Diogo Portugal participa do quadro Pistolão do Faustão, neste domingo

Comediante curitibano é convidado do ex-jogador de Basquete Oscar Schmidt

19/09/06 às 00:00

Depois de conquistar o público e os telespectadores numa entrevista recente no Programa do Jô, o comediante curitibano Diogo Portugal mais uma vez vai levar o país todo às gargalhadas em rede nacional. O comediante curitibano é uma das atrações do Domingão do Faustão, nesse domingo, dia 24. Diogo Portugal vai pôr seu talento à prova no quadro Pistolão, a convite do ex-jogador de basquete Oscar Schmidt.

A participação em um dos programas de maior audiência da Rede Globo comprova a grande fase que o humorista vem passando, com o reconhecimento do público de todo o Brasil. Essa projeção ganhou impulso recentemente, também com o lançamento do Clube da Comédia Stand-Up, um audiolivro do grupo de humor com sede em São Paulo, do qual Diogo faz parte, junto com outros nomes de peso, como Marcelo Mansfield, Oscar Filho, Marcela Leal e Rafinha Bastos. Nas últimas semanas Diogo e outros integrantes do Clube vêm dando diversas entrevistas em programas de TV, jornais, revistas e rádios para divulgar o audiolivro.

O Clube da Comédia Stand-Up é um lançamento da Editora Nossa Cultura, de Curitiba. A gravação do audiolivro foi feita ao vivo para registrar todo o clima de um show onde o público é parte integrante, pontuando com gargalhadas a narrativa de histórias impagáveis. O resultado é humor de primeira qualidade num formato inédito, para quem quiser rir no carro, em casa, no parque, sozinho ou com os amigos.

A combinação entre o humor do Clube da Comédia e o formato literário de audiolivro é perfeita, pois os integrantes têm como linha o texto autoral, baseado em observações do dia a dia. Essa fórmula o grupo foi buscar no stand-up comedy, gênero surgido nos Estados Unidos, que já lançou os maiores nomes do humor, de Bob Hope, nos anos 40, a Seinfeld, nos anos 90. Fiéis ao estilo, os integrantes do Clube dispensam figurinos, personagens, trilha sonora e, ao invés de piadas prontas, apresentam textos escritos por eles mesmos.

Com pouco mais de uma hora de duração, o audiolivro Clube da Comédia Stand-Up é dividido em nove faixas, onde cada um dos comediantes apresenta seu material, sempre apresentados por Marcelo Mansfiled, mestre de cerimônias do grupo.

 

Histórico do Clube

Em 2004, Marcelo Mansfield, Rafinha Bastos e Marcela Leal estiveram em cartaz com "Mondo Cane”, um show que mesclava humor físico e stand-up. Surge então a idéia de formar um grupo que praticasse exclusivamente o chamado "humor de cara limpa". No início de 2005, foi idealizado o Clube da Comédia Stand-Up e a brincadeira, que começou de maneira despretensiosa, virou coisa séria quando o show foi lançado oficialmente numa noite de quarta-feira, no Bubu Lounge em São Paulo. Algum tempo depois entra em cena o curitibano Diogo Portugal para integrar o time, ajudar a popularizar a linguagem no Brasil e atrair cada vez mais pessoas interessadas em conhecer a novidade.

Hoje, a “sede” do Clube da Comédia é o Mister Blues, no bairro Itaim em São Paulo, onde há mais de um ano eles se apresentam aos domingos em duas disputadas sessões.

 

Os integrantes

Diogo Portugal

Cantor, contrabaixista, humorista e apresentador de rádio, é criador do espetáculo cômico “Cabaré com Diogo Portugal e Convidados”, em Curitiba. Também é criador e curador do “Risorama”, festival que levou a Curitiba humoristas como Marcelo Médici, Graziella Moretto, Ilana Kapla, Nanny People, Fernando Ceilão e Gorete Milagres. Participou de shows humorísticos como a “Terça Insana”, em São Paulo, e do “Improriso”, em Belo Horizonte. Foi terceiro lugar no “Prêmio Multishow do Humor Brasileiro” e finalista do concurso “Humorista do Fantástico”.

 

Oscar Filho

É formado pelo INDAC – Instituto de Artes e Ciências. Foi indicado como melhor ator no “Prêmio Coca-Cola FEMSA de Teatro 2004”, com o espetáculo “A Matéria dos Sonhos”. Esteve em montagens como “As Bruxas de Salém” – Arthur Miller, “A Importância se Ser Fiel” – Oscar Wilde, “Toda Nudez Será Castigada” e “A Serpente” – Nelson Rodrigues. Em comédia, participou durante três anos do grupo Oscretinos, fazendo várias participações no espetáculo "Terça Insana".

