23º

Jovem que teria sido agredido em bar tem perna amputada

Informações são do advogado da família

12/05/12 às 17:44   |  Redação Bem Paraná com portal Banda B

O estudante de 18 anos que teria sido agredido por seguranças do James Bar, em Curitiba, na madrugada do última domingo (6), passava por uma cirurgia para amputar a perna esquerda, no fim da manhã deste sábado (12), conforme informação do advogado da família, Edison Rangel Júnior. De acordo com Rangel, a junta médica da Clínica de Fraturas Novo Mundo, onde ele está internado, decidiu pelo procedimento para salvar a vida do rapaz.
“Infelizmente, foi necessário amputar para evitar um mal maior, que era o risco de ele perder a vida”, falou o advogado. De acordo com informações repassadas pelos médicos aos pais do rapaz, houve uma séria infecção, seguida de obstrução de artérias da perna. Os rins, então, passaram a trabalhar no limite da capacidade, para compensar o problema. Posteriormente, o estudante foi submetido à hemodiálise, que não funcionou. “Para evitar a falência dos rins, optaram pela amputação.”
O inquérito policial do caso deve ser instaurado nesta segunda-feira

Publicidade
0 Comentário