12º

1º Congresso Nacional da Pastoral Juvenil Marista

Evento reúne 500 jovens, em Curitiba, para promover a prática da solidariedade, da participação social e do protagonismo juvenil

27/01/10 às 15:50   |  Redação Bem Paraná
Até sexta-feira (29), o Colégio Marista Santa Maria, em Curitiba, sedia o 1º Congresso Nacional da Pastoral Juvenil Marista, uma iniciativa do Instituto Marista que reúne 500 jovens de 14 a 25 anos, de todas as regiões do país, para tratar sobre a promoção da prática da solidariedade, da participação social e do protagonismo juvenil.

A estrutura do evento lembra a de festivais de música. São cinco diferentes tendas, voltadas a assuntos próprios do universo juvenil – Compromisso Social e Político, Sustentabilidade, Solidariedade, Desafios e Espiritualidade – onde os participantes desenvolvem atividades focadas no diálogo e reflexão sobre o tema da tenda e, em grupo, formulam propostas e ações que serão colocadas em prática em suas cidades de origem. Atrações culturais também estão na programação do congresso. 

O Congresso Nacional da Pastoral Juvenil Marista reflete a crença do Instituto Marista, presente em outros 78 países, no espírito transformador da juventude, considerando o jovem como artífice fundamental no processo de renovação social e política. De acordo com Ir. Adriano Brollo, representante da comissão organizadora do evento, o Congresso se constitui num momento marcante na vida da juventude marista do Brasil. “Temos uma espiritualidade que nos tira da rotina cotidiana para irmos ao encontro de múltiplas realidades, no contexto de Brasil e de mundo, para as quais incentivamos os jovens a construir alternativas de transformação social”, avalia Brollo.

SERVIÇO:

1º Congresso Nacional da Pastoral Juvenil Marista

De 25 a 29 de janeiro

Das 9h às 21h

Colégio Marista Santa Maria (Rua Professor Joaquim de Matos Barreto, 98, Parque São Lourenço – Curitiba)

Mais informações com Ir. Franki Kucher (41 3016 2552 / 8861 4053)
 
Publicidade
1 Comentário
  • Carlos Bosch 28/01/10 às 18:57
    A sociedade atual vive a quebra de um paradigma com relação à imagem de inconsequência e descaso, inclusive político, do jovem nela inserido. Neste sentido, eventos como este são bem-vindos enquanto instrumentos de formação de uma juventude protagonista, em que valores como equidade, solidadriedade e respeito estejam presentes. Parabéns aos organizadores...