 

Rafinha Bastos

Após marcar sua imagem em diferentes emissoras gaúchas, como Manchete, TVE e RBS, Rafinha Bastos estreou nos palcos em São Paulo em 2003, onde fixou residência. Rosto conhecido dos comerciais de TV, também é DJ, VJ e MC da badalada festa Trash 80´s. Fez participações em diversos shows de humor do Rio e São Paulo. Humorista desde 1999, quando criou a www.paginadorafinha.com.br.

 

Marcelo Mansfield

Ator e apresentador, iniciou a carreira em performances em Boston e Los Angeles, nos EUA. De volta ao Brasil, uniu-se ao grupo “Harpias”. Tem no currículo mais de 500 filmes publicitários, 15 filmes entre curtas e longas e varias participações na TV, entre novelas, programas infantis e especiais, além de ter produzido vários programas para a TV a cabo. Dedicou-se ainda à pesquisa para Bolsa Vitae e para um estágio em comédia de situação em Hollywood, acompanhado as gravações dos seriados The Nanny e The Naked Truth.

 

Marcela Leal

Humorista e roteirista de humor, começou a se dedicar exclusivamente ao gênero ao fazer participações no show "Terça Insana", escrevendo também escreveu esquetes para atores convidados. Montou o show de humor "Mulheres em Curto" em 2002, assinando texto e direção. Em 2003, montou e dirigiu o grupo TPM de humor. Assinou o texto e direção de "A Comédia Ordinária", peça que esteve em cartaz no NEXT em 2004. No mesmo ano esteve em cartaz no show stand-up comedy "Mondo Cane". Possui um blog de humor, com alguns de seus textos: ww.comediaordinaria.blogspot.com

 

 

Stand-up comedy – Um século de história

Stand-up comedy é considerado por muitos o gênero de humor mais difícil de executar e dominar, talvez porque mais do que qualquer outro, o stand-up comedian está à mercê da audiência que é um elemento integrante do ato. Um verdadeiro stand-up comedian tem de saber ajustar rapidamente sua rotina de acordo com o humor e gosto de uma platéia específica. As habilidades necessárias são diversas; é freqüentemente necessário assumir os papéis de escritor, editor, artista, promotor, produtor, e técnico simultaneamente. Celebridades mundiais do cinema e da TV como Whoopy Goldberg, Jerry Seinfeld, Steve Martin, Bill Cosby e Ray Romano são legítimos stand-up comedians.

O stand-up americano tem suas raízes em variadas tradições do entretenimento popular do final do século 19,indo do vaudeville e monólogos humorísticos (com Mark Twain como um mestre notável) ao teatro hiddish e números cômicos circences. A maioria dos comediantes era meramente vista como “contadores de piada” que esquentavam a platéia com um número de abertura, ou mantinham a platéia entretida durante os intervalos. Ser um comediante era considerado um degrau para uma carreira verdadeira no show bussines. Os pais da comédia stand-up eram os mestres de cerimônia, como eram chamados na época de ouro do radio, Jack Benny, Fred Allen e Bob Hope.

No final dos anos 50 e uma nova geração de comediantes começou a explorar tópicos políticos, relações raciais e humor sexual. A stand-up comedy mudou de tiradas rápidas e piadas para monólogos, geralmente com humor sombrio e sátiras, como fez Lenny Bruce, eternizado no cinema pelo ator Dustin Hofman no filme Lenny. A stand-up comedy explodiu durante os anos 70, com muitos artistas virando grandes estrelas, se expandindo de clubes noturnos e teatros para grandes concertos em estádios esportivos.

Richard Pryor e George Carlin seguiram o estilo de Lenny Bruce e se transformaram em ícones da contracultura. Steve Martin e Bill Cosby tiveram nível similar de sucessos com números mais suaves. Programas como Saturday Night Live e The Tonight Show lançaram carreiras de outras tantas estrelas do gênero. Muitas estrelas do stand-up obtiveram grandes contratos com a televisão, e astros do cinema, como Robin Willians, Eddie Murphy e Billy Crystal testam seus números em aparições de stand-up comedy.

 

Serviço

 

Diogo Portugal no Domingão do Faustão

Domingo, dia 24

0 Comentário
Blogs
Ver na versão Desktop