Arquivo da tag: UFC 151

Lyoto não aceita luta e Vitor Belfort será o novo desafiante no UFC

24 agosto, 2012 às 10:24  |  por Gustavo Kipper

(Foto: Adriano Caldas / Globoesporte.com)

As últimas horas talvez tenham sido as mais difíceis da história do UFC. Neste ano foram incontáveis os cancelamentos e lesões que vieram à tona antes de eventos já confirmados. Dessa vez quem se machucou nos treinos e será substituído será Dan Henderson. O americano, que havia garantido a disputa do cinturão após derrotar lendas do MMA como Fedor Emelianenko e Maurício Shogun, sofreu uma lesão no joelho e obrigou Dana White a fazer uma tentativa desesperada de botar o falastrão Chael Sonnen no lugar de Henderson.

Dana White começou a semana ironizando a possibilidade de Chael Sonnen conseguir disputar o cinturão dos meio pesados, antes de fazer pelo menos duas lutas, sendo uma contra um TOP 5 da categoria. Disse com todas as letras que não faria sentido nenhum premiar alguém que acabou de perder na divisão de baixo. Jon Jones também ficou irritado com a falação de Sonnen – fortalecendo que não deixaria o falador lutar com a boca e que para lhe conceder a disputa Sonnen teria que merecer. Jones também acusou Sonnen de racismo contra os brasileiros. Porém, bastou Dan Henderson se machucar para Dana White se lembrar do poder da falação na venda de lutas e mudou de ideia rápido, na maior contradição que o vi cometer. Na tentativa de fazer a luta acontecer sem perder muito dinheiro, White passou por cima de todo o ranking e tentou colocar Sonnen em outra disputa de cinturão, só que agora no peso de cima, sem ter vencido nenhum combate para mostrar do que é capaz. Depois do fraco desempenho contra Anderson Silva, Chael disse que subiria para os meio-pesados, mas sua nova chance veio cedo demais.

O que irritou muito White foi que Jon Jones, a princípio, teria aceitado o combate. Mas, aconselhado por seu empresário e treinador Greg Jackson, voltou atrás e desistiu da luta, colocando o UFC em uma situação delicada. Jackson, que é considerado o melhor treinador de MMA do mundo, foi acusado por White de ser um dos maiores traidores do esporte e avisou que as relações com o campeão estavam estremecidas. Mas não precisa ser nenhum gênio para notar que a recusa de Jones foi muito acertada, tendo em vista que White só estava analisando o ponto de vista financeiro, abandonando por completo os critérios técnicos e o ranking do peso. Jon Jones foi bem orientado e não entrou na pilha, posicionando-se de forma correta – respeitando o ranking e os fãs.

Lyoto Machida, que vencera Ryan Bader com contundência, conquistou o direito de desafiar novamente o campeão, aguardando o vencedor de Jones contra Henderson. Sem levar nenhum golpe, fez uma luta perfeita, não levou suspensão médica e o desafio da luta foi anunciado na coletiva após o evento. Porém, quando chamado, Lyoto Machida também recusou o combate, alegando falta de tempo para se preparar, tendo em vista que acabara de lutar. Sendo esse o motivo, ou mágoa de ter visto Sonnen sendo colocado à sua frente sem merecimento, Lyoto também desagradou a cúpula do UFC. Esta, por sua vez, encontrou a saída em outro brasileiro, que ironicamente também desistiu às vésperas da final do primeiro The Ultimate Fighter Brasil, por conta de uma lesão na mão esquerda. Vitor Belfort é agora o novo desafiante ao cinturão dos meio-pesados e enfrentará Jon Jones dia 22 de setembro, em Toronto, Canadá.

A saída encontrada é acertada, levando-se em conta critérios técnicos e tempo de preparação. Será um grande combate. Para os brasileiros acabou sendo positivo, pois teremos dois compatriotas lutando na sequencia pelo título da categoria mais disputada do mundo. Mas o que ficará marcado nesse gerenciamento de crise é que as vendas do evento nos canais fechados estão falando mais alto do que o merecimento e a técnica. O que se falou no começo da semana foi aniquilado pela primeira crise que chegou, e pior, que a falação que Sonnen protagonizou veio pra ficar. Devemos respeito a Jon Jones por não ter aceitado a luta apenas por dinheiro, valorizando seu cinturão e mostrando que os campeões têm muito poder dentro do evento, pois carregam todos os fãs nas costas. Independentemente do vencedor, Jon Jones mostrou que, além de ser um grande campeão, tem personalidade.

Dan Henderson machucado, UFC 151 adiado

23 agosto, 2012 às 16:59  |  por Gustavo Kipper

 

Foto:UFC

Na tarde de hoje, quinta-feira, 23 de agosto, Dana White anunciou em uma coletiva de imprensa que Dan Henderson havia se lesionado. O evento marcado para o dia 1º de setembro em Bankers Life Fieldhouse, Indianapolis,  foi adiado para o dia 22 de setembro, em Toronto, Canadá. O adversário de Jon Jones agora será Lyoto Machida. Muitos dizem que foi oferecido Chael Sonnen, mas Jones e sua equipe, caso realmente tenha havido o contato, obviamente recusaram a luta.

Mais informações em breve.

http://br.ufc.com/news/ufc-on-fx-5-change-announced

UFC 151: Jon Jones vs Dan Henderson

11 maio, 2012 às 11:23  |  por Gustavo Kipper

Agora é pra valer. Jon Jones defende mais uma vez seu posto de campeão, agora contra o casca-grossa Dan Henderson. A luta foi confirmada e deve acontecer no UFC 151 – dia 1.º de setembro, possivelmente em Las Vegas.

Jones, que derrotou recentemente os brasileiros Maurício Shogun e Lyoto Machida, deverá encontrar mais dificuldades que em sua luta contra Rashad Evans. Como Evans é retranqueiro, normalmente amarrando suas lutas, o combate fez Jones lutar pela primeira vez os cinco rounds. Mas agora o desafio é outro.

Henderson já passeou por três categorias de peso, saindo-se bem em todas elas. Venceu recentemente a lenda russa Fedor Emelianenko nos pesados, e venceu a batalha épica contra Shogun nos meios-pesados. Foi também campeão de eventos como o extinto Pride e Strikeforce. Vem muito bem credenciado, além de ter o queixo duro e uma resistência acima da média. Caso Jon Jones vença Henderson, terá eliminado os todos seus oponentes em pouco mais de um ano.

Com 17 vitórias e apenas uma derrota, fica perto de entrar para a história do esporte. Quem pode parar esse cara?