"50 tons de cinza" não terá cenas de sexo explícito

27/01/14 às 12:33 - Atualizado às 12:35 Redação Bem Paraná, com Bonde News
(foto: Divulgação)

Atualmente, as filmagens do filme “50 tons de cinza” ocorrem em Vancouver, Canadá. Na semana passada, surgiu o rumor de que a adaptação do Best-seller perderia algumas cenas de sexo.

Nos livros da série "50 tons...", o autor E. L. James cria cenas explícitas de sexo e sadomasoquismo, portanto os fãs esperavam que isso se realizasse também no longa-metragem. Porém, a adaptação não será tão picante.

Os produtores do filme publicaram um texto falando sobre os rumores:

"Nós temos grande preocupação em não fazer nada gratuito, ou que explore os atores, mas ao
mesmo tempo que permaneça fiel à história e aos fãs do livro. [...] Nós vamos entregar o que os fãs esperam, que é uma intensa e erótica história de amor. Obviamente, o filme não pode ser tão explícito quanto o livro. Uma imagem vale mil palavras. Então para ser erótica nas telas, eu acho que uma imagem vai ter muito mais poder do que ler as palavras em uma página".

A decisão de censura pode ser justificada pelo grande potêncial de bilheteria do filme. Com as cenas de sexo explícito, talvez, o filme perderia grande audiência.

Os atores Jamie Dornan e Dakota Johnson, que interpretam os protagonistas da história, Christian Grey e Anastasia Steele respectivamente, já filmaram a maioria das cenas de sexo.

“Cinquenta tons de cinza” está previsto para estrear em 15 de fevereiro de 2015.

1 Comentário
nayara
muito bobo isso, a historia é cativante e intrigante sim, mas perde a essência sem as cenas de sexo. Afinal este é o cerne do relacionamento entre Grey e Stelle.
E o ponto X da questão, ate onde os 2 serão compatíveis. Não retratar isso é fugir do que 50 tons representa como historia e como romance erótico que é.
Blogs
Ver na versão Desktop