Professores

20/06/16 às 20:11

O presidente da APP-Sindicato, professor Hermes Leão, vai hoje à Câmara de Vereadores de Curitiba para rebater as acusações do vereador Professor Galdino (PSDB). Na semana passada, Galdino disse que dinheiro desviado da Petrobras e da Eletrobrás teria financiado a greve da categoria em 2015. “Nós vamos falar sobre a forma de financiamento da APP, que se dá única e exclusivamente pela associação livre de cada professor e funcionário de escola. Também vamos pontuar o fato de que essa fala é de um vereador ligado ao governo do Estado que vem falando de partidarização da luta sindical da APP”, explica o sindicalista.

Ascensão
O deputado federal paranaense Fernando Giacobo (PR) teria ganho apoio para buscar a presidência da Câmara, caso se confirme a cassação do presidente afastado da Casa, Eduardo Cunha (PMDB/RJ). Segundo informações do blogueiro Leandro Mazzini, do Uol, Giacobo – que é o segundo-vice presidente da Casa, teria recebido aval do governo Temer para suas pretensões. Nesse caso, ele poderia ocupar o cargo até fevereiro de 2017, quando um novo presidente deve ser eleito.

Amianto
A Assembleia Legislativa aprovou ontem, por 28 votos a 13, regime de urgência para a votação de projeto que proíbe o uso do amianto na fabricação de produtos, materiais e artefatos no Paraná. A justificativa é de que o amianto ou asbesto possui alto poder cancerígeno. Manifestantes da Força Sindical ocuparam ontem as galerias para pressionar os deputados pela aprovação da proposta.

Saúde
“O banimento do uso de amianto na produção de artefatos de fibrocimento já acontece na maior parte dos países e no estado de São Paulo. Há outros produtos que podem ser utilizados na produção. Efetivamente é uma questão de saúde pública a aprovação desta lei”, defendeu o líder do governo na Casa, deputado Luiz Cláudio Romanelli (PSB).

Skate
A Assembleia recebe de hoje até sexta-feira, em seu “Espaço Cultural”, exposição sobre o skate no Paraná. O evento foi proposto pelo deputado Felipe Francischini (Solidariedade), e segundo ele pretende divulgar a lei estadual que insere no calendário oficial de eventos o Dia e a Semana de Fomento ao Skate, a ser celebrado em 21 de junho. “Queremos que o poder público valorize ainda mais a atividade do skate, já que a modalidade promove o crescimento pessoal, a autoconfiança e ajuda a melhorar a qualidade de vida”, alega Francischini.

Ajuste
A bancada de oposição apontou ontem que o aumento de impostos promovido pelo governo do Estado, no ajuste fiscal realizado a partir do final de 2014, está levando empresas paranaenses a mudarem para outras regiões do Brasil ou até mesmo para o Paraguai. Segundo o líder do bloco oposicionista, deputado Maurício Requião Filho (PMDB), a arrecadação do governo paranaense com o ICMS sobre a energia elétrica cresceu 109% entre o primeiro quadrimestre de 2014 e o de 2016. No mesmo período, a arrecadação com o IPVA aumentou 111%.

Migração
“O grupo Positivo dispensou 1,4 mil trabalhadores e se mudou para Manaus. O setor de importação está migrando para Santa Catarina, enquanto que o de móveis se desloca para o Paraguai. Ao mesmo tempo, as micro e pequenas empresas passaram a sofrer com a antecipação do ICMS. A atividade de bebidas, por exemplo, está sendo massacrada com a substituição tributária”, afirmou o peemedebista.

0 Comentário

Você precisa acessar o seu perfil para comentar nas matérias.

Últimas de Política e Cidadania
Blogs
Ver na versão Desktop