Que beleza de camisa! #13: Olmedo

20, setembro 2011 por Napoleão de Almeida

TAGS

"Ai, eu a-d-o-r-o poesias... me conta uma do Olmedo...?"

O Que beleza de camisa! dá um pulo ao Equador para conhecer a história do Olmedo, por sugestão do leitor do blog* Guilherme Linhares, que emprestou a camisa e conheceu de perto @carolboadebola e acompanhou a gravação do Jogo Aberto Paraná dentro dos nossos estúdios, realizando assim o sonho de 11 entre 10 telespectadores de programas de futebol em Curitiba. E você aí, se lembra quem é o Olmedo?

Que beleza de camisa! #13 Centro Deportivo Olmedo

Quem é? Clube médio do futebol equatoriano, fundado em 10/11/1919.

Já ganhou o que? Campeão equatoriano em 2000; 2x da Série B do Equador (1994 e 2003), da Série C (conhecida como Segunda Categoria) em 1993.

Grande ídolo: Comandante da única conquista de Série A do Olmedo, Luís Caicedo, volante, segue na ativa aos 32 anos. Venceu a Série A e a Série B pelo Olmedo nos anos 2000, quando vestiu a camisa do clube por 9 anos. Atualmente, defende o Barcelona de Guayaquil.

Apelidos: El Ciclón Andino (o ciclone dos Andes).

Como anda? Depois de começar os anos 2000 com um título nacional, amargou a Série B mas logo voltou. Foi 8o. entre 12 times que disputam a elite do Equador no ano passado. Sua última campanha de destaque foi em 2008, quando chegou a Libertadores pela quarta vez em sua história.

Curiosidades: O nome Olmedo é em homenagem a José Joaquín de Olmedo, poeta que chegou a vice-presidencia do Equador. Um de seus poemas de maior sucesso é Canto a Bolívar, cujo primeiro verso é:

El trueno horrendo que en fragor revienta
y sordo retumbando se dilata
por la inflamada esfera
al Dios anuncia que en el cielo impera.

Bélico. O Olmedo tem sede em Riobamba, interior equatoriano, e foi o primeiro time a não ser de um grande centro (Quito ou Guayaquil) a ser campeão do Equador. Apesar do apelido ser Ciclón, quase um Furacão como o Atlético, o mascote do Olmedo é um vovô, como o Coxa.

O Olmedo e o futebol paranaense: Em 2002, o Olmedo cruzou o caminho do Atlético, então campeão brasileiro, na Libertadores. Foram dois jogos: em 19/02, vitória equatoriana em Riobamba, 2-1; na volta, na Arena, vitória do Furacão, por 2-0. O ingresso daquela partida está a venda no Mercado Livre como ítem de colecionador:

A ficha da partida em Curitiba está a disposição no site Furacão.com:

*Quer fazer como o Guilherme e ajudar no quadro Que beleza de camisa!? Escreva nos comentários ou no Twitter sugerindo times e camisetas para Kelly Pedrita e Carol Boa de Bola vestirem. Se a sua idéia for aprovada, você conhecerá as meninas e os bastidores do programa!

O blog está concorrendo ao Top Blog 2011! Clique aqui e vote na categoria Esportes!

Comentários