Talvez eu esteja falando sozinho com a pessoa errada.

12 julho, 2017 às 19:20  |  por Willian Mac-Cormick Maron

Talvez eu esteja falando sozinho com a pessoa errada.

Talvez todos estejamos.
Talvez no final se descubra que só se fala às paredes mas, que dentre as mesmas, há ouvidos.

Lacan, no inicio dos anos 1970, no Hospital Sainte-Anne, ao articular sua fala aos alunos e à própria estrutura do hospital diz que “a parede (le mur) sempre pode servir de espelho (miroir, ou como Lacan brinca, “muroir”)”.

Quando se fala às paredes, elas nos respondem pelo eco.
As paredes reproduzem um eco de nós mesmos.

Olhem as paredes, olhem os muros.
Sempre há um Outro, cá ou lá.
Cuidado com o que falamos ás paredes, elas têm ouvidos.

0 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>