Campanha no twitter arrecada 104 mil livros

#doeumlivro está entre os assuntos mais comentados. Doações podem ser feitas em Curitiba

19/01/12 às 00:00

Em seu terceiro ano, a campanha #doeumlivro, chegou a 104 mil livros recebidos nesta edição. “A contagem foi realizada no dia 9 de janeiro. Por isso, os números são ainda superiores”, diz José Luiz Goldfarb, diretor de divulgação da campanha. “Esperamos superar os dois primeiros anos, quando arrecadamos cerca de 180 mil obras em cada edição. Nossa expectativa é chegar aos 200 mil livros. A campanha mais uma vez mostra que é exemplo de como as redes sociais que se formam no twitter podem extrapolar os limites da dimensão virtual, ganhar as ruas das cidades, fazer a diferença e transformar a realidade”, completa Goldfarb.

A campanha vai até o dia 31 de janeiro. As doações podem ser feitas principalmente nas lojas da Droga Raia, que tem unidades em várias cidades, inclusive Curitiba.

Mais uma vez o twitter, com seus parcos 140 toques mostra que pode ser um poderoso aliado da cultura e da sociedade como um todo. A campanha #doeumlivro chegou à marca de 104 mil livros. Segundo o multidisciplinar José Luiz Goldfarb, diretor de divulgação da campanha, a expectativa é de que 2011/2012 supere as duas primeiras edições, quando foram arrecadados cerca de 180 mil livros em cada ano. A Droga
Raia disponibilizou suas lojas para que os livros sejam doados (em São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Rio Grande do Sul e Paraná, como na edição passada, e, agora, com a entrada de Santa Catarina).

Há pouco mais de uma semana, o bar Mortadela Brasil, no box 4 do mezanino do Mercado Municipal de São Paulo, passou a apoiar a iniciativa: “Damos 10% de desconto na conta de quem apoia a campanha com um ou mais livros. Isso porque o livro é o alimento da alma”, afirma José Maurício de Freitas, um  dos sócios do estabelecimento. Ele diz ainda que não há qualquer expectativa de aumento de clientes devido à ação. “Nesta época do ano, com as férias, estamos com a casa sempre cheia de clientes. Entramos na ação pela importância que o livro tem como formador do indivíduo e da sociedade como um todo”, afirma. 

As obras arrecadadas serão distribuídas em comunidades carentes, além de bibliotecas publicas e escolas.  Este, ano a campanha tem o apoio da Fundação Abrinq e da Sempre um Papo. 

Campanha — De maneira informal, há três anos alguns twitteiros passaram incentivar outros twitteiros a doarem livros no final do ano. A proposta teve receptividade e adesão avassaladoras e logo se tornou a campanha #doeumlivro. Organizada por Heber Dias de Souza, José Luiz Goldfarb, Laura Furquim Xavier e Milena Caldeira, a campanha se tornou um dos assuntos mais comentados no ambiente do twitter (em alguns dias a TAG chegou a ser a mais mencionada no twitter brasileiro) e foi “abraçada” por artistas, jornalistas, políticos e empresários.
Os locais de coletas podem ser encontrados no site da campanha: http://www.doeum livro.com.br/ (ou, para a campanha via twitter, @doeumlivro).

0 Comentário

Você precisa acessar o seu perfil para comentar nas matérias.

Blogs
Ver na versão Desktop