso na casa: o Arroz Doce Funcional.

Ingredientes

• 2 xícaras de chá de arroz integral agulhinha

• 750ml de leite desnatado quente

• 3 xícaras (chá) de água, suficiente para cobrir o arroz

• 4 colheres (sopa) de manteiga

• 4 colheres (sopa) de açúcar demerara

• Canela em pó a gosto

• 1 colher de pasta de amendoim

Modo de preparo

Lave bem o arroz integral e leve ao fogo com sal e água suficiente para cobri-lo. Deixe cozinhar sem mexer. Quando estiver quase cozido, acrescente o leite, o açúcar e a manteiga. Deixe cozinhando e mexa com cuidado até aparecer o fundo da panela. Para finalizar, colocar uma colher de pasta de amendoim fit.

Sobre os programas - Quem estiver interessado em fazer dieta personalizada, basta entrar em contato pelo telefone: (41) 3015-0803 ou pelo email (contato@eatandfit.com.br). Assim que a empresa recebe a dieta, busca entender a necessidade do cliente e quais refeições desejadas. A Eat&FIT faz um orçamento do plano alimentar. Tudo acertado, o cliente começa a receber diariamente as refeições fresquinhas onde for mais conveniente. A pessoa paga pelo pacote que adquirir (quantidade de dias que escolher). O valor médio, ao adquirir todas as refeições – seis por dia -, gira em torno de R$12,00 por refeição. Os alimentos vêm todos frescos, acondicionados em embalagens próprias para geladeira, micro-ondas e freezer. As entregas são diárias, entre 11h e 13h e podem incluir todas as refeições desejadas pelo cliente: café da manhã, lanche da manhã, almoço, lanche da tarde, jantar e ceia.

Há também a parceria com os aplicativos de venda express IFood, Pedidos Já e AiQFome. Basta entrar no site ou pelo aplicativo do celular e escolher as porções que, no cardápio, são divididas em carboidratos, proteínas, legumes, saladas, snacks e natural drinks e custam a partir de R$ 4,00. Assim o cliente pode montar seu prato, de acordo com o apetite enecessidade diária, criando um cardápio para almoço, lanche e jantar, por exemplo. Dessa forma, é possível comer uma refeição gostosa, customizada, com a praticidade do pedido online e sem fugir da dieta.

Eat & FIT

(41) 3015-0803

Rua João Negrão, 2046, Curitiba (PR)

contato@eatandfit.com.br

www.eatandfit.com.br

www.facebook.com/eatandfitoficial

@eatandfit_oficial (Instagram)

 

Gastronomia e fotos no Centro Europeu

26 junho, 2017 às 18:01  |  por Simone Meirelles

 

Causa Relena na minha foto

Causa Rellena na minha foto

A escola de gastronomia do Centro Europeu promoveu um evento especial para blogueiros e digital influencers. Na pauta, uma aula de gastronomia, com direito a dicas profissionais de fotos no final. À frente da ação, o chef de cozinha Washington Silveira e a fotógrafa Tânia Buchmann, supervisora do curso de fotografia da escola. Tudo de um jeito divertido e informal.

Meu momento chef! (foto Tatiana Nasser)

Meu momento chef! (foto Tatiana Nasser)

A receita escolhida foi a peruana Causa Rellena. O prato, que leva batatas e siri, é difundido em diversos países latino americanos. Uma das versões mais conhecidas da origem do prato é de que teria surgido no século XIX, durante a guerra do Peru com o Chile. “Pela causa”, a população peruana se mobilizou para criar e comercializar um prato com ingredientes abundantes no país. O resultado é muito saboroso!

