18º

Oliveira injeta experiência para semifinal

Pereira, 33 anos, entra na zaga, em vez de Démerson, 26. E Tcheco, 36, ganha vaga no time

13/06/12 às 00:00 - Atualizado às 21:52   |  Lycio Vellozo Ribas
Tcheco (à esqueda): pregando controle físico e mental na semifinal (foto: Franklin de Freitas)

O Coritiba pode ter duas mudanças para o primeiro jogo das semifinais da Copa do Brasil, amanhã, diante do São Paulo. E as duas mudanças serviriam para injetar experiência na equipe: entram o zagueiro Pereira, 32 anos, e o meia Tcheco, 36.

Pereira, se confirmado pelo técnico Marcelo Oliveira, tomaria a vaga de Démerson, 26 anos. Quanto a Tcheco, o treinador não confirmou no lugar de quem ele entraria. Mas, no atual contexto, o mais cotado a ceder o lugar é Roberto, 26 anos. Com os antigos titulares, a média de idade coxa-branca seria de 25,7 anos. Com os dois novos egressos, subiria para 27,1. Além disso, Pereira é o único jogador do elenco coxa-branca que tem no currículo um título brasileiro – foi campeão nacional com o Santos, em 2002 e 2004. Tcheco, por sua vez, já esteve em uma final de Libertadores, pelo Grêmio, em 2007.

Uma das idéias do técnico Marcelo Oliveira com essa injeção de experiência é dar mais autocontrole emocional à equipe. “Nesse jogo a gente tem que ter um controle emocional e físico muito grandes para que a gente leve a decisão realmente para o Couto Pereira”, falou Tcheco. “No primeiro jogo, que é na casa deles, certamente eles vão colocar uma pressão muito forte, um ritmo muito grande. A gente precisa se comportar como um verdadeiro finalista”.

Oliveira não confirmou as mudanças. Mesmo porque o treino de ontem em Atibaia (SP), onde a delegação coxa-branca está concentrada, foi fechado. Mas seriam as únicas alterações na equipe. Isso praticamente garante na semifinal o goleiro Vanderlei, o zagueiro Emerson, os laterais Ayrton e Lucas Mendes, os volantes Willian e Sérgio Manoel, os meias Everton Ribeiro e Lincoln e o atacante Everton Costa.

O segredo feito pelo treinador é defendido por outros jogadores. “Tudo é válido numa semifinal de Copa do Brasil”, afirmou o volante Willian. “Mas todo mundo já conhece o elenco do Coritiba. Todos já atuaram. Se o professor esconder (a escalação), é válido”.


No Couto

Arbitragem
A CBF divulgou a a escala de árbitros responsáveis pelas partidas de ida da semifinal da Copa do Brasil. O Coritiba enfrenta o São Paulo, amanhã, às 20h30, no Morumbi, sob os olhos de Ricardo Marques Ribeiro (MG), que terá Altemir Haumann (RS) e Marcio Eustáquio S. Santiago (MG) como auxiliares.

Publicidade
1 Comentário
  • marcelo 13/06/12 às 06:02
    vamos vamos meu verdao