O Salão de Ponta Grossa

20/04/10 às 00:00 nikp@uol.com.br

Abre amanhã, às 19h, na Galeria João Pilarski do Centro de Cultura Cidade de Ponta Grossa, o 4º Salão de Artes Plásticas de Ponta Grossa.
Nesta Edição 2010, o salão presta homenagem ao artista plástico Edson Costa, de acordo com proposta sugerida durante a reunião do setor de Artes Plásticas da 7ª Conferência Municipal de Cultura, realizada em 04 de julho de 2006. Na ocasião, foi elaborado e aprovado pelos artistas da cidade presentes nas reuniões de 31 de outubro e 14 de novembro de 2006, o regulamento do salão, o qual foi atualizado em 15 de abril de 2009, atendendo as políticas culturais do Município aprovadas nas Conferências Municipais de Cultura.
Assim, a implantação do salão foi resultante de aspirações e troca de informações entre a Secretaria Municipal de Cultura e Turismo da Prefeitura Municipal de Ponta Grossa e os artistas – que são os principais interessados na política artística e cultural de uma cidade, pois se trata de assunto que lhes diz respeito diretamente. 


 Neste importante evento artístico que vem mostrando o desenvolvimento das linguagens artísticas apresentadas pelos artistas, os artistas premiados foram Cristina Elisabeth Domingues de Sá, com as obras “Por do Sol I e II”; Deborah Regina Brückmann com “Cores da Minha Terra I e II” e Silvana dos Passos Silva com “Nu II”.
Cristina apresenta um contraste paradoxal entre o vigor da concepção e do desenho figurativo dos pinheiros e sua conseqüente execução por meio de uma pintura diluída e suave em seus pigmentos.
Deborah Regina explora os vários e diferentes recortes das paisagens e dos campos princesinos pintados em cores vibrantes.
Silvana também faz uso da diluição, porém sua linguagem ao retratar a mulher se aproxima muito mais do abstrato, tanto da figura quanto dos meios de expressão.


Foram também concedidas aos artistas Larissa Brum Leite Gusmão Pinheiro com “Campos III – Ponta Grossa”; Carlos Alexandre Barbosa com “Jack P., Sorriso Marley e Hendrix X, Mandiax, Mandrix e Antonio Nildo da Silva com “Sem título”.
O júri foi composto pelo galerista Manolo Saez, por Ricardo Resende que é o atual Diretor de Artes Visuais da FUNARTE e esta colunista. Além dos destaques, o 4º Salão de Artes Plásticas de Ponta Grossa conta com a participação dos seguintes artistas Antonio Edinaldo de Paulo Fonseca; Artemis C. O. Jendreieck; Daniel Masetto do Amaral; Lenita Stark; Luzita Ericksen; Marcelo Schimaneski; Marlene Gulin; Marga Nye Cominato; Sebastião Natálio da Silva Filho; Veraliz Regina Cominato e Zunir Andrade.
Em 2007, escrevi que a realização de um salão de arte é sempre muito importante, principalmente pela maneira como funciona – a mais democrática possível – pois permite a inscrição de todo e qualquer cidadão-artista, cuja obra passa a ser avaliada através de critérios estético-artísticos pelo júri de seleção.
Além disso, os artistas passam a contar com um público maior somado à divulgação na mídia e a visibilidade perante a crítica de arte; enquanto que a instituição promotora do evento também lucra poreque realiza uma exposição bem fundamentada em sua função e objetivo de mostrar o melhor da arte.
Naquele mesmo ano, Sérgio Kirdziej, um dos componentes do júri do primeiro salão declarava: “Na região, a tendência mais forte, mais original, é a da pintura ingênua, primitiva, tradição que vem desde os anos 70 com João Pilarski. Ela se organiza espontaneamente, ao contrário das tendências mais ‘informadas’, que têm manifestações apenas pontuais, e não chegam a ganhar impulso próprio.”
Na qualidade de membro do júri dos quatro salões já realizados, o que me possibilita uma visão do conjunto das exposições já realizadas, posso dizer que a declaração do Sérgio já não se aplica atualmente, pois a maior parte das linguagens artísticas apresentadas para a seleção ultrapassou o aspecto ingênuo da pintura “naïve” e as obras transitam agora em vertentes da arte contemporânea.
Por mais esta realização e em nome do júri do salão, transmito meus parabéns à dinâmica Secretária Municipal de Cultura e Turismo Elizabeh Silveira Schmidt e ao Prefeito Municipal Pedro Wosgrau Filho.

0 Comentário

Você precisa acessar o seu perfil para comentar nas matérias.

Blogs
Ver na versão Desktop