BRANDADE DE BACALHAU “NA MINHA COZINHA MANDO EU”.

12 dezembro, 2016 às 12:32  |  por Elaine de Lemos
Brandade de Bacalhau

Brandade de Bacalhau

Qual cozinheiro diletante nunca se deparou, entre pré preparos e cocções, com a amigável participação dos comensais sob a forma de sugestões, palpites,etc.  O famoso: eu se fosse você… Ou então: por que você não coloca os tomates no forno, seca, tira a pele e a semente, acrescenta tomilho, orégano, deixa uma hora e depois centrifuga?

A verdade é que na cozinha (mesmo na versão lúdica) existe um momento onde a atividade tem que passar a ter um só cacique, no caso o dono da casa, ou a pessoa que passou o cartão na hora das compras, enfim: o dono da bola, da trave e do campinho.

E quando o palpite procede? O que fazer quando a sugestão é boa?  Meu “causo” mais clássico foi quando, pela segunda vez na vida, estava fazendo a tal Brandade de Bacalhau e a amiga incauta me avisou: chega de creme de leite! Depois disso , só lembro de enxergar tudo preto, a raiva tomou conta. O pior é que ela tinha razão, mas sabe como é, pessoas morreram por muito menos que isso…

De lá para cá, fiquei mais velha, mais experiente e menos sujeita a ataques de fúria. Há um bom tempo, sempre que troco serviços gastronômicos por $, o chef Ruy Machado Filho está na escalação como atacante. Esta colaboração tem sido um privilégio e, acima de tudo, um grande aprendizado. Por conta dele mudei o mantra “mando eu ” para “manda quem  sabe, obedece quem quer aprender”.

Ruy Machado Filho

Ruy Machado Filho

No episódio de hoje amiguinhos, vou ensinar a minha receita de Brandade de Bacalhau. Não a certa, não a francesa, não a do Bourdain.  A minha.

VOCÊ VAI PRECISAR DE:

1,5 kg de batatas asterix (a rosa);

1,5 kg do melhor bacalhau que você puder adquirir. Sim, é para desfiar, mas do meio lombo para o ” tipo bacalhau” são léguas em qualidade;

2 cebolas grandes micropicadas;

Tomilho e sávia frescos picados, noz moscada e pimenta do reino (ao gosto do freguês);

2 dentes de alho esmagadaos (depois você pesca lá dentro);

150 gr de manteiga sem sal;

1 pote e meio grandes  de creme de mesa fresco (gosto não se discute);

COMO FAZER:

Refogue a cebola com o alho, na manteiga e um pouco de azeite, pesque o alho (já deu);

Acrescente o bacalhau desfiado, a batata em purê, o creme de mesa, corrija a pimenta, o sal e noz moscada;

Coloque em potinhos refratários, cubra com farinha de rosca e (disparo final do colesterol) pedacinhos de manteiga,leve ao forno, de preferência com gratinador por cima , doure e seja feliz!

Serve 14 amigos sem intolerância à lactose como entrada ou 6 pratos principais .

P.S.: Este texto é dedicado às amigas  Jaqueline Carvalho, que por uma brandade quase morreu assassinada, Cristiane Mocellin, quem primeiro encomendou a brandade para mim, e à Daniela Garcia, grande companheira dentro e fora da cozinha!

0 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>