Sine de Araucária supera 1.000 encaminhamentos de trabalhadores em outubro

8 novembro, 2017 às 14:05  |  por Mario Akira

Os dados da Agência do Trabalhador/Sine de Araucária apontam 1.036 encaminhamentos de trabalhadores para empresas contratantes só no mês de outubro de 2017. Em setembro já haviam sido realizados 667 desses encaminhamentos. Os números mostram o trabalho da Secretaria Municipal de Trabalho e Emprego (SMTE) visando aproximar o trabalhador da empresa contratante.

É importante lembrar que o Sine apenas encaminha o trabalhador que preenche os requisitos solicitados pela empresa interessada. A decisão sobre a contratação é exclusiva das empresas contratantes. Em setembro, a SMTE realizou 6.234 atendimentos sobre os mais variados assuntos de interesse do trabalhador. Em outubro, esse número saltou para 9.024.

 

 

Repar – Um dos motivos que justifica o aumento nas vagas disponíveis e nos encaminhamentos para as empresas são as obras na Repar. Para garantir maior transparência no processo de encaminhamento, a Prefeitura de Araucária e o Sindicato dos Trabalhadores nas Empresas de Montagem, Manutenção e Prestação de Serviços nas áreas industriais do Estado do Paraná (Sindimont) assinaram um acordo de cooperação para disponibilizar banco de dados de trabalhadores que buscam oportunidades de emprego. A intermediação de mão-de-obra especializada vai atender às necessidades de empresas terceirizadas da Refinaria Presidente Getúlio Vargas (Repar). Tanto as empresas quanto os representantes da Petrobras estão cientes da maneira como o processo está sendo conduzido.

Como parte desta cooperação, a Secretaria Municipal de Trabalho e Emprego (SMTE) designou funcionários para atendimento diretamente na sede do Sindimont agilizar esses encaminhamentos. Desta forma, as informações e cadastros relacionados às contratações para a obra o estão ocorrendo somente na sede do sindicato (que fica à rua Vital Brasil, 291, Estação. Telefone: 41-3031-8706). As cartas de encaminhamento dos candidatos são emitidas pelo Sine. É importante destacar que o trabalhador interessado em participar da seleção para essas vagas das empresas terceirizadas não precisa estar vinculado ao Sindimont.

Segundo a SMTE, a estimativa da Petrobras é de que a parada na Repar gere contratação de cerca de 1.200 trabalhadores terceirizados.

0 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>