16º

Sistema de alerta da Rocinha é disparado preventivamente devido ao excesso de chuva

De acordo com o Centro de Operações da prefeitura do Rio, choveu 200 milímetros nas últimas 96 horas

09/06/12 às 17:28   |  Agência Brasil

 As sirenes do Sistema de Alerta e Alarme Comunitário na Rocinha, zona sul carioca, foram disparadas, preventivamente, na tarde de hoje (9), por causa do elevado índice de chuva acumulada na região. Para evitar acidentes, cerca de 900 moradores foram encaminhados, por agentes comunitários, da Defesa Civil e da Secretaria Municipal de Assistência Social, aos dez pontos de apoio na área.

De acordo com o Centro de Operações da prefeitura do Rio, choveu 200 milímetros nas últimas 96 horas, mais que o dobro do esperado para todo o mês, o que pode deixar a encosta vulnerável e provocar deslizamentos.

Ainda segundo informações da prefeitura, antes de as sirenes tocarem, lideranças comunitárias treinadas pela Defesa Civil já alertavam aos moradores sobre a possibilidade de deixarem suas casas. Os líderes foram avisados sobre as condições por mensagens de celular, por meio do sistema municipal de alerta preventivo. Equipes da Defesa Civil realizam vistorias na região.

Instalado em 102 comunidades, o Sistema de Alerta e Alarme Comunitário foi acionado hoje pela segunda vez este ano, sendo a primeira na Rocinha. Em março, as sirenes soaram na comunidade Sítio Pai João, no Itanhangá, zona oeste.

De acordo com o Centro de Operações, o município continua em estágio de atenção, segundo nível em uma escala de quatro, que significa a possibilidade de chuva moderada e ocasionalmente forte.
 

Publicidade
0 Comentário