13º

Candidato a vereador assassinado estava jurado de morte

Ele foi morto ao lado de namorada

08/05/12 às 18:59   |  Redação Bem Paraná, com Banda B

Policiais da Delegacia de Pinhais estão descartando a possiblidade de um crime político no que se refere ao assassinato do casal Alex Sandro Ramos e Aline da Silva, de 18 anos.O casal foi assassinado por volta das 15 horas da última sexta-feira (04) no Conjunto Renato Bonilauri em Pinhais, região metropolitana de Curitiba.

Apesar de Alex ser filiado ao PV (Partido Verde) e ter a pretensão de se candidatar para as eleições municipais, segundo a polícia, ele já tinha passagens pela polícia e estava jurado de morte.

Os dois estavam dentro de um Renault Megane prata, placas de Curitiba, fazendo um lanche em frente a uma panificadora na rua Belo Horizonte, quando a refeição foi interrompida por dois homens num Celta que atiraram contra o casal. Ambos morreram na hora.

“Sabemos que ele teria disparado alguns tiros no Weissopolis e pessoas queriam matá-lo. Além disso, Alex tinha passagens pela polícia por receptação e a família diz que seria usuário de drogas”, disse o delegado Fábio Amaro.

A polícia espera nas próximas semanas prender os suspeitos de terem matado o casal.

Publicidade
0 Comentário