Hylux 5 estrelas

17/12/15 às 00:00 Nilton Saciotti

A Toyota Hilux 2016 alcançou o mais elevado patamar no quesito segurança e estabeleceu novos parâmetros no segmento de picapes médias ao conquistar cinco estrelas para passageiros dos bancos dianteiros e cinco estrelas para passageiros do assento traseiro, nos testes independentes de segurança do Latin NCAP. A nova Hilux, produzida na planta de Zárate, na Argentina, é a primeira em seu segmento, no mercado brasileiro, a ser avaliada pela entidade.

Eco um milhão
A Ford anunciou que o EcoSport acaba de atingir o marco de 1 milhão de unidades produzidas na fábrica de Camaçari, na Bahia. O veículo 1.000.000 foi um modelo EcoSport FreeStyle 1.6 Flex, que deixou a linha de montagem no Nordeste brasileiro.Esse marco  foi obtido 12 anos após o lançamento do utilitário esportivo que marcou época como um veículo inovador e acessível a um número maior de consumidores, abrindo caminho para um novo segmento. Do total de 1 milhão de unidades, cerca de 600.000 foram vendidas no Brasil e as demais na Argentina, Chile, Peru, Colômbia, Equador, Venezuela e México.

Corrida elétrica
A Jaguar anuncia seu retorno ao mundo do esporte a motor. Em 2016, a marca britânica terá sua estreia na terceira temporada na emocionante Fórmula E com equipe própria. A categoria é a primeira a promover um campeonato mundial de monopostos movidos à eletricidade. A FIA Fórmula E oferece uma grande oportunidade para a Jaguar Land Rover trabalhar no desenvolvimento de tecnologias para futuros motores elétricos e baterias.

Renault exporta
A Renault do Brasil começou a exportar para a fábrica de motores de Douvrin, na França, os cabeçotes do motor 1,2 litro, da mesma família do 1,0 litro à venda no Brasil. Este é um dos maiores projetos de exportação de peças da CMO (Curitiba Motores), uma das três fábricas da Renault que compõe o Complexo Ayrton Senna – as outras duas são a Fábrica de Veículos de Passeio (CVP) e a Fábrica de Veículos Utilitários (CVU). Com o novo projeto, a unidade terá um aumento de 100% na demanda de fabricação de cabeçotes.

Últimas de Notícias - Nilton Saciotti
Blogs
Ver na versão Desktop