Atlético triunfa e declara independência no segundo turno

Time supera o Arapongas por 2 a 1, de virada, e agora não depende mais dos resultados de outras equipes

15/04/12 às 22:55 - Atualizado às 15:32 Silvio Rauth Filho
Guerrón chuta e o goleiro Vítor, do Arapongs, defende: atacante equatoriano abriu o placar a favor do Atlético (foto: Valquir Aureliano)

A 9ª rodada declarou a independência do Atlético no 2º turno do Campeonato Paranaense. Com a vitória sobre o Arapongas e o tropeço do Coritiba diante do Operário, o Furacão não depende mais de resultados de outras equipes para conquistar o 2º turno. Agora, alcançará esse objetivo se vencer o Atletiba do próximo domingo, no Couto Pereira, e derrotar o Paranavaí, na 11ª e última rodada.

O Atlético foi o campeão do 1º turno. Se vencer também o 2º, será campeão antecipado. O Coxa lidera o 2º turno, com 22 pontos, dois a mais que o Furacão. Já o Arapongas segue como o melhor do Interior na classificação geral, com 35 pontos, e garantiria por antecipação vaga na Série D do Brasileiro se tivesse vencido ontem.

Na partida da 9ª rodada, ontem à noite, na Vila Capanema, o Atlético levou pela primeira vez um gol como mandante no Paranaense 2012. O Arapongas começou dominando o jogo, mostrando força na marcação e velocidade no ataque. O trio ofensivo Léo Itaperuna, Tiago Adan e Rafael Mineiro aproveitava os espaços deixados pelos volantes e laterais adversários, que eram bastante ofensivos no início.

Nos primeiros dez minutos, o Arapongas teve quatro chances. O Atlético, nenhuma. O gol do time do Interior saiu aos 15 minutos, em contra-ataque. Rafael Mineiro lançou Tiago Adan, que tocou por cobertura.
O Furacão demorou para corrigir a marcação e conseguir criar as primeiras chances. Aos 30 minutos, Edigar Junio sofreu pênalti. Guerrón cobrou e empatou. Foi o 11º gol no seu 9º jogo em 2012. É o artilheiro do time no ano. No total, soma 27 gols em 86 partidas pelo clube.

No intervalo, o técnico Juan Ramón Carrasco mexeu na lateral-esquerda. Tirou Heracles e colocou Bruno Costa. O Atlético voltou melhor e, aos sete minutos, virou o jogo. Edigar Junio cruzou e Bruno Costa cabeceou no canto. O jogo seguiu equilibrado, mas com as chances mais claras para o Atlético no 2º tempo.

Aos 14 minutos, Carrasco tirou o meia Ligüera e colocou o meia Jenison, que entrou como centroavante. Marcinho, que era centroavante, passou para a função de meia. Aos 29 minutos, Marcinho saiu e Bruno Furlan entrou na ponta-esquerda. Edigar Junio passou dessa ponta para o meio-campo. O esquema tático foi o 4-2-1-3, nos 90 minutos do jogo.


ATLÉTICO: Vinícius; Gabriel Marques, Manoel, Renan Foguinho e Héracles (Bruno Costa); Deivid, Zezinho e Ligüera (Jenison); Guerrón, Marcinho (Bruno Furlan) e Edigar Junio. Técnico: Carrasco
ARAPONGAS: Vitor; Maicon, Raul, Douglas e Edinho; Luís Mário, Fabinho, Marcos Tora (Ruy) e Rafael Mineiro; Tiago Adan (Paulo Moraes) e Léo Itaperuna. Técnico: Paulo Roberto
Gols: Tiago Adan (15-1º), Guerrón (30-1º) e Bruno Costa (7-2º)
Cartões amarelos: Fabinho (Ara). Deivid (Atl)
Árbitro: Rafael Traci
Público: 3.995 pagantes (4.590 total)
Renda: R$ 45.450,00
Local: Vila Capanema

Primeiro tempo
1 – Escanteio. Marcos Tora cruza. Léo Itaperuna chuta ao lado, perto.
6 – Contra-ataque. Marcos Tora é mais rápido que Heracles, invade a área, passa por Vinícius e chuta. Deivid salva.
8 – Léo Itaperuna chuta de longe. Vinícius espalma.
10 – Léo Itaperuna chuta de fora da área. A bola passa perto.
15 – Gol do Arapongas. Rafael Mineiro dá belo passe para Tiago Adan, que toca por cobertura. Golaço.
17 –Léo Itaperuna chuta do bico da área. Vinícius espalma.
19 – Liguera cruza em escanteio. Manoel cabeceia. Vitor segura.
26 – Zezinho invade a área e chuta sobre o gol.
30 – Gol do Atlético. Edigar Junio é derrubado por Fabinho. Pênalti. Guerrón cobra rasteiro, no canto, e marca.
32 – Gabriel Marques chuta de fora da área. Vitor defende.
33 – Após boa tabela, Marcinho chuta no canto. Vitor segura.
40 – Fabinho tabela, invade a área e chuta. Vinícius defende.
45 – Tiago Adan chuta cruzado. Vinícius defende.

Segundo tempo
2 – Ligüera cruza. Marcinho chuta da meia-lua. A bola passa perto.
7 – Gol do Atlético. Edigar Junio cruza. Bruno Costa cabeceia no canto.
18 – Marcinho faz boa jogada. Guerrón chuta cruzado, na trave.
21 – Guerrón chuta de fora da área. Vitor espalma no canto.
38 – Léo Itaperuna entra livre na área e chuta. Vinícius salva.
39 – Contra-ataque. Edigar Junio avança e chuta de fora da área. A bola passa perto, ao lado.
45 – Guerrón atravessa o campo, invade a área e chuta cruzado, sobre o gol.

0 Comentário
Blogs
Ver na versão Desktop