População de Pinhais elege Marli com uma das maiores votações do Paraná

03/10/16 às 16:14 - Atualizado às 17:42 Da redação Bem Paraná com assessoria
(foto: Divulgação)

Marli Paulino (PDT) é a nova prefeita de Pinhais. Ela que já havia sido eleita a primeira mulher vereadora da história do município em 1996, quebra mais um tabu e se torna a primeira mulher eleita prefeita na cidade. Com ela, assumirá como vice-prefeita a vereadora Rosa Maria (PROS). As duas conseguiram obter a expressiva votação de 48.005 votos, o equivalente a 82,06% dos votos válidos. Seu principal concorrente, Airton Passarinho (PSDC) fez 9.006 votos, com 16,42%, seguido por Claudinho Stevani com 887 votos, 1,52%.

O principal fator que contribui para a significativa vitória de Marli foi a excelente aprovação que a administração do atual prefeito Luizão Goulart vem mantendo. Marli é a atual vice-prefeita e tem como característica ser bastante atuante e participativa das decisões. Segundo ela, a intenção é manter a cidade no caminho do desenvolvimento. “Estou muito feliz com o resultado e daqui pra frente quero retribuir esta confiança que a população de Pinhais está depositando em mim e toda a nossa equipe com muito trabalho. Vamos dar continuidade aos projetos que vem dando certo na cidade e aperfeiçoar algumas coisas”, destacou.

Para Luizão, o resultado das eleições em Pinhais se deve ao compromisso assumido e cumprido. “Lá em 2008, nós realizamos uma campanha muito ‘pé no chão’ e apresentamos um plano de governo que contemplava todas as áreas com soluções viáveis, pois sabíamos que dava para fazer mais e fizemos”, destacou o prefeito. Para Luizão, Marli e Rosa terão condição de dar sequência ao bom trabalho. “Pinhais precisa de gente séria e competente para administrar e é por isso que eu sempre apoiei as duas, pois elas sempre estiveram conosco nesta construção de uma cidade melhor para se viver”, completou.

Uma nova cidade

Problemas históricos no município como as enchentes foram enfrentados com obras de limpeza e dragagem dos rios. Segurança, saúde e educação foram encarados com prioridade, com a implantação da Guarda Municipal, reabertura do Hospital e Maternidade e implantação das escolas em tempo integral como carros chefes destas áreas. Além disso, a cidade que carecia de infraestrutura passou a ter praticamente todas as ruas pavimentadas, construções de parques, atração de empresas e novos prédios públicos que hoje atendem a população.

0 Comentário

Você precisa acessar o seu perfil para comentar nas matérias.

Blogs
Ver na versão Desktop