24º

Ambientes devem ser aquecidos com segurança

Aquecedores que mais prejudicam a saúde são os a gás e os de água, que podem provocar até mesmo a morte

30/06/11 às 21:24 - Atualizado às 21:24   |  Redação Bem Paraná

  Um ambiente confortável e quentinho é ideal nos dias mais frios da estação. E o acessório que não pode faltar para aquecer os ambientes é o aquecedor. Além dele, é necessário uma dose de bom senso e muito cuidado. “Mesmo os aparelhos aprovados para uso domiciliar podem provocar uma diminuição da umidade do ambiente e algum grau de ressecamento das vias aéreas. Também há os riscos de incêndio quando não são observadas as recomendações do fabricante”, alerta o neurologista do Hospital Nossa Senhora das Graças, Aluisio de Melo Jr.

Os aquecedores que mais prejudicam a saúde são os a gás e os de água, que podem provocar até mesmo a morte. “Estes aquecedores consomem oxigênio e, por isso, devem ter termostatos, ou seja, desligar quando atinge a temperatura e sempre ter uma janela aberta. Caso contrário, pode ocorrer intoxicação por monóxido de carbono, com risco de lesão cerebral ou morte”, ressalta. As lareiras também podem causar o mesmo tipo de problema. “É preciso checar se a chaminé não está obstruída, pois as brasas da lareira podem provocar intoxicação por monóxido de carbono também”.

A exposição a aparelhos de ar-condicionado e aquecedores ainda podem alterar a qualidade e produção de lágrimas, provocando a Síndrome do Olho Seco. “A doença é causada pelo baixo volume na produção de lágrimas ou por uma disfunção lacrimal, quando a lágrima produzida é de má qualidade”, explica o oftalmologista e diretor da Clinica Canto, Marco Canto.

 Utilizar vasilhas com queima de álcool ou o fogão para se aquecer também pode ser arriscado e causar incêndios e queimaduras. “No caso de fogões, pode ocorrer uma explosão com a descarga de qualquer equipamento elétrico ou com a tentativa de reacender a chama”, observa Dr. Aluisio de Melo Jr. Os aquecedores a óleo são os mais indicados. “Os modelos que possuem timer para desligar são ainda mais seguros, pois diminuem a chance de produzir queimaduras e incêndios”, salienta.

Dicas de segurança

         Para que os cômodos fiquem aquecidos sem riscos para a saúde, o Dr. Aluisio Melo Jr. dá algumas dicas de como utilizar com segurança os aquecedores:

         - Procure aquecedores a óleo com timer para desligar. Além de serem silenciosos, também possuem menor chance de produzir queimaduras e incêndios;

         - Confira a fiação elétrica de sua casa para saber se suporta a potência do equipamento - em torno de 1500w;

         - Compre um termômetro para medir a temperatura e a umidade do ar. O termômetro deve ficar próximo a altura da cabeça.

         - Compre um detector de monóxido de carbono, caso você possua lareira ou sistemas de aquecimento que produzam monóxido de carbono. Instale na altura da cabeça também, no ambiente no qual fica o aquecedor ou a lareira;

         - Caso existam crianças ou idosos na casa o cuidado deve ser redobrado. Eles podem colocar objetos ou as mãos sobre os aquecedores, ou esquecer ligado os aparelhos que não possuem timer.

 

Publicidade
0 Comentário