14º

Cristo Redentor acorda pichado com nome e número de Ronaldinho Gaúcho

Nome do atacante, porém, foi grafado errado

12/06/12 às 18:27 - Atualizado às 20:27   |  Redação Bem Paraná com Agências Online
Vândalos esqueceram da letra "L" do nome do craque (foto: Agência Estado)

A estátua do Cristo Redentor em Belo Horizonte amanheceu pichada nesta terça-feira (12) com o nome e o número de Ronaldinho no Atlético Mineiro. 

O mais curioso, porém, foi o erro no nome do atacante, que acabou grafado com “Ronadinho”, sem a letra “L”, e a pichação acabou virando motivo de piada.  

Dois vândalos foram responsáveis pela ação e um deles já foi detido. O homem, de 32 anos, é pintor e se defendeu afirmando que não pichou o monumento, tendo apenas transportado o criminoso ao local.

"Se tivesse sido eu, teria escrito certo", disse o pintor, que admitiu, porém, que  pichar é uma forma de "lazer".

A delegada Cristiane Moreira informou que o suspeito já tem passagens anteriores pela polícia por tráfico de drogas, assalto e pichação. Os atos de vandalismo eram cometidos desde a década de 1990 nos principais pontos de Belo Horizonte. O homem chegou a cumprir pena, mas foi liberado em 2010.

O homem foi preso logo após o crime, enquanto guardas vasculhavam a área. Segundo o guarda Rubens Alves, o carro do suspeito bateu no meio fio, e o pneu estourou. Neste momento, ele foi detido.

Em sua estreia, contra o Palmeiras, Ronaldinho teve boa atuação e o Galo venceu a equipe paulista por 1 a 0, gol do atacante Jô.

Publicidade
0 Comentário