Mãe é presa por tentar asfixiar menino que fazia bullying contra sua filha

Mulher admitiu erro, mas argumentou que ninguém sabia o quanto a filha havia sofrido

31/05/12 às 19:12 - Atualizado às 19:12 Redação Bem Paraná com UOL

Irritada com os comentários maldosos publicados sobre a filha dela no Facebook, uma mãe teria tentado asfixiar um adolescente de 14 anos, acusado de cometer o cyberbullying. A mulher foi presa pela polícia da Flórida (EUA).

A suspeita negava ter tentado asfixiar o adolescente e afirmava que “acidentalmente tocou o pescoço dele”.

No entanto, uma testemunha e imagens do circuito interno de segurança de um shopping em St. Petersburg, onde ocorreu o ataque, mostraram que Debbie havia mentido.

Segundo o “Huffington Post”, Debbie Piscitella, 46, e a filha dela, uma adolescente de 14 anos, estavam no shopping na última segunda (28) quando encontraram o colega de escola da garota no local. A filha comentou com a mãe que era aquele o rapaz da escola que praticava ciberbullying contra ela no Facebook. 

Na rede social, Debbie tentou se defender. Segundo ela, que admitiu ter errado, o rapaz atormentava sua filha na escola, dizendo que ninguém poderia ter noção do quanto a adolescente sofreu, e que seu marido já havia abordado o garoto para reclamar do bullying. 

Debbie enfrenta uma acusação de abuso infantil e foi solta sob fiança de US$ 5 mil.

0 Comentário

Você precisa acessar o seu perfil para comentar nas matérias.

Blogs
Ver na versão Desktop