20º

Rápidas

02/05/12 às 00:00

Presentes
Se preferir comprar DVDs, revistas ou publicações, o fornecedor deverá manter amostra do produto para ser examinada. Lembre que todos os produtos vendidos no Brasil, mesmo os importados, estão sujeitos ao Código de Defesa do Consumidor. Devem conter informações claras, precisas e em língua portuguesa, indicando composição, data de fabricação e prazo de validade, bem como nome e endereço do importador.
Assegure-se da possibilidade da troca em caso de necessidade, fazendo constar por escrito na nota fiscal ou etiqueta do produto que será aceita troca. Afinal, ela só é obrigatória em caso de defeito. Para troca de cor, tamanho ou mesmo modelo é preciso contar com a simpatia do vendedor.
Em caso de parcelamento da compra desconfie quando a loja informar que o preço à vista é igual ao preço parcelado. Isto significa que a oferta já embute juros e em caso de pagamento integral exija desconto.
Caso opte pelo pagamento com cartão de crédito, o preço não deve ser diferente do pagamento à vista. Lojistas que aceitam cheques não podem impor limite de prazo de abertura da conta corrente para aceitá-los. O prazo para reclamar de defeitos ou vícios aparentes e de fácil constatação, em produtos não-duráveis, é de um mês e, para produtos duráveis, de três meses.

Tablets e telefone celular
Os tablets e telefone celular são alvo de promoções vinculadas a pacotes de tarifas nessa época, mas é importante atentar para o plano de serviços a ser contratado. Cuidado para não amarrar sua mãe a um plano de “fidelidade” que depois trará problemas caso tenha interesse em cancelar.
Lembre-se que, ao optar pelo sistema pré-pago do celular, você paga adiantado pelo serviço e em um  valor muito mais elevado do que o cobrado para as chamadas por um sistema pós-pago. Atenção às promoções das operadoras e das lojas: procure entender bem as vantagens oferecidas, como bônus e pacotes de serviços.

Trocas
Aos que preferem presentear com roupas ou calçados, é importante verificar a possibilidade de troca de tamanho, cor e modelo. É preciso constar, na nota fiscal, ou na etiqueta da peça, a possibilidade e prazo para troca.
Se a opção for por perfumes, é preferível escolher os hipoalergênicos, para evitar alergia ao produto. O rótulo deve indicar claramente a composição, data de validade, identificação do fabricante e o modo de usar.

Pirataria
A Proteste desaconselha compras de vendedores informais, cujos produtos não tenham origem definida e nem nota fiscal, sem qualquer garantia. Em caso de problemas, não há como reclamar. Não se devem comprar produtos falsificados, os chamados “piratas”. Além da ilegalidade, não há qualquer garantia de troca ou conserto, em caso de problemas de funcionamento.

Publicidade
0 Comentário