O novo membro da Confraria da Tornozeleira: Boca Aberta

1 fevereiro, 2018 às 19:47  |  por José Pedriali
Cassado no ano passado, o vereador mais votado da história de Londrina Emerson Petriv, vulgo Boca Aberta (Escancarada seria mais adequado ao seu perfil), viu chegado o momento da vendeta contra seus dois principais algozes. Os ex-colegas Mario Takahashi, presidente do Legislativo, e Rony Alves foram obrigados a usar tornozeleira eletrônica. Motivo: o Gaeco os acusa de integrarem uma organização criminosa que modificava a Lei de Zoneamento em troca de propina.
A quadrilha – mais nove pessoas foram apontadas como integrantes – foi denunciada no dia 24 e nesse mesmo dia obrigada a se dirigir ao Creslon (Centro de Reabilitação Social de Londrina) para vestir a tornozeleira eletrônica.
Petriv escancarou a bocarra: zombou dos algozes e filmou tudo – bem pertinho deles.
O problema é que a Justiça o havia proibido de se aproximar de ambos depois que, no dia seguinte à cassação, ameaçou matar Takahashi – ameaça feita ao vivo diante das câmeras de tevê. Se violasse a determinação, cadeia!
Acionado pelo Ministério Público, que pediu a prisão de Petriv, o juiz da 5ª Vara Criminal, Paulo César Roldão, agiu como Salomão: aplicou uma pena dura a Boca Aberta – o uso da tornozeleira eletrônica, assim como seus algozes, dos quais debochou. A prisão seria, na visão do magistrado, um despropósito, já que o crime que Petriv praticou (desobediência a determinação judicial) é bem menos grave do que o atribuído a Takahashi e Alves, penalizados com a tornozeleira.
E assim se fez Justiça. Aplausos ao juiz!
O jornalista Fábio Silveira, no entanto, faz uma sábia ponderação: não seria mais útil à sociedade e mais duro ao falastrão se ele fosse obrigado a usar esparadrapo?
Já há os que acham que o ideal seria uma focinheira…
0 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>