Arquivos da categoria: Vale do Ribeira

Municípios do Vale do Ribeira receberão motoniveladoras

31 outubro, 2013 às 13:59  |  por Mario Akira

O Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA) realiza no próximo dia 9 de novembro, em Londrina, a entrega de máquinas motoniveladoras a 40 municípios do Norte Pioneiro, Sudoeste, Vale do Ribeira e Vale do Iguaçú, pelo PAC 2. O evento deve ocorrer no Parque de Exposições Ney Braga, e contará com a presença dos ministros do Desenvolvimento Agrário, Pepe Vargas, e da Casa Civil, Gleisi Hoffmann.

O deputado federal André Vargas, que acompanhou os passos para a liberação, lembra que o governo federal, além de priorizar as cidades em situação de emergência, também tem foco naqueles que compõem os chamados “territórios”, como Territórios da Cidadania, que terão 33 contemplados nesta relação, sendo 28 do Norte Pioneiro e cinco do Vale do Ribeira; e os municípios de Territórios Rurais, sendo quatro do Vale do Iguaçu.

Nesta etapa serão entregues somente motoniveladoras, mas André Vargas ressalta que todos os municípios brasileiros com até 50 mil habitantes vão receber do governo federal sem qualquer custo, uma motoniveladora, uma retroescavadeira e um caminhão basculante.

Do Vale do Ribeira, recebem os equipamentos Adrianópolis, Bocaiúva do Sul, Cerro Azul, Doutor Ulysses e Tunas do Paraná.

Adrianópolis tem mais oportunidades de trabalho

11 setembro, 2013 às 08:35  |  por Mario Akira

O Paraná tem direcionado esforços para elevar o desenvolvimento e diminuir a pobreza no Norte da Região Metropolitana de Curitiba, onde se concentram os municípios do Vale do Ribeira. O Governo do Estado está em negociações com empresas do setor cimenteiro para atrair R$ 1 bilhão em investimentos à região e criar 10 mil empregos para os moradores de Bocaiúva do Sul, Rio Branco do Sul, Tunas do Paraná, Itaperuçu, Adrianópolis, Cerro Azul e Doutor Ulysses.

A Margem Mineração apostou e agora constroi uma fábrica de cimento em Adrianópolis, município com um dos menores Índices de Desenvolvimento Humano (IDH) do Estado.

Com a chegada da indústria, a população da cidade começa a colher os frutos. O jovem Rodgers Santos de Souza pode voltar para Adrianópolis, onde nasceu. Aos 17 anos, ele se mudou para Curitiba, pois não via perspectiva em Adrianópolis. “Se não tivesse essa fábrica, eu continuaria longe da família e de casa, tentando a vida sozinho”, afirma Rodgers, que é técnico em segurança do trabalho na obra. “Acho importante o Governo do Estado incentivar grandes empresas a se instalarem em cidades pequenas. Graças a isto, vemos o desenvolvimento do município”, diz ele.

O novo momento também é reconhecido pela assistente administrativa Adriane Souza Santos, que estava desempregada antes de a indústria chegar a Adrianópolis. “O movimento por aqui é outro: são novos restaurantes, casas pra alugar, pessoas reformando os estabelecimentos, até pessoas investindo em pousadas, em comércios”, conta ela.

Francisco Manuel da Silva trocou Pernambuco pelo Paraná. “Ouvi dizer que aqui tinha empregos e chances de crescer e não me enganei”, diz ele, que trabalha como carpinteiro no canteiro da Margem Cimentos.

O Paraná está preparado para todo este desenvolvimento com um plano de crescimento ordenado para a região. “Há uma grande preocupação do Governo do Estado em dar a retaguarda necessária para este crescimento que é a infraestrutura, a educação, do ensino fundamental ao ensino superior, a saúde e a moradia”, diz o presidente do Instituto Paranaense de Desenvolvimento Econômico e Social (Ipardes), o economista Gilmar Mendes Loureiro.

