17º

Grupos dos EUA e Holanda encerram Bienal de Dança

A companhia americana Aspen Santa Fe Ballet apresenta um espetáculo composto de três coreografias

27/04/12 às 13:04 - Atualizado às 13:04   |  Redação Bem Paraná com Fundação Cultural
A companhia americana Aspen Santa Fe Ballet faz a sua estreia na Bienal Internacional de Dança (foto: Divulgação/ Fundação Cultural)

A companhia americana Aspen Santa Fe Ballet faz a sua estreia na Bienal Internacional de Dança de Curitiba neste sábado (28), às 21h, no Teatro Guaíra. O espetáculo, composto de três coreografias, terá reprise no domingo (29), encerrando a programação da Bienal, que desde o dia 22 de abril movimenta a cidade, oferecendo oficinas, palestras e apresentações de dança em todos os estilos.

Outras atrações do fim de semana, no Guairinha e Teatro da Reitoria, são o grupo do coreógrafo holandês David Middendorp, a reprise dos Solos Premiados no Festival de Sttutgart, a Mimulus Cia. de Dança, de Minas Gerais, e as apresentações de 12 grupos curitibanos na manhã de domingo (29), no Memorial de Curitiba.

O Aspen Santa Fe Ballet é atualmente um dos principais grupos de dança dos Estados Unidos. Fez apresentações em importantes teatros e festivais americanos de dança, e realizou turnês internacionais pelo Canadá, Guatemala, França, Itália, Grécia e Israel.

O grupo traz para a Bienal criações de três notáveis coreógrafos da atualidade: “Stamping Ground”, de Jirí Kylian; “Left Unsaid”, de Nicolo Fonte; e “Over Glow”, de Jorma Elo. As coreografias representam o repertório sofisticado e a mistura bem-sucedida de entretenimento e balé contemporâneo que caracterizam o trabalho do Aspen Santa Fe. A companhia foi criada em 1996 pela coreógrafa Bebe Schweppe, ao lado de Tom Mossbrucker e Jean-Philippe Malaty, com escolas nas cidades de Aspen e Santa Fé, nos Estados Unidos.

Publicidade
0 Comentário