Para Lewandowski, atentado em Sergipe é 11/09 da Justiça

Ele falou que é preciso mudar a cultura em relação à segurança da magistratura

20/08/10 às 13:32   |  Agência Estado

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Ricardo Lewandowski, comparou hoje o atentado ao presidente do Tribunal Regional Eleitoral de Sergipe (TRE-SE), Luiz Antônio Araújo Mendonça, ao atentado de 11 de setembro nos Estados Unidos. "Este atentado corresponde, do ponto de vista simbólico para os magistrados, como o 11 de setembro para o mundo. É o momento de repensar a segurança da Justiça brasileira", disse Lewandowski, pouco antes do início do 50º Encontro de Presidentes de TREs. A reunião já estava agendada antes do atentado em Sergipe.

Lewandowski afirmou que, a partir desse 18 de agosto, "que é o nosso 11 de setembro", é preciso mudar a cultura em relação à segurança da magistratura. O ministro defendeu que haja concurso para contratação de segurança pessoal dos presidentes dos tribunais regionais.

O presidente do TSE também disse que existe uma suspeita de que a raiz do atentado ao presidente do TRE-SE esteja na queima de urnas eleitorais no interior do Estado numa eleição passada. Apesar de recomendar que os magistrados tenham mais cuidado com a questão de segurança pessoal, Lewandowski disse que a Justiça Eleitoral "não se intimida". "O processo eleitoral vai continuar na normalidade", afirmou.

Publicidade
0 Comentário