Gleisi critica Moro por auxílio-moradia. Pergunto: Que moral ela tem?

2 fevereiro, 2018 às 21:35  |  por José Pedriali

A president@ nacional do PT, Gleisi Hoffmann, perdeu hoje (mais) uma grande oportunidade de ficar de boca fechada. Entrou na polêmica criada pela informação e que o juiz Sergio Moro recebe auxílio-moradia apesar de ser proprietário de um apartamento em Curitiba, e se deu mal.

Em primeiro lugar, necessário é dirigir a Gleisi a mesma imprecação que fez a seus colegas de Senado durante o processo de impeachment de Dilma: “Que moral vocês têm para julgar uma presidenta honesta?”. Deixando a de lado a honestidade altamente questionável atribuída por ela a Dilma, que moral uma ré por corrupção e defensora intransigente de Lula, líder da maior quadrilha de que se tem notícia, tem para julgar um juiz honesto? Que moral ela, que se beneficiou do dinheiro desviado dos servidores federais pelo companheiro conjugal Paulo Bernardo tem para criticar um juiz honesto?
Considero imoral (embora seja legal) que um juiz tenha direito a auxílio-moradia. Da mesma forma, considero imoral que um parlamentar tenha o mesmo benefício ou a um apartamento funcional em Brasília.
Em sua conta no Twitter, Gleisi disparou, para rebater a afirmação de Moro de que o auxílio-moradia compensa a falta de reajuste aos juízes desde 2014:

 1a
Vamos por partes, segundo a Lei Jack, o Estripador:
- “O salário mínimo não teve reajuste”. Mais uma mentira petista: teve sim, embora pequeno: de R$ 937 para R$ 954. Por quê? Por causa do rombo fiscal deixado pela petista Dilma Rousseff.
- “Grande parte das pessoas está desempregada”. De fato, e a causa disso foi o governo desastroso da ‘honesta” Dilma.
(Moro, portanto, não tem nada a ver com o descalabro econômico legado por Dilma; Gleisi sim: participou de seu governo e compôs a tropa de choque que tentou impedir seu afastamento, que considera um “golpe”.)
- “O senhor ganha mais de 30 mil”. Ué, se isso é um escárnio aos desempregados, como sugere, Gleisi também participa desse ato, pois seu salário também é superior a R$ 30 mil. E os penduricalhos a que tem direito são muito mais vultosos que os de um juiz. Além do mais, ela, apesar do seu salário superior a R$ 30 mil, usa um apartamento funcional em Brasília…

Que vergonha de argumento, Gleisi!

Voltando ao início: Gleisi perdeu hoje (mais) uma grande oportunidade de ficar calada…

1 Comentários

Uma ideia sobre “Gleisi critica Moro por auxílio-moradia. Pergunto: Que moral ela tem?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>