Desfalcado e improvisado, Atlético decide vaga

Contra o Criciúma Carrasco não poderá contar com dez jogadores e usará Renan Foguinho na defesa

11/04/12 às 23:39 - Atualizado às 23:54   |  Silvio Rauth Filho
Guerrón retorna ao time do Atlético: 2 gols no jogo de ida (foto: Arquivo JE)

O Atlético não poderá contar com dez jogadores na partida de hoje às 19h30, na Vila Capanema, pela 2ª fase da Copa do Brasil. Além do volante Deivid, suspenso por cartões amarelos, o técnico Juan Ramón Carrasco não terá como escalar dez atletas em recuperação médica: o lateral-direito Pablo, o zagueiro Rafael Schmitz, o ponta-esquerda Ricardinho, os goleiros Renan Rocha, Rodolfo e Santos, o volante Renan Teixeira, o ponta-direita Marcelo e o centroavante Bruno Mineiro.

Quem também está fora dos planos é o zagueiro Gustavo, que teve seu contrato rescindido pelo clube na terça-feira e ontem acertou com a Ponte Preta. Schmitz seria a primeira opção para o lugar dele, mas sofreu lesão muscular. A segunda alternativa seria Bruno Costa, mas Carrasco preferiu improvisar o volante Renan Foguinho na defesa. No meio-campo, mais duas improvisações: os meias Zezinho e Paulo Baier serão volantes. No ataque, Guerrón e Edigar Junio ficam nas pontas. E o meia Marcinho será novamente improvisado como centroavante.

Na entrevista coletiva dessa quarta-feira, Carrasco revelou que pediu dois reforços: um centroavante e um zagueiro. “A diretoria está vendo para complementar (o elenco). Ainda não temos este camisa nove, de bom jogo aéreo, de jogar de costas para o gol. Temos o Bruno, o Marcinho. Mas se o Bruno se machuca, não temos jogo aéreo. Se o Marcinho se machuca, também. Tentamos o Pablo, mas ele está com dor. Estamos procurando um nove e um zagueiro central”, contou.

No jogo de hoje, o Atlético pode até perder por 1 a 0 que estará classificado. Isso porque venceu o jogo de ida por 2 a 1, na semana passada, em Criciúma, e o gol fora de casa é critério de desempate na competição. Se for derrotado por 2 a 1, a decisão será nos pênaltis. Quem passar, enfrenta nas oitavas-de-final o vencedor do duelo entre Cruzeiro e Chapecoense.

Em Curitiba

Atlético
Vinicius; Gabriel Marques, Manoel, Renan Foguinho e Héracles; Zezinho, Paulo Baier e Ligüera; Guerrón, Marcinho e Edigar Junio. Técnico: Carrasco

Criciúma
Michel Alves; Nirley, Ozéia e Anderson Conceição, Fabinho Capixaba, Jackson, Diego Felipe, Cristiano e Itaqui, Lucca e Gilmar

Árbitro: Péricles Bassols Pegado Cortez
Local: Vila Capanema, hoje às 19h30

Publicidade
0 Comentário