Chef Washington dá as instruções

Chef Washington dá as instruções

Eu coloquei a mão na massa e tratei de aprender a receita. Está aqui, confira e faça você também:

Causa Rellena

Para a Causa:

400g de batata asterix (pode incluir uma parte em batatas roxas, para dar cor ao prato)

1 limão tahiti

1 pimenta dedo de moça (coloque a gosto)

sal a gosto

Para o Siri

200g de siri catado

80g de cebola cortada em brunoise

15g de pasta de alho e gengibre (é só bater óleo de cozinha, alho e gengibre no liquidificador)

1 pimenta dedo de moça ( coloque a gosto)

1/4 de zester de limão siciliano

50g de maionese

1 abacate do tipo Avocado

sal a gosto

Decoração

Cebola no vinho e brotos da estação.

Eu, colocando a mão na massa para refogar o siri (foto Tatiana Nasser)

Eu, colocando a mão na massa para refogar o siri (foto Tatiana Nasser)

Modo de preparo

Cozinhar as batatas com casca até ficarem em ponto de purê. Fazer um purê com as batatas ainda quentes e temperar com a pimenta, o limão e o sal. Misturar tudo com as mãos até atingir uma massa homogênea. Reserve.

Para o siri, refogue a cebola, a pimenta e o zester de limão. Junte a pasta de gengibre e alho. Apure. Acrescente o siri e tempere com sal. Quando o siri esfriar, junte a maionese até atingir um ponto cremoso. Ajuste o sal.

Amasse o avocado, acrescente gotas de limão, sal e azeite de oliva. Reserve.

O chef na hora da montagem

O chef na hora da montagem

Montagem

Utilizando um aro de 8 cm, inicie colocando um pouco do purê de batatas. No Centro Europeu utilizamos batatas de duas cores, a asterix e uma roxa, que deu uma cor ao prato Acrescente um pouco do siri e o avocado e finalize acrescentando um pouco mais de purê de batata. Decore. No Centro Europeu utilizamos cebolas passadas no vinho tinto, ovas de capelin e brotos diversos.

Este fui eu que montei!

Este fui eu que montei!

Restaurante Nayme comemora um ano de pura gastronomia árabe

26 junho, 2017 às 17:15  |  por Simone Meirelles
Fachada do Nayme (foto Priscilla Fiedler)

Fachada do Nayme (foto Priscilla Fiedler)

Em apenas um ano completado agora em junho, o Nayme já é considerado um dos melhores restaurantes especializados em cozinha árabe e libanesa na cidade.  Com a proposta de fazer jus à autenticidade da gastronomia árabe, o estabelecimento apresenta um extenso menu de sugestões que variam desde pratos tradicionais da culinária às receitas de família pouco conhecidas. “O Nayme é um endereço assertivo para vivenciar a cultura árabe em todas as suas vertentes”, explica Yasmin Zippin Nasser, proprietária e responsável pela cozinha do restaurante.

Aconchegante, o Nayme festeja as tradições em cada detalhe do ambiente. O salão destaca iluminação à meia luz e objetos de decoração vintage, que mantém a memória da matriarca, a libanesa Nayme – uma cozinheira exemplar – avó de Yasmin.

O cardápio

 De terça a domingo, no almoço ou no jantar, o Nayme celebra a tradição dos encontros à mesa, em torno de banquetes que enaltecem a fartura.  Inspirado nas mesas fartas, elaboradas por sua avó, Yasmin trouxe para o restaurante uma seleção da culinária absorvida na cozinha de casa, pautada por mais de 30 opções que enaltecem os aromas de temperos, ervas e especiarias.

O Quibbe Labanye – mini quibes recheados com carne, nozes, amêndoas e cozidos em coalhada temperada com alho dourado na manteiga, hortelã e especiarias secretas, é um deleite para o paladar!  O Burj  - torre de sabores e temperos em camadas intercaladas de tabule, carne refogada com nozes, amêndoas e castanhas finalizada com coalhada e cebolas crocantes, é outra das receitas exclusivas do restaurante.

Serviço:

Restaurante Nayme

Endereço: Avenida Vicente Machado, 1482 – Batel.

Atendimento: de terça a sábado, das 12h à 15h30 e das 19h às 23h. Aos domingos das 12h às 15h30.

Capacidade da casa: 60 lugares

Telefone para informações e reservas: 41. 3308-1882.