13º

Festa do trabalhador reúne mais de 100 mil pessoas

No evento foi sancionado o novo mínimo regional que varia entre R$ 783,20 e R$ 904,20

02/05/12 às 00:00 - Atualizado às 21:58
Milhares de pessoas participaram do 1ºde Maio Solidário, neste ano realizado em novo espaço (foto: Valquir Aureliano)

A 11ª edição do 1º de Maio Solidário da Força Sindical, evento que comemora o Dia do Trabalho, levou mais de 100 mil pessoas para o Parque São José dos Pinhais ao longo de toda a terça-feira. Os trabalhadores participaram de diversas atividades, com brincadeiras, shows e sorteio de prêmios. No evento, o governador Beto Richa também sancionou o reajuste de 10,32% no salário mínimo regional, que passa a ter valores entre R$ R$ 783,20 e R$ 904,20, sendo o mais alto do país.
Durante a assinatura do novo salário mínimo regional, o governador Beto Richa também afirmou que os trabalhadores paranaenses têm muito a comemorar neste Dia do Trabalho. “Em 15 meses de governo, foram gerados 165 mil novos empregos com carteira assinada no Estado”, disse. Ele comentou outros excelentes resultados recentes do Estado, como o crescimento industrial do Paraná de 7%, a maior do Brasil no ano passado, quando a média nacional foi 0,3%. Segundo Richa, todos os indicadores econômicos mostram os acertos das políticas públicas atuais.


As comemorações iniciaram com a tradicional missa do trabalhador, celebrada pelo Padre Reginaldo Manzotti, shows com a dupla Guilherme & Santiago e artistas locais, brinquedos para as crianças, ações de cidadania, além de um amplo espaço de praça de alimentação.
Para entrar no evento, os participantes doaram agasalhos e alimentos não perecíveis que serão doados a instituições beneficentes. Na edição anterior, foram mais de 40 toneladas arrecadadas. Este ano a Força Sindical está engajada na Campanha do Agasalho Espalhe Calor 2012, realizada pelo Governo do Estado por meio da Secretaria da Família e Desenvolvimento Social.
O tema da festa neste ano foi “Menos Juros e Mais Salários”, em protesto contra a política orçamentária do governo federal. O evento defendeu também a geração de mais empregos e melhores salários e condições de trabalho.
A festa foi para São José dos Pinhais neste ano por causa do espaço. Até o ano passado a festa era realizada no Centro Cívico, mas por questões óbvios não tinha capacidade para oferecer conforto a tanta gente. Os eventos eram realizados para um público de 40 a 50 mil pessoas.

Publicidade
1 Comentário
  • Evelyn Ariane 02/05/12 às 19:16
    eu estava la e adorei de mais.
    tinha o guilherme e santiago adorei mais ainda, e claro dos outros cantores tambem...