Vinhedos da Califórnia

21 março, 2016 às 19:28  |  por Elton Silveira

VINHEDOS DA CALIFÓRNIA

 2

O Estado da Califórnia, nos EUA, é responsável por algo em torno de 90% da produção vinícola do país, não é à toa que a região é festejada como uma das mais prestigiadas produtoras de bons vinhos no mundo.

3

Conforme a CWI – California Wine Institute, os EUA estão no quarto lugar como produtores de vinho, perdendo apenas para França, Itália e Espanha.

4

O que faz isso acontecer?

Diversos fatores, dentre os quais o clima seco californiano, somado à um interesse do Estado e da iniciativa privada em investir neste segmento vinícola, bem como uma economia aquecida e que não fez muito esforço para abraçar este hábito milenar de consumir vinhos.

Diversos filmes foram feitos fazendo alusão ao vinho e hábitos da região californiana. Dentre os quais: Sideways (2004) e Bottle Shock (2008), tais filmes, a exemplo de outros filmes famosos, mas com outros apelos, transformaram a Califórnia num roteiro de enologia, pessoas do mundo todo viajam para conhecer os lugares e vinícolas mostradas nas películas.
5
Os vinhos produzidos na Califórnia possuem graduação alcoólica entre 10 e 13 graus, são vinhos de mesa, espumantes ou de sobremesa (doces).

O Chardonnay é o tipo mais popular deles, sendo 19% das vendas.

Vinhos brancos bem consumidos por lá também são os sauvignon blanc, pinot gris, moscatel, viognier, riesling,  gewürztraminer e os mais típicos da Califórnia, o zinfandel.

Diversos tintos de ótima qualidade ali são produzidos, como: cabernet sauvignon, syrah, petite sirah, pinot noir, zinfandel, grenache, tempranillo, malbec, merlot, sangiovese e cabernet franc.

Em Santa Barbara dizem, são produzidos os melhores Chardonnays.

 

Entendendo os rótulos do vinhos na Califórnia:

 6

O rótulo de um vinho tem a função de identificar a origem geográfica de onde a uva foi cultivada. Isso significa denominação de origem (Appellation of Origin, em inglês) este rótulo é como um selo, que determina que seus produtos seguem regras de controle específicas e controladas para cada região.

O fator complicador está na variedade de denominações. Cada região vinícola está subdividida em microregiões que produzem diferentes variedades de uvas. Napa . a mais famosa região produtora de vinhos da Califórnia possui várias denominações e reparte com Sonoma a fama dos vinhos de Carneros.

a Região de Sonoma possui 12 importantes appellations (denominações), sendo as mais conhecidas as de Alexander Valley (cabernet sauvignon e sauvignon blanc), Carneros (chardonnay e pinot noir), Dry Creek Valley (zinfandel, cabernet sauvignon e rhone), Russian River Valley (chardonnay e espumantes), Sonoma Coast e Sonoma Valley.

Em San Luis Obispo, há a denominação Paso Roble, esta é a cidade sede de grandes produtores de zinfandel.

Para usar o nome de uma região no rótulo é preciso que 75% das uvas usadas na fabricação do vinho sejam da área declarada. Se o rótulo contém a sigla A.V.A (American Viticultural Areas), pelo menos 85% das uvas têm de ter aquela origem.

 

Vinhos produzidos na Califórnia e suas características:

Chardonnay - branco, seco, frutado e com bom equilíbrio de acidez e textura. Harmoniza com frango, frutos do mar caldos.

6B
Sauvignon blanc - branco, seco e aromático, cítrico. Harmoniza com peixes e frangos.

7

Zinfandel - fresco e frutado, pode ser branco ou tinto. O branco é adocicado e o tinto, mais seco.  Este hamoniza com carnes vermelhas e aquele com peixes em especial.

8

Pinot gris/ pinot grigio - branco,  frutado. Harmoniza massas, peixese frango.

9

Viognier - branco, seco, floral. harmoniza carnes brancas.

10

Riesling - branco, floral e frutado. Pode partir do seco ao muito doce.
11

 

Moscatel - branco, doce, aromático e comumente usado como vinho de sobremesa.
 12

Gewürztraminer - branco, picante e aromático. Vai do seco ao doce.

13

Cabernet sauvignon - Tinto, encorpado, tânico. Segunda variedade de uva mais cultivada da Califórnia, depois da chardonnay.

14

 

Pinot noir - encorpado e picante, macio, com coloração menos intensa do que a maioria dos tintos. Harmoniza bem com peru, porco e massas.

