Superligas de vôlei terão sets de 21 pontos

15/08/13 às 00:00
SAIBA MAIS

As Superligas masculina e feminina de vôlei terão sets de 21 pontos na temporada 13/14, ao invés dos 25 habituais. A mudança foi definida durante as plenárias com representantes da Confederação Brasileira de Voleibol (CBV), dos clubes participantes e da Comissão de Atletas masculina. A novidade, que conta com o aval da Federação Internacional de Voleibol (FIVB), já vem sendo testada com sucesso no Campeonato Paulista e será pela primeira vez utilizada em uma competição nacional.

Superliga (II)
Segundo Renato D’Ávila, superintendente técnico da CBV, o novo formato traz mais agilidade ao jogo e já tem demonstrado resultados positivos nos primeiros jogos realizados pelos clubes paulistas.
Com a mudança, as paradas técnicas acontecerão quando uma das equipes chegar a sete e a 14 pontos. A expectativa é de que o jogo ganhe ainda mais dinamismo, ganhando em emoção para o espectador.
O central Gustavo, do Kappesberg Canoas, representou a Comissão de Atletas, presente pela primeira vez à plenária masculina, e aprovou a novidade.
"Certamente essa mudança vai diminuir o tempo de jogo. Há prós e contras como em qualquer mudança. Teremos o Paulista como base e faremos o melhor para que dê certo", afirmou o jogador.

Espanha
A Espanha entrou em campo com apenas cinco jogadores que foram titulares na final da Copa das Confederações contra o Brasil (Casillas, Arbeloa, Sergio Ramos, Jordi Alba e Iniesta) e apenas dois deles jogaram os 90 minutos (Arbeloa e Jordi Alba), mas mesmo assim o time impôs sua qualidade e derrotou o Equador, em Guayaquil, por 2 a 0. Negredo e Cazorla fizeram os gols. Em Berlim, o Paraguai deu muito trabalho para a Alemanha e por pouco não saiu com a vitória. Abriu 2 a 0, cedeu o empate, fez o terceiro gol e aos 31 minutos do segundo tempo levou o que definiu o placar em 3 a 3. Nada mal para um time que vai mal das pernas nas Eliminatórias.

Blogs
Ver na versão Desktop