O inglês maquinista

10/09/13 às 00:00 Por Alex Wolf

A obra “Os dois ou o inglês maquinista”, de Martins Pena, foi indicada pelo segundo ano consecutivo para o vestibular da UFPR. Escrito e encenado na década de 1840, o livro critica os costumes da sociedade brasileira do século 19. Entre 1820 e 1830, o Brasil firmou acordos internacionais e promulgou leis que declararam extinto o tráfico internacional de escravos e livres os negros que entrassem em território nacional. A obra aborda o comércio ilegal de escravos e a forma como os negros eram tratados no Brasil daquela época.

“Os dois ou o inglês maquinista” é uma comédia romântica que gira em torno da disputa entre Gainer e Negreiro pelo amor de Mariquinha, uma jovem brasileira, filha de uma viúva rica. Gainer é um inglês que precisa de dinheiro para financiar um projeto que considera revolucionário. Ele ameaça denunciar o comércio ilegal de escravos – não por preocupação com o cumprimento da lei, mas visando afastar da casa de Mariquinha o traficante de escravos, Negreiro. No meio da disputa está o primo da jovem, Felício, com quem Mariquinha compõe o casal romântico da peça.

Quem quiser saber mais sobre a obra, o Grutun! Grupo de Teatro UniBrasil estreia a peça “O Inglês Maquinista”, no dia 14 de setembro, no Teatro Cleon Jacques, em Curitiba. O espetáculo faz parte de um projeto chamado Grutun! Literatura, que consiste na apresentação de trechos da literatura brasileira, com um pequeno debate, ao final, sobre a obra apresentada. A peça terá apenas quatro apresentações – nos dias 14, 15, 21 e 22 de setembro, sempre às 18h. Com entrada gratuita e espaço limitado, é importante chegar cedo para conseguir lugar.


Alex Wolf, diretor teatral.

0 Comentário

Você precisa acessar o seu perfil para comentar nas matérias.

Últimas de Dicas de Vestibular
Dicas de Vestibular Equilíbrio é essencial
Blogs
Ver na versão Desktop