26º

Ronaldinho Gaúcho vai à Justiça e sai do Flamengo

01/05/12 às 00:00

Vinte mil rubro-negros celebraram em 12 de janeiro de 2011 a chegada de um novo ídolo à Gávea. Pouco menos de 17 meses depois, o casamento terminou de forma litigiosa e com traumas de lado a lado. Ao conquistar, ontem, uma liminar que o libera do contrato firmado com o clube até 2014 e cobra R$ 40 milhões em dívidas, Ronaldinho Gaúcho deixa o Flamengo com menos prestígio do que chegou e em desgraça com a maior torcida do País. Tinha por objetivo retornar à seleção brasileira e sonhava disputar os Jogos Olímpicos de Londres e até a Copa do Mundo de 2014. Na última convocação do técnico Mano Menezes, foi preterido e recebeu reprovação pública até do presidente da CBF, José Maria Marin.

O clube, por seu lado, teve pouco retorno técnico em campo e agora precisa lidar com mais uma vultosa dívida, além de ficar com a imagem arranhada pela má administração que permitiu ao craque entrar na Justiça contra o atraso nos salários e direitos de imagem. O atacante cobra R$ 40,177 milhões. No início de 2011, ele assinou compromisso de quatro anos com valor total de cerca de R$ 50 milhões. O Flamengo vai recorrer da decisão e tentará desqualificar a conduta de Ronaldinho em seu período no clube.

Publicidade
0 Comentário