F1 – mais um mistério

02/08/13 às 00:00 Robbi Perez | quadriculada@robbiperez.com.br

F1 – mais um mistério
Confesso que fiquei muito contente com a primeira vitória de Hamilton na Mercedes, primeiro por ser mais uma deste grande talento que entrou tão jovem na categoria, mas principalmente por ver que a sua decisão de mudar de equipe e deixar a sua mentora McLaren foi uma das mais acertadas dos últimos tempos. Pois ao contrário do que muita gente dizia - que a mudança de equipe seria como trocar seis por meia dúzia - a nova equipe está dando condições para o inglês demonstrar que ainda tem muita lenha para queimar.

No entanto, ainda não posso engolir o fato de que justamente após um treino secreto feito com a fornecedora de pneus da categoria, este carro milagrosamente passou a se comportar de uma forma mais efetiva e de repente, além de ser veloz para as tomadas de tempos, ficou super veloz durante as corridas, coisa que não acontecia antes do dito treino obscuro, pois os carros perdiam rendimento durante as provas.

Isso até justifica as vitórias de Rosberg e agora de Hamilton, o que me deixa realmente perplexo, por ver que dentro da categoria ninguém protesta por mais nada, acatando as punições que a Fia pratica com respeito a algumas violações de regulamento, ficando tudo por isso mesmo. Para mim, sinceramente, isso não passa de uma grande marmelada ou tem coisa muito mais séria que certamente nós jamais teremos acesso. Eu que participei e conquistei grandes feitos dentro deste esporte, fico bastante triste com este tipo de ocorrência e espero que num futuro não muito extenso eu possa mudar de pensamento.

Quanto a esta etapa, além de ter visto a soberania de Hamilton, vimos Raikkonen mais forte do que nunca, conquistando um excelente segundo lugar muito disputado com Vettel que terminou em terceiro. Em quarto tivemos Webber que mais uma vez fez uma super corrida, ajudando a sua equipe a conquistar pontos que serão muito importantes no mundial de construtores no final. Apático e quase despercebido, Alonso terminou em quinto lugar, perdendo a vice-liderança do mundial para o Raikkonen.

Felipe Massa mais uma vez fez uma largada de gente grande, mas após um toque com Rosberg nas primeiras voltas, teve a sua asa dianteira danificada e com isso o seu resultado não passou de um oitavo lugar. Agora a categoria entra num recesso de um mês e na volta veremos o que vai rolar. A todos um super abraço.

* * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *
Robbi Perez
quadriculada@robbiperez.com.br

Robbi Perez é piloto de Fórmula 3 - quadriculada@robbiperez.com.br

Últimas de Quadriculada
Quadriculada Corrida do milhão
Blogs
Ver na versão Desktop