Equilíbrio é essencial

03/09/13 às 00:00 Por Rodrigo Caron

Quem está se preparando para o vestibular e só estuda desde o começo do ano, provavelmente já começou a sentir um ou mais sintomas, como cansaço, ansiedade, insônia, estresse, ganho de peso e desmotivação. Isso acontece porque a maioria dos vestibulandos se dedica tanto aos estudos, que deixa de lado coisas básicas do dia a dia, como comer de forma adequada, manter a atividade física, o lazer e o repouso.

A tendência, em grande parte dos vestibulandos, é a diminuição do uso do corpo como ferramenta de trabalho e o aumento da utilização da mente. Para enfrentar a situação, o estudante acaba excedendo as atividades fisiológicas convencionais, liberando várias substâncias ativadoras, como cortisol, estaminas e adrenalina que, à medida que permanecem por muito tempo no organismo, causam estresse generalizado e dificuldade de dormir.

Cuidar do corpo, ter momentos de repouso e manter uma organização de rotina, são os pontos centrais para manter a qualidade de vida no período pré-vestibular. No caso de pessoas que começam apresentar sintomas de estresse generalizado com características fóbicas ou com perda de controle, deve-se procurar um acompanhamento especializado, com orientação médica, terapia ocupacional ou psicológica, pois orientações e intervenções especificas tornam o processo menos penoso. Se permitir a alternativas quanto a realização de concursos, repensar o grau de cobrança de si mesmo, possibilitar fazer mais de uma prova de preparo, permitem aumento de confiança e melhora no rendimento.


Rodrigo Caron, professor de Psicologia da UniBrasil.

0 Comentário

Você precisa acessar o seu perfil para comentar nas matérias.

Últimas de Dicas de Vestibular
Dicas de Vestibular Equilíbrio é essencial
Blogs
Ver na versão Desktop