Além da Margem Cimentos, o Governo do Estado está em negociações adiantadas com mais três empresas do mesmo setor, como a chinesa Citic HIC (Heavy Industries Corporation). A empresa poderá abrir uma fábrica para produzir peças e equipamentos para a indústria cimenteira, em parceria com a brasileira CVR.

Já a Votorantim está investindo R$ 625 milhões na ampliação da fábrica de Rio Branco Sul. Depois de concluída, a fábrica será a maior produtora de cimento do Brasil.

Moradores do Vale do Ribeira preparam manifestação

15 julho, 2013 às 14:18  |  por Mario Akira

Moradores do Vale do Ribeira preparam para esta terça-feira (16) uma manifestação para cobrar a duplicação da Rodovia dos Minérios, um dos acessos aos municípios de Rio Branco do Sul, Itaperuçu, Cerro Azul, Doutor Ulisses e Almirante Tamandaré. A manifestação é convocada por meio do Facebook.

Audiência pública reúne centenas em Tunas do Paraná

1 julho, 2013 às 08:40  |  por Mario Akira

A Assessoria Especial de Juventude do Governo do Paraná reuniu mais de 200 jovens na primeira Audiência Pública Estadual da Juventude, realizada sábado (29), em Tunas do Paraná. Participaram jovens dos municípios do Vale do Ribeira.

Ao abrir a audiência, o Assessor Especial de Juventude, Edson Lau Filho, falou sobre este importante canal que o Governo do Estado dá aos jovens para ouvir suas sugestões e revindicações, incentivando o protagonismo juvenil. Os participantes da audiência fizeram muitas perguntas, principalmente na área de educação, esporte e saúde. As questões foram respondias por técnicos das secretarias estaduais, presentes no encontro.

Criada em fevereiro de 2013 para trabalhar com jovens paranaenses de 15 a 29 anos, a Assessoria Especial da Juventude tem o objetivo de elaborar e propor a Política Estadual da Juventude, articulada com outras secretarias e órgãos do Estado.

Os jovens assistiram ainda a apresentações dos grupos Street Dance Competition, de Cerro Azul; Grupo Dança Arte, do projeto Cidadão do Futuro, de Dr. Ulisses; Grupo de Capoeira e a Orquestra de Cordas de Tunas do Paraná.

Patrulha do Campo

30 maio, 2013 às 14:33  |  por Mario Akira

O governador Beto Richa entregou nesta quinta-feira (30), em Doutor Ulysses, mais uma patrulha do campo. Desta vez, os equipamentos vão beneficiar o consórcio intermunicipal Vale do Ribeira, composto por cinco municípios — Adrianópolis, Bocaiúva do Sul, Cerro Azul, Doutor Ulysses e Tunas do Paraná. O secretário da Agricultura, Norberto Ortigara, acompanhou o governador.

O projeto Patrulha do Campo tem como objetivo recuperar e manter as estradas rurais com a oferta de patrulhas mecanizadas e capacitação para os municípios. Os equipamentos repassados pelo governo do Estado são utilizados pelas prefeituras para adequação e modernização dos trajetos.

Cada Patrulha do Campo é composta por escavadeira hidráulica, trator de esteira, motoniveladora, pá-carregadeira, rolo compactador, caminhão-comboio e carreta para as máquinas, além de cinco caminhões basculantes e veículo de apoio. O programa disponibiliza também capacitação e instrução para os funcionários municipais para que as estradas sejam mantidas em boas condições após as obras.

Regularização fundiária

26 abril, 2013 às 14:13  |  por Mario Akira

O governador Beto Richa entrega neste sábado (27), na Região Metropolitana de Curitiba (RMC), títulos de regularização fundiária aos moradores de Rio Branco do Sul, Itaperuçu, Adrianópolis e Tunas do Paraná, no Vale do Ribeira. A ação beneficia 353 famílias com investimentos de aproximadamente R$ 4,4 milhões. Richa vai a Almirante Tamandaré, onde autoriza projeto para a execução de obras nas rodovias da região. O governador também anuncia investimentos em saúde, educação, segurança, saneamento básico, cultura e agricultura.

