18º

Zagallo: "Vão ter que engolir, mais uma vez"

19/04/12 às 00:00 - Atualizado às 16:27

Em meio à polêmica indicação própria do presidente da Federação Paulista de Futebol (FPF), Marco Polo Del Nero, à vice-presidência da CBF, Mário Jorge Lobo Zagallo assumiu ontem a sua candidatura para o cargo. Aos 80 anos, o ex-técnico e ex-jogador entrou em clima de campanha eleitoral e garantiu ser melhor que o concorrente. E até usou a sua célebre frase: “Vocês vão ter que me engolir, mais uma vez!”. “Eu seria muito útil à seleção, mesmo como vice-presidente”, disse Zagallo. “Gostaria de terminar minha carreira aqui, no Maracanã, como hexacampeão. Seria a minha última Copa do Mundo, ninguém no meu lugar teria condições de apoiar a comissão técnica como eu”, completou o tetracampeão mundial, em entrevista coletiva ontem, na sede da Federação de Futebol do Estado do Rio (Ferj) - ele foi indicado ao cargo justamente pelo presidente da entidade, Rubens Lopes.
Ao lado de Zagallo, Rubens Lopes se disse "surpreso e indignado" com a indicação própria de Del Nero. Segundo ele, desde que Ricardo Teixeira assumiu a presidência da CBF, em 1989, há um "acordo de cavalheiros" entre as federações do Rio e São Paulo para que cada uma indique um vice-presidente alternadamente. "Quando faleceu o Nabi (Abi Chedid, em 2006), a vez era do Rio. Mas houve um pedido da FPF, que queria homenagear o Marin, para que abríssemos mão. Concordamos, e hoje a vez é do Rio", disse o presidente da Ferj.

Liga Europa (I)
Graças ao seu futebol vistoso, com jogadas bonitas, passes precisos e muita velocidade, o Athletic Bilbao ganhou a condição de favorito ao título da Liga Europa. Assim, mesmo jogando fora de casa, a equipe espanhola espera levar a melhor sobre o Sporting Lisboa, hoje, na partida de ida das semifinais do torneio. E motivos não faltam para o torcedor basco acreditar no time. Dos seis jogos que disputou como visitante na Liga Europa, o Athletic Bilbao venceu quatro — incluindo os poderosos Manchester United (Inglaterra), por 3 a 2, e Schalke 04 (Alemanha), por 4 a 2, de virada. O grande trunfo do Sporting Lisboa está no Estádio José Alvalade, palco da partida de hoje e onde ganhou os sete jogos que disputou, com 12 gols marcados e apenas dois sofridos.

Liga Europa (II)
Em mais uma demonstração de que o futebol espanhol vive o melhor momento da sua história, a outra semifinal da Liga Europa será disputada por duas equipes do país O Atlético de Madrid recebe o Valencia hoje, no Estádio Vicente Calderón, e dá início a um embate que promete ser marcado pelo equilíbrio. Pelo menos é o discurso do treinador do Atlético, o argentino Diego Simeone, e do Valencia, Unai Emery.

Flamengo
Ciente de que existe grande pressão sobre Ronaldinho Gaúcho, o elenco do Flamengo saiu em defesa de sua maior estrela. Em caso de derrota para o Vasco, domingo, na semifinal da Taça Rio, o time estará eliminado do Campeonato Carioca, o que resultaria no fim do primeiro semestre e em profunda reformulação do grupo e da comissão técnica. Na esperança de dar confiança a Ronaldinho Gaúcho, os jogadores prometem apoio e tentam blindá-lo das críticas, destacando sua melhora de rendimento nos últimos jogos.

São Paulo
O São Paulo conseguiu mais uma vitória na Justiça contra Oscar. O ministro do Tribunal Superior do Trabalho (TST), Renato de Lacerda Paiva, indeferiu a liminar impetrada pelo jogador que pedia a revogação da decisão que devolvia seus direitos ao clube paulista, determinada pelo Tribunal Regional do Trabalho de São Paulo (TRT-SP). O ministro ainda extinguiu a Ação Cautelar, afirmando que o julgamento da questão cabe ao TRT-SP. Com isso, Oscar continua sem poder atuar em nenhum outro clube que não seja o São Paulo.

São Paulo (II)
O resultado da decisão é um duro golpe na tentativa do meia de se ver livre do São Paulo. Embora ainda existam recursos cabíveis, a expectativa é que a lentidão do processo comece a minar a esperança de Oscar de voltar a atuar rapidamente e ele acabe cedendo e retornando ao Morumbi, de onde saiu no fim de 2009 alegando atraso de salários e FGTS, além de coação para assinar um contrato aos 16 anos, o que é proibido pela Fifa.

Vasco
O Vasco perdeu quatro mandos de campo e teve quatro jogadores (Eduardo Costa, Rodolfo, Fagner e Fellipe Bastos) duramente punidos pelo TJD-RJ, ontem, pelas ofensas e tentativa de agressão ao árbitro Wagner dos Santos Rosa, depois de partida contra o Flamengo, realizado no dia 7 de abril. Mas os dirigentes vascaínos pretendem entrar com efeito suspensivo, que será concedido pelo tribunal. Assim, o técnico Cristóvão Borges poderá escalar força máxima contra o mesmo rival, domingo, pelas semifinais da Taça Rio.

Palmeiras
Pressionado por ter sido o único clube grande que ficou fora do G4, o grupo dos quatro melhores da primeira fase do Paulistão, o Palmeiras está encarando o jogo contra o Guarani como uma decisão de campeonato. E, por isso mesmo, o técnico Luiz Felipe Scolari resolveu blindar o elenco palmeirense até a partida de domingo em Campinas, fechando treinos para a imprensa e evitando que os jogadores deem entrevistas até lá.

Publicidade
0 Comentário