12º

Encenação da Paixão de Cristo vai até os bairros de curitiba

Barreirinha, Sítio Cercado, Uberaba e Capão Raso se preparam para o espetáculo, além do Grupo Lanteri, na Pedreira

31/03/09 às 00:00   |  Da Redação
A Mitra da Arquidiocese de Curitiba e Região divulgou ontem a relação das encenações da Paixão de Cristo, na Sexta-Feira Santa. Além da principal apresentação, a do Grupo Lanteri, na Pedreira Paulo Leminski, e de Colombo, organizado pela Prefeitura no Bosque da Uva, os moradores do Barreirinha, Sítio Cercado, Uberaba e Capão Raso, também pooderão acompanhar a Vida, Morte e Ressurreição de Cristo.

Na Barreirinha, a Associação Cultural Êxodos apresenta pelo 15º ano o espetáculo “Vida , Paixão, Morte e Ressurreição de Jesus”. São cerca de 400 integrantes, além de familiares e amigos que ajudam nos adereços, cenários, figurino e outros trabalhos. A encenação das passagens da vida de Jesus Cristo tem cerca de 1h30 de duração e o público estimado é de 10 mil pessoas. A apresentação começa às 20 horas da Sexta-Feira Santa,  na cancha de esportes do Abranches.

No Sítio Cercado, o Grupo Arte e Vida faz a encenação da Paixão na Rua da Cidadania, no Bairro Novo, às 20 horas. O grupo possui 350 componentes, entre atores e equipe de apoio e o espetáculo tem 1h40 de duração. O público estimado é de 9 mil pessoas.
Já o Grupo Ágora faz a apresentação às 19h30, no Seminário João Paulo II. O grupo é formado por cerca de 35 jovens e o espetáculo tem duração de 1h40. São esperadas cerca de 800 pessoas. O seminário fica na rua Augusto Steembock, 51, no bairro Uberaba.

O Grupo Êxodos tem outro espetáculo no Capão Raso. Pelo 7° ano seguido, a sua apresentação da “Paixão de Cristo” acontece no estacionamento da Paróquia São José, às 20 horas. Serão 30 personagens em palco, durante 1h30 de espetáculo. São esperados cerca de 400 espectadores.
Lanteri — O Grupo Lanteri chega à sua 31a apresentação em Curitiba da paixão de Cristo. A peça reúne cerca de 1.200 pessoas e pode ser considerada como uma das maiores do Brasil.
Publicidade
0 Comentário