Patrimônio mundial

13/02/13 às 15:27 - Atualizado às 15:30 Por Rodrigo Browne - naesquinadomundo@gmail.com
Vista Panorâmica de Olinda, a partir da Caixa D'Água do Alto da Sé (foto: Laila Santana)

Patrimônio mundial
Uma das cidades mais aprazíveis de se visitar depois do Carnaval é – por incrível que pareça – uma das cidades mais carnavalescas do Brasil: Olinda. O nome já diz tudo. Conta que na sua fundação o fidalgo português Duarte Coelho – dono da Capitania Hereditária de Pernambuco – ao chegar no local exclamou: “Ó linda situação para se construir uma vila”. Pronto. A cidade foi erguida e o nome de batismo ficou por conta da admiração. Oficialmente o aniversário da cidade é comemorado no dia 12 de março, e esse ano serão celebrados 479 anos!

Jan Ribeiro


Igreja do Carmo Reformada

* * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *

Chico Atanásio


Ladeira da Misericórdia

Depois da correria do Carnaval é a hora que a cidade pode ser admirada. Se durante a folia é humanamente impossível apreciar as belezas históricas do lugar – por conta de uma multidão de pessoas que vão brincar no famoso carnaval -, no restante do ano Olinda é uma cidade bucólica e de uma beleza deslumbrante. Só quem não percebeu isso foram os holandeses que em 1631 invadiram Pernambuco e colocaram fogo na Vila, que foi reconstruída em 1654, quando foram merecidamente expulsos, afinal de contas tocar fogo num lugar tão bonito...

* * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *

Antonio Melcop


Vista Aérea da Igreja de São Pedro

Quem vai a Olinda precisa ter disposição. Uma das características da cidade, além das inúmeras igrejas, são as ladeiras. Uma delas, a Ladeira da Misericórdia é uma verdadeira prova de resistência na subida. Mas quando se chega na parte alta da cidade o esforço é recompensado com uma das vistas mais lindas do Brasil. A cidade com suas árvores, as igrejas, o casario histórico (muito conservado) e o mar verde se descortinando ao fundo da paisagem, é deslumbrante, ou melhor é linda! Essa beleza foi reconhecida pela ONU em 1982 quando elevou Olinda como Patrimônio Histórico e Cultural da Humanidade.

* * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *

Passarinho


Igreja do Rosário dos Homens Pretos

Uma outra qualidade da cidade é a gastronomia. Não faltam boas opções. Desde uma simples tapioca – um símbolo cultural de Olinda feita nos tabuleiros das barracas no Alto da Sé (ao lado de uma galeria cheia de lojinhas de artesanato), ou em restaurantes mais sofisticados e bem saborosos como o Beijupirá (Rua Saldanha Marinho, s/n - ao lado da Igreja da Misericórdia Tel: 81 3439.6691) ou o famoso Oficina do Sabor (www.oficinadosabor.com.br ) entre outras opções. Para saber mais a prefeitura disponibiliza um site com todas as informações: www.olinda.pe.gov.br/guia-turistico

* * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *

* * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *******
Rodrigo Browne
naesquinadomundo@gmail.com

0 Comentário

Você precisa acessar o seu perfil para comentar nas matérias.

Últimas de Na esquina do mundo
Na Esquina do Mundo Pulmão carioca
Na Esquina do Mundo Turismo, arte e meio-ambiente
Na Esquina do Mundo Maravilha do Brasil
Blogs
Ver na versão Desktop