Gilberto Carvalho é chamado de ‘ladrão’ ao visitar Lula em hotel

15 abril, 2016 às 11:50  |  por Karlos Kohlbach

Folha de São Paulo

O ex-ministro petista Gilberto Carvalho foi hostilizado por manifestantes na manhã desta sexta-feira (15) ao chegar ao hotel Royal Tulip, em Brasília, para encontrar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que está hospedado no local.

Carvalho chegou ao hotel no mesmo horário em que um grupo de cerca de dez manifestantes de Curitiba e São Paulo, dos movimentos Mais Brasil Eu Acredito e nasruas, também chegava, mas para se hospedar no local. Foi, então, abordado por eles na entrada.

“Tem orgulho dos seus companheiros presos?”, questiona uma manifestante. Carvalho responde: “Não, eu tenho orgulho de não ser ladrão e de que a imensa maioria dos nossos companheiros não são ladrões. Os que roubaram estão presos”.

Ao ser interrompido, Carvalho tenta encerrar a conversa dizendo respeitar a opinião deles. “Eu sou ladrão?”, pergunta. A manifestante responde: “O senhor é. E o senhor vai ser preso também”.

Leia reportagem completa. 

0 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>