12º

Protesto contra Putin reúne 20 mil em Moscou

Manifestação acontece na véspera da posse de presidente eleito

06/05/12 às 15:22   |  Agência Brasil

Na véspera da cerimônia de posse do presidente eleito da Rússia, Vladimir Putin, cerca de 20 mil pessoas, de acordo com os organizadores, saíram hoje (6) às ruas de Moscou, a capital russa, para protestar contra a política nacional. Policiais prenderam 250 manifestantes, entre eles Serguei Udaltsov, o líder da Frente de Esquerda, um dos principais movimentos de protesto contra a política russa. Udaltsov foi preso no momento em que discursava para a multidão.A polícia de Moscou informou, em comunicado, que as prisões foram feitas porque as pessoas participavam de “ações ilegais”. Os ativistas políticos Boris Nemtov e Alexei Navalni, que são conhecidos na Rússia por suas ações,  também foram detidos.

Ocupando o cargo de primeiro-ministro no atual governo, Putin venceu as eleições presidenciais, sem dificuldades. Mas muitos russos levantaram dúvidas sobre a lisura do processo eleitoral. Para analistas políticos internacionais, há suspeitas de irregularidades no processo. Putin ocupou a Presidência da República na Rússia de 2000 a 2008.Putin toma posse amanhã (7) para cumprir o terceiro mandato como presidente da Rússia. Ele foi eleito em 4 de março, com cerca de 64% dos votos. A cerimônia de posse deve reunir 2 mil convidados.

Publicidade
0 Comentário