A ética pede passagem

09/10/12 às 21:10 - Atualizado às 21:31 por Fernando Tupan

O Brasil está neste momento passando por uma reviravolta de valores. A famosa lei de Gerson – de se levar vantagem em tudo sem se importar com questões éticas ou morais – está com os dias contados no país do carnaval. A nova relação nasceu em 2012, com o julgamento do mensalão, onde ficou claro que todos os brasileiros são iguais perante a lei.
O voto proferido pelo ministro Marco Aurélio do Supremo Tribunal Federal selou a condenação do ex-ministro da Casa Civil, José Dirceu, o todo poderoso do primeiro mandato do governo do ex-presidente Lula, é um marco na democracia brasileira. A partir de agora, apesar da judicialização da política, as relações serão mais claras e ideológicas nos meios políticos.
José Dirceu não subiu na prancha do STF sozinho. O ex –presidente do PT, José Genoino, também o seguiu, ao lado do ex-tesoureiro do partido, Delúbio Soares. O posicionamento dos ministros aponta que a Lei de Gerson perdeu espaço para Lei de Irmã Dulce – onde a coletividade deve levar vantagem em tudo.

Mudança
O candidato Gustavo Fruet (Curitiba Quer Mais) deu a arrancada para o 2º turno fazendo campanha em um bairro onde perdeu de goleada para o adversário Ratinho Junior (Curitiba Criativa) – Sítio Cercado. A estratégia de Fruet para o segundo turno será marcar presença nos locais onde ele mostrou debilidade no 1º turno.

Telefone toca
Os vereadores eleitos e aqueles que tiveram votações expressivas e não se reelegeram, foram procurados por emissários dos candidatos à prefeitura de Curitiba durante a terça-feira. As coligações não admitiam ouvir um não. A cada mostra de indefinição, um coordenador mais graduado voltava a ligar para insistir ou tentar evitar o apoio para o adversário. Agora no segundo turno, todo voto conta.

Primeiro da fila
Felipe Braga Cortes (PSDB) foi o primeiro vereador a aderir à campanha de Gustavo Fruet. Durante a sessão da Câmara de Curitiba, o tucano aproveitou a presença dos homens da latinha para anunciar a decisão. Cercado de jornalistas, Braga Cortes afirmou ter pensado muito para tomar a decisão. Justificou a posição revelando que sempre votou em Fruet para deputado federal e para o senado. 

Reencontro
Gustavo Fruet voltou a se reunir com os principais nomes do petismo paranaense na manhã de ontem. A reunião era para definir a estratégia que será adotada no segundo turno. As decisões tomadas foram a de reforçar a comunicação social do candidato, que ampliará a estrutura que era pequena, e invadir os bairros onde o pedetista teve desempenho eleitoral menor do que o do adversário.

Champanhe
O Partido dos Trabalhadores comemorou o desempenho eleitoral na eleição de domingo em todo Paraná. Houve crescimento do número de prefeitos eleitos. O partido elegeu 40 prefeitos, 48 vices, sendo oito com chapa pura, e aproximadamente 350 vereadores. A executiva petista afirma que o PT terá influência direta em 208 municípios na eleição de 2014.

Representante do CAP
O vereador eleito Paulo Rink (PPS) está se intitulando único representante do Clube Atlético Paranaense na Câmara de Curitiba quando deveria ser o representante da população curitibana, sem cores esportivas. A posição do ex-atleta não foi bem vista pelos movimentos sociais que temem a utilização do cargo para benefício de uma entidade não pública.

Fora da turma
Os candidatos petistas que foram ao 2º turno no Paraná, EnioVerri (Maringá), Professor Lemos (Cascavel) e Péricles de Mello (Ponta Grossa) irão para Brasília nos próximos dias. Não está descartada sessões de fotografia com a presidenta Dilma Roussef. Mas antes, o trio estará em São Paulo, onde deverá se encontrar com o ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva para sessão de fotografias. Gustavo Fruet não foi convidado até o momento.


Lousa interativa
O Comitê 98440 de Combate à Corrupção Eleitoral vai intensificar a fiscalização no 2º turno. A medida é para inibir os candidatos à prefeitura de Curitiba de largarem cavaletes nas ruas de Curitiba entre 22h e 06h. Esse foi o item campeão de denúncias no 1º turno, com mais de 100 encaminhamentos ao Ministério Público.  **** A gafe do senador Álvaro Dias, em criticar o desempenho eleitoral de Luciano Ducci na eleição de domingo, caiu mal no ninho tucano. Alguns grupos criticaram a posição dele, de se manter afastado, e assobiam que ele pode ter dificuldade de conseguir legenda em 2014 para disputar mais uma reeleição. **** O deputado Caito Quintana estava faceiro na terça-feira. O líder do PMDB na Assembleia Legislativa contou que 15 prefeitos apoiados por ele saíram vitoriosos nas urnas na microrregião de Francisco Beltrão, onde atua politicamente. Sete são do PMDB, entre eles Antônio Cantelmo Neto em Beltrão e RaulIsotton, em Dois Vizinhos. **** O ex-ministro da Casa Civil, José Dirceu, foi condenado por corrupção ativa. A maioria de 6 a 2 optou pela condenação e ainda faltam os votos dos ministros Celso de Mello e o presidente do STF, Carlos Ayres Britto. O ex-presidente do PT, José Genoino, também foi condenado (7 a 1) e o ex-tesoureiro do PT, Delúbio Soares (8 a 0). ****O boletim Focus, divulgado pelo Banco Central, aponta que as expectativas do mercado para a inflação do país em 2012 continuaram a dar sinais de aumento. A estimativa para o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) subiu pela 13ª semana consecutiva, de 5,36% para 5,42.

Leia mais notícias no
SITE: www.bemparana.com.br/tupan
TWITTER: @fernandotupan  
FACEBOOK: @ Fernando tupan

 

0 Comentário

Você precisa acessar o seu perfil para comentar nas matérias.

Últimas de Coluna do Tupan
Coluna do Tupan Redefinição de forças
Coluna do Tupan Movimento
Coluna do Tupan Relações
Blogs
Ver na versão Desktop