12º

Pais são condenados por assassinar filha "muito ocidentalizada"

Shafilea se recusava a casar com um primo e chegou até mesmo a fugir de casa

03/08/12 às 18:31   |  Redação Bem Paraná com UOL

O júri do Tribunal de Chester Crown, na Inglaterra, considerou culpado um casal paquistanês residente no país pela morte da própria filha. A irmã da vítima afirmou ter visto os pais asfixiarem a filha Shafilea, no ano de 2003.

Iftikhar e Farzana Ahmed foram condenados a 25 anos de prisão. eles, a filha mais velha, de 17 anos, “era muito ocidentalizada” e estava “trazendo vergonha para a família” por não aceitar um casamento arranjado.

A vítima tinha somente 10 anos quando começou a contestar o rigor dos pais, segundo o promotor Andrew Edis. Amigos disseram que Shafilea costumava usar roupas ocidentais na escola e se trocava momentos antes de o casal ir buscá-la. Os mesmos colegas contaram que era comum ver a amiga chorando nas aulas e reclamando das constantes agressões que sofria de sua mãe, que se intensificaram entre novembro de 2002 e janeiro de 2003, quando a jovem começou a sair com meninos.

Em fevereiro de 2002, Shafilea fugiu com o namorado Mushtaq Bagas e pediu a assistentes sociais que lhe enviassem a um abrigo, já que os pais queriam forçá-la a se casar com um primo. No começo do ano seguinte, ela foi levada para o Paquistão pelos pais, onde participou de protesto contra o casamento forçado, no qual bebeu alvejante. Ao retornar à Inglaterra, em maio daquele ano, Shafilea deu entrada em um hospital para tratar os danos causados pelo produto em sua garganta.

Mesmo depois de receber alta, ela continuou sofrendo agressões dos pais por sua maneira de se vestir.

Casamentos forçados são comuns na comunidade muçulmana no Reino Unido. Cerca de 1,8 milhão de imigrantes islâmicos moram na Inglaterra.

Publicidade
7 Comentários
  • jorge 04/08/12 às 10:47
    25 anos só isto? Agarota foi torturada pelos pais durante anos.
  • nuno miguel 04/08/12 às 09:54
    as vezes os emigrantes esquesem se que cada pais tem a sua leslilaçao que deve ser respeitada.se es muçulumano isto ela no paquistao.vao pra cadeia os dois.
  • Oliveira 03/08/12 às 22:49
    São realmente um bando de ignorantes essas civilizações que simplesmente pararam no tempo. Na verdade pararam há cerca de 2000 anos atrás e não é a toa que seus paises são na maior parte pobres ou destruídos por ¨guerras santas¨, outro absurdo.
  • daniel 03/08/12 às 22:41
    isto e uma safadesa do pai e da mae
  • lourdes 03/08/12 às 21:38
    ´´O´ infelicidade de mundo!
  • Giovanna Aguiar de Paula 03/08/12 às 20:51
    É muito tragico mais as violencias foi criado pelos seres humanos a muitoa anos acontece tragedias assim e pior
  • evandro 03/08/12 às 19:52
    Uma vergonha que ainda exista tamanho fanatiso. Cadeira elétrica seria a solução para estes assasinos