Às 10 horas o compromisso é em Itaperuçu, na Prefeitura. Em Rio Branco do Sul, Richa estará às 11 horas, na Associação dos Servidores Municipais. Em Tamandaré, o governador anincia obras viárias no Centro de Convenções, às 13h30.

Regularização fundiária

10 abril, 2013 às 08:00  |  por Mario Akira

O governador Beto Richa entrega no sábado (13) os títulos de regularização fundiária em terras devolutas (áreas que não foram tituladas) aos moradores de Rio Branco do Sul, Itaperuçu, Adrianópolis e Tunas do Paraná – na região do Vale da Ribeira. As solenidades acontecem em Itaperuçu (10 horas) e Rio Branco do Sul (11h30). A ação beneficia 353 famílias e representa investimentos de aproximadamente R$ 4,4 milhões, decorrentes de convênios firmados com o Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) e o Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA).

Pavimentação da PR-092

18 fevereiro, 2013 às 14:18  |  por Mario Akira

As equipes contratadas pelo Departamento de Estradas de Rodagem (DER) começaram o trabalho de topografia e sondagem de solo para a elaboração do projeto executivo da pavimentação da PR-092, entre Doutor Ulysses e Cerro Azul, no Vale do Ribeira. A previsão é concluir o projeto até o fim deste ano e iniciar a pavimentação de 49 quilômetros da rodovia em 2014.

Na elaboração dos projetos, a empresa contratada faz o levantamento do relevo, verifica a necessidade de melhorias no traçado da rodovia e avalia onde há necessidade de obras especiais, como viadutos. Com estes dados, são feitos os projetos de terraplenagem e pavimentação, de construção de bueiros (onde passarão os riachos e córregos) e as pontes.

Desenvolvimento

1 fevereiro, 2013 às 16:01  |  por Mario Akira

O Vale do Ribeira, uma das regiões mais carentes do Estado, vai contar com uma estrutura voltada ao desenvolvimento econômico e social das cidades e à melhoria da qualidade de vida da população. A criação do órgão foi definida em uma reunião nesta sexta-feira (1) na sede do Instituto Ambiental do Paraná (IAP) que envolveu representantes do Governo do Estado, prefeituras da região, governo federal, empresários e investidores.

O secretário estadual da Indústria, Comércio e Assuntos do Mercosul, Ricardo Barros, disse que o modelo da Agência está em estudo e será definido em cerca de 30 dias. Ele adianta que não será governamental. A ideia é de que seja inspirada na Agência Terra Roxa, uma Oscip (Organização da Sociedade Civil de Interesse Público) criada para buscar investidores na região Norte e Noroeste do Paraná. “É importante a criação de um órgão que articule esforços e una diferentes setores para o desenvolvimento sustentável da região”, afirmou.

A criação da Agência é motivada pela movimentação de empresários e investidores interessados em explorar os minérios da região, principalmente no município de Adrianópolis. Uma das empresas é a Margem Mineração (Supremo Cimentos) que está investindo R$ 340 milhões na construção de uma das mais modernas indústrias de cimento no Brasil em Adrianópolis.

Além da Margem, o Governo do Estado está com negociações adiantadas com outras três empresas do mesmo setor que devem investir cerca de R$ 1 bilhão na região e gerar perto de 10 mil empregos diretos e indiretos.

Usucapião

14 janeiro, 2013 às 08:41  |  por Mario Akira

O Instituto de Terras, Cartografia e Geociência (ITCG) dobrou o número de beneficiados em 2012 com serviços de regularização fundiária, por meio de ações de usucapião. A meta para o ano era atender 600 pequenos agricultores. No entanto, com a economia feita nos procedimentos, estão sendo regularizados 1.290 imóveis particulares. A previsão é que as regularizações sejam concluídas no primeiro semestre deste ano. Primeiramente, estão sendo atendidos municípios do Paraná Centro, Cantuquiriguaçu e Vale do Ribeira, este já com 200 imóveis georreferenciados e também serão regularizados.