14B

 

Syrah/Shiraz - tinto, apimentado quando a uva é cultivada em regiões quentes e frutado, quando em zonas frias. Comumente misturada à grenaches. Acompanha bem carnes de sabor forte.
15

 

Merlot - próximo do cabernet sauvignon, mas menos tânico, mais leve.
16

 

Grenache - tinto levemente doce. Harmoniza carnes de sabor picante. Essa variedade de uva é a base de muitos vinhos rose.
17

 

Tempranillo - tinto, ácido e encorpado. Uva é largamente cultivada da região de Rioja, Espanha.
18

 

Malbec - tinto de cor intensa e tânico. Bom com carnes.
19

 

Petite Sirah - tinto de vermelho intenso e tânico. Bastante usado para dar peso ao zinfandel.

20

 

Cabernet Franc - tinto de cor mais leve e menos tânico do que o cabernet sauvignon.
21

 

Sangiovese - tinto, seco e com notas de cereja. É a uva dominante da Toscana, na Itália.

22

 

Onde devemos visitar?

Santa Barbara já foi citada, aos amantes do Chardonnay, mas há outras regiões, cada uma com seu micro clima típico, que devem ser incluídas no programa., são elas: Sonoma, Napa, Amador, San Luis Obispo (parada de pernoite sugerida para os que viajam de carro entre Los Angeles e San Francisco), Lake e Monterrey.

São bem mais que uma rota vinícola, são cidades bem estruturadas e com atrativos diversos que incluem, compras, gastronomia, sol e praia e paisagens encantadoras.

As degustações nas vinícolas custam entre U$10 a U$20 e inclui umas cinco variedades de uva, podendo variar, o preço é bastante razoável, dado à qualidade do produto, e entendendo-se que num bom restaurante pagaria mais que isso por uma taça de vinho.

Existem tours que podem ser adquiridos para a maioria das vinícolas, estes a partir de Los Angeles ou de San Francisco, ou mesmo das cidades base, como Santa Barbara, são tour que variam desde generalistas até educativos ou especializados para grupos de coneusseurs. Isto se faz entre 10 e 17h, período que as vinícolas permanecem abertas a visitas.

Sonoma tem a opção de fazer balonismo sobre a região, um olhar ampliado sobre a região e sua exuberância. Bem como praticar o ciclismo em Napa, a região possui locais com fontes de águas termais.

23

A sugestão é o Culinary Institute  of America, com seu maravilhoso restaurante.

24

 

INFORMAÇÕES E SERVIÇO
Seguem abaixo alguns sites e indicações sobre a região e sua produção de vinhos.

Site de turismo da Califórnia - www.visitcalifornia.com

Site do país - www.usa.gov

Site de turismo do país - http://www.usa.gov/Citizen/Topics/Travel.shtml
Site do Instituto do vinho na Califórnia - www.discovercaliforniawine.com

Consulados do Brasil na Califórnia - Há duas representações consulares do Brasil na Califórnia. Ficam nas cidades de San Francisco, ao Norte do Estado, e de Los Angeles, ao Sul. As regiões vinícolas de Sonoma, Napa, Mendocino, Clear Lake, Santa Cruz, Monterey e Amador estão sob a jurisdição do consulado de San Francisco. As de San Luis Obispo e Santa Barbara ficam mais próximas de Los Angeles.

Telefone local de emergência - 911 (para emergências médicas, incêndio e polícia)

Gorjetas - Entre 15% e 20% sobre o valor total gasto em restaurantes, bares e corridas de táxi ou de limousines. Normalmente, os clientes dão 16%, o dobro do valor do imposto cobrado pelo Estado da Califórnia, que é de 8,5% e que vem incluído nas notas fiscais de qualquer produto ou serviço. As gorjetas nos EUA não são obrigatórias, mas é praxe.

Correios - As agências de Correios funcionam de segunda a sexta, normalmente, das 9h às 17h. Algumas abrem aos sábados ou aos domingos, em horários variados. Endereços e horários de funcionamento estão disponíveis no site www.switchboard.com/usps.1355/dir/6_0/index.htm?mem=1355.

Lei que regula uso de bebida alcoólica - É proibido ingerir bebida alcoólica nas ruas e nos carros. Só transportem suas bebidas alcoólicas nas ruas se estiverem lacradas ou dentro de sacolar de mercado.

Dirigir alcoolizado na Califórnia leva resulta em prisão de quatro dias a seis meses, suspensão da carteira de motorista e multa de U$ 390 a U$ 1000. Turistas flagrados bêbados enquanto dirigem podem perder o direito de obter visto de entrada nos Estados Unidos. site  http://dui.drivinglaws.org/california.php (em inglês).

Voltagem e tomadas - Na Califórnia, a voltagem mais comum é de 110 volts, mas há hotéis e pousadas que usam também a de 220 volts. As tomadas têm dois pinos planos – um mais largo e outro mais estreito.

Elton Silveira. M.Sc.  – diretor da B4 Travel agência de viagem

0 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>